História Heat - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Abo, Harry!alpha, Larry, Larry Stylinson, Liam!alpha, Louis!ômega, Mpreg, Niall!ômega, Niam, Niam Horayne, Universo A/b/o
Exibições 375
Palavras 1.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E aí? Primeira ABO! Eu to muito empolgada, amo demais esse universo e sempre quis escrever algo assim.
Espero que vocês gostem tanto dela quanto eu gostei de escrever (nas aulas de física, cá entre nós).
Aproveiteeeem!

Capítulo 1 - Capítulo I


– Louis, o meu heat está perto, não tem como eu viajar para outro país!

– Mas Niall, e se você encontrar um alpha bonito e legal lá?

– O que? Louis, eu não vou passar o meu heat com um desconhecido! O que pensa que eu sou?

– Você é um chato, isso sim! Vamos, Ni, talvez voltemos antes de o seu heat começar!

– Argh, ok. Mas, se ele começar no meio da viagem, a culpa vai ser toda sua e eu vou te matar quando voltarmos.

– Ok, pode matar. Pelo menos vamos para Cancún!

(...)

– Seu heat está perto, Niall? – Harry perguntou assim que o loiro entrou no carro, fazendo-o revirar os olhos discretamente.

– Infelizmente, sim. – O ômega respondeu em um suspiro triste e colocou o cinto de segurança.

– Seu cheiro está meio insuportável. – O cacheado falou um tanto hesitante e Niall fuzilou a nuca de Louis do banco de trás.

– A culpa é do seu ômega. Tentei avisar pra ele que eu não sou marcado e que essa viagem é meio arriscada, mas ele é insistente e insuportável. – Niall falou mau-humorado e Louis sorriu animado ao sentar de lado no banco do carona, olhando para o alpha que dirigia.

– Harry, pensa comigo, e se o Ni achar um alpha nessa viagem? – O ômega mais velho falou animado e o alpha apenas se limitou a rir nasalmente. Seria uma longa viagem.

(...)

Não era possível que justo aquele alpha iria viajar com eles para o México. Liam Payne exalava masculinidade desde o ensino médio e Niall sentia a própria entrada se contrair involuntariamente a cada vez que sentia o cheiro de Liam.

Quando se acomodaram no avião, Niall descobriu que sentaria em uma poltrona atrás de Louis e do lado de Liam, que estava trás de Harry. O quê?

A proximidade do heat estava lhe deixando mais sensível que o normal e a cada vez que Payne se mexia, o cheiro que chegava até seu nariz era inebriante e fazia todos os pêlos de seu corpo se arrepiarem.

O avião estava no ar já havia algum tempo quando Niall sentiu aquele calor conhecido lhe tomar e fechou os olhos antes de decidir ir ao banheiro. Trancou a porta do cubículo e respirou fundo, sentindo a lubrificação natural escorrer de sua entrada.

– Niall? Você entrou no heat? – A voz de Louis se fez ouvir do outro lado da porta e Niall gemeu uma resposta qualquer. – Oh, Deus! O que vamos fazer? Ainda faltam horas de voo.

– Eu... Eu te avisei, Louis! Eu não sou marcado.

– Niall, me desculpe! Seu cheiro não estava tão forte, eu não imaginava que fosse acontecer logo aqui dentro. Eu... Eu vou chamar o Harry. – E saiu, deixando Niall e seus ofegos necessitados sozinhos. O loiro começou a se desesperar ao ouvir as vozes de passageiros perguntando aos comissários que cheiro era aquele.

– Niall? – Assim que a voz de Liam preencheu o ambiente, Niall soltou um gemido mais alto. – Abre a porta, me deixa te ajudar.

– Você não... Ah! Não precisa, Liam. – Forçou a fala e mordeu o lábio inferior para controlar os gemidos que estavam lhe fechando a garganta. O cheiro de Liam estava entrando pelas frestas da porta e lhe deixando cada vez mais inconsciente.

– Abra a porta, Niall! – Liam usou a voz de alpha e Niall se adiantou para obedecê-lo por instinto. Assim que a porta foi aberta, Liam rosnou para um alpha que tentava se aproximar e entrou no cubículo rapidamente. O ômega se pendurou no pescoço do alpha, que segurou em sua cintura de maneira firme.

– Só não me m-marque. – O loiro pediu antes de se deixar levar pelos instintos, finalmente. Liam respirou fundo, sentindo o cheiro adocicado e maravilhoso do ômega.

Niall gemia baixo, suplicando para Liam acabar com aquilo de uma vez. O alpha se apressou e desabotoou a calça de Niall e fez o mesmo com as suas.

– Vire de costas para mim. Rápido. – Ordenou ainda com a voz de alpha e o loiro gemeu enquanto obedecia. Não houve preparação e muito menos preliminares, apenas a invasão rápida e necessitada. O alpha observava pelo espelho a expressão deleitosa e necessitadado ômega a cada estocada e sorria, pensando que poderia morrer naquele momento e morreria feliz.

Niall chegou ao ápice rapidamente devido à sensibilidade do ômega e logo Liam liberou o seu nó no ômega loiro, sentindo a gengiva formigar forte, ficando um tanto dolorida. Fechou os olhos e segurou seus instintos de marcar o ômega ao atar o nó de uma vez.

– Preciso... Das minhas pílulas, Liam... – Niall falou baixo, se sentindo um tanto humilhado. Liam sentiu o nó ser solto e saiu do ômega com um pouco de dificuldade. Deu um beijo casto na nuca dele e sentiu a gengiva formigar mais uma vez.

– Eu peço para Louis te trazer. – Falou carinhoso e Niall o puxou pelo pescoço ao terminar de colocar as roupas no lugar. Os lábios se juntaram em um selinho demorado e logo o alpha saiu do banheiro, deixando Niall um pouco mais aliviado lá dentro.

~.~

Niall nunca tinha se sentido tão feliz ao estar na companhia de um alpha. Liam rosnava para qualquer outro alpha que tentasse se aproximar de Niall, como se ele fosse realmente seu ômega. Além de sussurrar em seu ouvido que tudo ficaria bem e que logo estariam no hotel.

E realmente chegaram rápido lá. Foram na frente de Harry e Louis, que ficaram resolvendo algumas coisas para alugarem um carro. Liam e Niall foram de táxi até o hotel e fizeram o check-in o mais rápido que puderam.

O ômega se agarrava ao alpha durante o caminho até o quarto que se hospedariam, fazendo Liam ter que se controlar para não o atacar em um corredor qualquer. Originalmente não ficariam no mesmo quarto, mas seria impossível para ambas as partes ficarem separadas nesse momento.

Nem tiveram tempo de colocar as bagagens de mão em um lugar descente, largaram pelo meio do quarto, nem reparando se as outras bagagens já estavam ali. Niall se apressou para tirar a camisa de Liam e a sua própria enquanto puxava o alpha para a grande cama de casal que havia ali.

Em pouco tempo, os dois já estavam conectados novamente, satisfazendo as vontades de Niall e de seus hormônios. Quando o nó foi atado novamente, Liam sentiu a gengiva formigar mais uma vez e choramingou, tamanha era a dor que seu lobo interno estava sentindo por não poder marcar um ômega tão lindo e maravilhoso como aquele.

Aqueles dias seriam um tanto difíceis.


Notas Finais


Diz aí, gostou ou não? O que preciso mudar e melhorar?
Esse cap ficou pequeno porque é só uma introdução à fic, mas prometo fazer caps maiores.
Beijo e até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...