História Heaven and Hell - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Yoongi
Exibições 17
Palavras 1.572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Minha primeira fanfic de BTS então relevem alguns erros ok?
Desculpem pelos erros de português - se houver algum me avisem nos comentários? Obrigada <3 - eu releio os capítulo mas sempre passa um errinho ou outro... Espero que gostem <3

Capítulo 1 - Korea


Melissa

Acordei com o telefone de casa tocando, esperei alguém atender, afinal nunca é para mim.

- MELISSA DESCE AQUI!

Bufei e levantei da cama, minha mãe é um saco.

- Que história é essa de estágio na Coreia? - ela perguntou tampando o microfone do telefone.

- An?

- Não se faça de sonsa! Seu tio está me contando agora.

- Eu vou pra Coreia? - questionei boquiaberta.

- Espera. - ela tirou a mão do microfone e voltou a falar com meu tio em coreano.

Entendi tudo o que ela falava, só não estava entendendo essa história de ir para a Coreia. Ela desligou a chamada e me olhou sorrindo.

- Eu entendi errado, seu tio está te convidando para fazer um estágio de dois anos na empresa dele.

- Ele tem uma empresa? - questionei confusa.

- Claro que tem! Ele tem na verdade uma agência, a Big Hit.

- Ahn... - lembro-me da Julie ter comentado algo sobre esse nome.

- E aí, você vai?

- Eu não sei mãe... Dois anos do outro lado do mundo?

- Filha, vai ser uma oportunidade única! - minha mãe estava mais animada do que eu. - Se eu pudesse, ia com você... - ela apontou para a própria barriga, indicando que não podia viajar por conta da gravidez.

- Tudo bem mãe... Eu vou falar com a Julie, te respondo até de noite ok?

Minha mãe assentiu e saiu animada da cozinha. Eu na Coreia por dois anos? Sozinha?

Subi as escadas indo até o meu quarto, tomei um banho rápido e me vesti, precisava conversar urgentemente com Julie, ela é quem ama essas coisas da Coreia.

- Mãe, eu vou lá na Julie tá?

Ela apenas assentiu, peguei a chave de casa e sai.

Fui andando, apesar de não ser tão perto, eu precisava pensar. Passei em frente a uma lojinha cheia de cadernos de bandas e cantores.

Entrei na loja, lembro-me da Julie ter falado que queria um caderno de umas bandas coreanas... Vou dar esse presentinho pra ela.

- Bom dia.

- Bom dia, em que posso ajudá-la?

- Tem caderno de bandas coreanas?

A mulher ficou me olhando como se dissesse “pra que tu quer isso?”.

- Tem alguns aqui, não são muitos.

Me abaixei para vê-los melhor. BTS, EXO, G-Dragon e etc...

Peguei apenas dos dois que eu sabia que ela era apaixonada, paguei e saí da loja agradecendo.

Assim que cheguei na casa da Julie toquei a campainha, sua mãe me atendeu com as mãos sujas de massa de bolo.

- Ela está lá em cima Mel, pode subir.

- Obrigada tia.

Agradeci e subi as escadas correndo, entrei em seu quarto e ela estava sentada de frente para o computador, com os fones no ouvido.

- JULIE MEU AMOR!

Ela deu um pulo da cadeira assustada, que até arrancou os fones.

- Desgraçada! - ela me bateu.

- Te trouxe um presente. - estiquei a sacola.

- Obrigada Unnie! - ela se sentou na cama e tirou os cadernos de dentro da sacola.

- OH MEU DEUS! QUE MARAVILHOSOS! Saranghae Unnie! - ela abraçou os cadernos. - Olha meu bias que lindo! - ela apontou para um dos meninos do BTS.

- Sim, sim, lindos, mas eu vim aqui pra te contar uma coisa.

- Fala.

- Meu tio me convidou para fazer um estágio de dois anos lá na Coreia.

- Não brinca. - ela abriu a boca. - Eu não creio! Eu também quero ir! Será que ele arruma alguma coisa pra mim também? Eu quero tanto! Onde você vai trabalhar? Ele tem empresa?

- Sim, a minha mãe me falou o nome... - fechei os olhos, tentando me recordar. - Big... Big Hit! Isso, Big Hit.

Julie abriu e fechou a boca várias vezes, ela começou a ficar pálida e caiu sentada na cama.

- PUTA QUE PARIU! Você é sobrinha do dono da Big Hit? Empresa do meu bias? E nunca me contou isso?

- An?

- Caralho Mel! A Big Hit é a agência do BTS! - ela estava muito animada, falava tudo muito rápido, eu mal conseguia entender o que ela falava.

- Sério? Que legal. - fiz pouco caso.

- Será que ele me arruma alguma coisa por lá? Eu quero tanto ir.

- Ele arruma, agora quero ver a sua mãe deixar.

- Ahn... Então esquece, ela vai mandar eu ir com o meu dinheiro.

- Eu te ajudaria Julie, você sabe que sim... Mas é uma grana fudida, e eu não tenho tudo isso.

- Tudo bem Mel! Vá e se divirta, avise-me quando eles vieram fazer show aqui ok?

- Eu acho que não vou trabalhar com eles, só vou ajudar meu tio.

- De qualquer forma, me avise. - ela me abraçou forte.

- Vai juntando dinheiro Julie, quando puder, você vai pra lá ok?

Ela assentiu chorosa.

- Quando você vai?

- Vou ver com a minha mãe.

- Fica mais um pouco? Não quero ficar sozinha. - ela fez bico.

Dei risada e me joguei em seu lado na cama.

Meu celular tremeu no meu bolso, vi que estava tudo em coreano, revirei os olhos e destravei o celular.

- Me ajuda Julie. - ela já estava de olho no meu celular.

- É seu tio? - assenti.

Mudei meu teclado para coreano e suspirei, ele estava perguntando se eu havia aceitado sua proposta, e se sim, quando eu poderia ir.

- Responde minha filha. - Julie disse histérica.

- Eu tenho que ver com a minha mãe ainda.

- Quando você voltar pra sua casa você só vira e fala “mãe, vou tal dia para a Coreia, fazer isso, isso e isso, tchau”.

Revirei os olhos e ri, Julie é muito besta mesmo.

- Abre aí no calendário rapidinho. - pedi a Julie, que logo o fez. - Eu preciso de uma semana pra ajeitar tudo... Dia 27 acho que tá bom né?

- Se fosse eu, ia no dia 24.

- Tá muito em cima Julie, dia 27 está ótimo.

Respondi ao meu tio, que ficou mais do que feliz por eu ter aceitado, ele disse que me passaria a carga horária, o endereço de onde eu ficaria, o endereço da empresa e com quem eu trabalharia.

- Eu ainda não acredito Mel! Olha que oportunidade maravilhosa. - Julie estava mais animada do que eu. - Acho que vou começar a trabalhar com o meu pai lá na padaria...

- É uma ótima ideia Julie! Assim até o seu aniversário você já tem grana pra ir.

- Mas meu aniversário é daqui um ano. - ela fez bico.

- Não reclama Julie. - briguei. - Meu tio de novo.

Era a carga horária, com os endereços e o nome da banda com quem eu trabalharia.

- CARALHO! EU FALEI! Você é muito sortuda! Você vai trabalhar com o BTS! PUTA QUE PARIU!

Ela começou a pular na cama, como se a notícia fosse para ela, apenas sorri com sua criancice, Julie sempre teve uns parafusos a menos.

- Ok, parei. - ela se sentou. - Você precisa gravar os nomes deles, vem cá. - ela me puxou para perto de seu computador. - Vamos lá, você vai ter um pouquinho de trabalho, eles são parecidos, mas com o tempo você aprende.

Ela começou a mostrar um monte de fotos dos meninos, me falava o nome de cada um e apelido, na esperança que eu gravasse todos.

- E aí? - ela mudou a foto, esperando que eu os apontasse.

- Beleza. - suspirei. - Kim Namjoon, Rap Monster. - apontei para o primeiro que eu havia gravado o nome, por ele ser o mais diferente e fofo. - Esse é o J-Hope… - apertei os olhos tentando me lembrar seu nome. - Jung Hoseok né? - ela assentiu feliz. - Esse é o Park Jimin?

- Não! Esse é o Kim Seokjin!

Bufei, eu nunca vou conseguir.

- Respira Mel, você consegue.

Fui apontando os outros, acertei a maioria, mas a cada vez que ela mudava a foto, eu conseguia apenas identificar o Namjoon e o Hoseok.

- Amanhã fazemos mais ok?

Assenti e me levantei.

- Obrigada Julie.

- Que isso. Saranghae. - ela me abraçou.

-  Saranghae dongsaeng. - desci as escadas quase correndo, me despedi da mãe da Julie e sai de sua casa.

O caminho até a minha casa foi tranquilo, apesar de ser São Paulo e você estar sempre correndo perigo.

- E aí filha, decidiu?

- Sim mãe, já falei com o tio, ele vai comprar a passagem para o dia 27, ele já me passou os endereços de tudo...

- Ok. Pega o meu notebook ali na mesinha para vermos o apartamento.

Fiz o que ela pediu, me sentei ao seu lado e deitei minha cabeça em seu ombro.

- Minha bebezinha viajando sozinha. Meu Deus.

- Mãe... - dei risada.

Coloquei o endereço no Google e pudemos ver o pequeno apartamento. Não era nada muito luxuoso, tinha um quarto, um banheiro, uma sala pequena, junto com a sala de jantar é uma cozinha minúscula.

- Você mal vai ficar em casa, isso não vai fazer muita diferença.

- É, eu vou passar a maior parte do tempo viajando com eles. - dei de ombros. - Mãe eu vou subir pra arrumar algumas coisas ok?

- Tudo bem. - ela sorriu.

 


Notas Finais


Bem, é isso, espero que tenham gostado... Comentem o que estão achando... Obrigada por lerem até aqui <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...