História Heaven Can Wait - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson, Personagens Originais
Tags Heaven Can Wait, Kamy Jackson, Michael Jackson, Mj Fics, Raquel, Raquel & Michael
Exibições 92
Palavras 1.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Quem é ela ?!


Fanfic / Fanfiction Heaven Can Wait - Capítulo 6 - Quem é ela ?!

Acordei e percebi que Michael não estava ao meu lado. Somente enrolei uma toalha em volta do meu corpo e segui para a cozinhacozinha. A mesa já se encontrava arrumada e posta. Não entendi muito bem mas segui para o banheiro com diversos pensamentos invadindo minha mente. Me despi e entrei no box, logo liguei o chuveiro e comecei a me lavar.

Quando terminei meu banho enrolei-me em uma toalha e saí do box. Levei um susto ao me deparar com Michael se olhando no espelho enquanto mechia em seus belos cachos.

— Oi! coloque uma roupa bem bonita ta ! - Michael falou com um tom de alegria.

— Por que Michael ? - falei o olhando, mas ele não tirava os olhos do espelho e as mãos do cabelo!

— Meus pais e minha irmã estam vindo jantar conosco .

— nossa, mas assim de repente? 

— Sim! eles souberam sobre o sequestro e quiseram ver como você estava e meus pais queriam te conhecer. Ah, chamei sua amiga também... a Elisa . 

— Ok. Vou até o quarto escolher uma roupa bem bonita! 

Ao sair do banheiro lembrei q não tinha roupa minha na casa de Michael !

— Michael, não tenho roupas minhas aqui! - falei voltando e parando em frente a porta do banheiro.

— Claro q tem,  fui até sua casa entrei com a chave da Elisa e trouxe metade do seu quarda roupa para cá e tbm comprei varias roupas para vc. 

— oh, ok então. Muito obrigada! -falei me retirando e entrando no quarto.

Vesti um lindo vestido vermelho q vinha até meu pés , mas na outra perna ele só vinha ate a metade da coxa .

Assim que terminei de me arrumar tocaram a companhia. Michael pegou na minha mão e fomos juntos atender a porta.

Eram os pais de Michael!

— Olá senhor e senhora Jackson. - disse vendo eles me olhando dos pés a cabeça. 

— Olá jovem. E nos chamem de Joe e Katherine por favor - o pai do Michael falou.

— É, nós não somos tao velhos assim . - a mãe dele completou.

— Tudo bem. -falei apertando a mão deles.

— Bom, então vamos entrar - Michael falou para os seus pais.

— Vamos sim. - o pai dele falou já entrando.

Assim que Michael fechou a porta novamente a companhia tocou.

Abrimos a porta e lá estava Elisa linda como sempre, ela entrou e fomos todos para a mesa.

— Nunca imaginei que meu Michael ia namorar uma loira como você, Raquel. - a mãe do Michael falou.

— Obrigada. Eu acho.

— Michael deve te amar muito para colocar até o FBI no meio - Joe falou abocanhando uma coxa de frango.

— Sim! Mas você não se emportou com a Cortny? - Katherine perguntou me olhando curiosa .

— quem é cortny- perguntei mais confusa ainda.

— Ela é minha ex, só isso ! - Michael falou segurando minha mão fortemente e olhando para sua mãe.

— Ex ? Hahaha! Cortny é a esposa do Michael! - Joe falou rindo.

Esposa? O quê?

— Michael como assim ? - perguntei me levantando da cadeira e olhando no fundo dos seus olhos.

No exato momento a campanhia tocou novamente, provávelmente era a Alice.

Somente quero que está história de esposaseja esclarecida. AGORA!

Joe se levantou e foi atender a porta. 

— Michael me responda! - falei deixando uma lágrima sair dos meus olhos . 

— Não Raquel, não é o que está pensando. - Michael falou se levantando. 

- Então o que é Michael?! - perguntei com a voz auterada. 

- Ela realmente é mha esposa mas... 

Dei um tapa em sua face cara antes dele terminar a frase. Como ele teve coragem de me enganar dessa forma. Eu estava quase me apaixonando.

— Você é um vagabundo infiel que só esta cmg por causa de sexo não é mesmo!? -falei quando ele levantou a cabeça. 

— Meu amor não é isso. - Michael falou passando a mão no meu cabelo. Dei um leve tapa em sua mão fazendo ela sair do meu rosto . 

— Não toque em mim.

— Meu amor... 

— Não me chame de "meu amor" 

— Raquel, a Cortny é minha esposa, mas eu não tenho escolha. Ela era minha esposa até que um dia ela descobriu que estava gravida. Ela não aguentou, não sei o que ouve, um dia quando acordei não vi ela em lugar nenhum, as roupas dela não estavam mais aqui e nenhum sinal dela olhei meu celular e tinha uma mensagem dela quanto abri dizia "Michael não posso continuar com você , eu não te amo de vrdd só estou com vc pelo dinheiro, e olha no q deu agr tem uma miniatura sua dentro d mim, não posso mais viver com vc , eu te odeio agr tchauzinho " ela era uma garota má, sabia q meu sonho era ter um filho e quando consegui tirou isso de mim, ela era tudo o que eu tinha, eu a amava de verdade e ela se foi. Com o tempo comecei a aceitar, vi q ela era uma pessoa que queria me queria sofrendo! Agora não a amo mais, pelo contrário, agora a odeio com toda a minha alma! Não pude me divorciar pois ela não esta aqui para assinar o papel do divorcio. Por favor Raquel não me deixe, não faça a mesma coisa q Cortny vez, por favor. -Michael falou quase chorando

Aquilo me partiu o coração.

— Isso tem quanto tempo? 

— 5 anos. - Michael falou olhando no fundo dos meus olhos.

— Por que você não me contou antes? -porque tinha medo de te perder. Você me ensinou a amar de novo. Por favor não me abandone Quel. 

— Michael falou chegando perto de mim evcomeçou a passar a mão em meu cabelo. 

Depois colocou meu cabelo atrás da olheira, começou a passar seu nariz no meu e finalmente nos beijamos, ele estava segurando minhaa cintura e eu com as mãos entre laçadas atrás de seu pescoço. Quando fui perceber estava me esfregando no Michael e ele estava apertando minha bunda. 

— Hey, se vcs forem fazer sexo, façam isso no quarto - Elisa falou me olhando com cara de safada. 

Soltei o Michael e sorri para ela.

— Isso foi só um beijo, não significa que eu te perdoei. - falei olhando para o Michael. 

— co... como assim ? - Michael falou assustado e gaguejando 

— Estou brincando, Michael. - falei dando um selinho em seus lábios. 

Ele sorriu e não conseguir evitar sorrir também.

Aquele sorriso me deixa hipnotizada...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...