História Heaven can wait - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson, Personagens Originais
Tags Heaven Can Wait, Kamy Jackson, Michael Jackson, Mj Fics, Raquel, Raquel & Michael
Exibições 28
Palavras 660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe a demora

Capítulo 42 - O q aconteceu com você ?


Quando acordei Michael ainda estava dormindo, ou seja, ainda estava nú. Me levantei vesti uma roupa qualquer e fui acordar Michael. -heey, Michael! Levanta Michael! - -Finalmente - disse ao ver ele abrindo os olhos. -meu deus Raquel! Mhas roupas - ele corou e eu ri. -ah, vc n se lembra do que houve ontem ? - perguntei sarcástica. -óbvio q não. Não tem como esquecer. - ele agarrou minha cintura e beijou meu pescoço. -Vai logo se vestir Michael. Agr não. -hum, ta bom. AGORA não, mas depois... -seu bobo. Agora vai logo se vestir, estou no cozinha se precisar. -ok Saí do quarto e fui em direção a cozinha. Lá encontrei Alice segurando Annie e a mesa posta. -bom dia Alice. - disse pegando Annie. -Bom dia. Acho que ela está com fome. - ela fez uma cara pensativa. - é, acho que não dei de mama pra ela desde ontem. - disse abaixando o pequeno decote da minha blusa para Annie se alimentar. -senta aí. Você também precisa comer ! Me sentei e pus o que queria num prato, depois comecei a comer. -Nossaaa... nem me esperaram. -Michael falou se sentando ao meu lado. -desculpe amor. - dei um selinho nele. -Ai meu deus acho q vou vomitar com esse mel de vocês dois. Já tomei meu café mesmo, fui. - Alice falou se levantando . -ESPERA - gritei - cadê a Elisa ? - ela foi trabalhar. -hum.... ok então, pode ir. {...} - Michael, segura ela um pouco. A campainha ta tocando, acho q a Elisa chegou. - entreguei Annie ao Michael. Fui ate a porta e abri a mesma Paralisei com a cena. Elisa estava com sangue nos braços e nas perna e pequenos arranhões no rosto. - Elisa ?! - m...me... ajuda. - ela falou com a voz fraca e falhando. - o q aconteceu ?! - à apoiei sobre meu ombro - Michael vem aqui agora. Vi de canto de olho, na rua, um homem encapuzado parecendo sorrir, mas n tenho certeza. Michael apareceu rapidamente e me ajudou a levar Elisa para o sofá. Lá limpamos ela e passamos alguns remédios. Na verdade as feridas não estavam muito fundas. {...} Já se passavam das 23:00 Michael havia feito uma sopa de legumes. Elisa comeu e foi se deitar. Fui para o quarto dela, tinha q saber oq aconteceu! - Elisa ? Ta acordada ? -Sim. Entrei e Fechei a porta. Acendi a luz e me sentei na beira da cama . - o que aconteceu ? Detalhes. - Bom, eu estava voltando do trabalho e um homem me puxou para um beco. Lá ele começou a me espancar, me jogou contra a parede, chão, me chutou, etc. eu tentei correr mas aí ele me ameaçou com uma faca e bom, me cortou. Eu estava no chão quando vi um pedaço de pau jogado, com as poucas forças que estavam presentes no meu corpo eu peguei esse pau e bati na cabeça do homem. Com esse ato ele ficou um pouco tonto e eu corri. - Nossa Eli. Que bom que já está aqui. - sim, talvez eu estaria morta agora. Dei um abraço nela e já ia saindo do quarto quando veio uma coisa em minha cabeça. - Eli, esse homem por acaso estava encapuzado ? - sim. Por que ? - por nada. Boa noite. Apaguei a luz e saí. Sera q o homem q eu vi era o mesmo que agrediu Elisa ? Quem sera ele ? Fui tirada dos meus pensamentos quando vi Michael vindo em minha direção. Annie estava em seu colo e ela chorava. - acho q quer mamar. - ele disse me entregando ela. Troquei a fralda e as roupinhas dela, a pus no berço e me deitei ao lado do Michael. - tem em mente alguem que pode ter feito isso ?- ele perguntou. - Não. Boa noite. - desliguei o abajur e logo adormeci    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...