História Heaven Can Wait - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Michael Jackson
Personagens Michael Jackson, Personagens Originais
Tags Heaven Can Wait, Kamy Jackson, Michael Jackson, Mj Fics, Raquel, Raquel & Michael
Exibições 73
Palavras 990
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - A mensagem


Fanfic / Fanfiction Heaven Can Wait - Capítulo 9 - A mensagem

Logo após de acabar satisfazer eu e Michael nos vestimos e juntamos as roupas de show do Michael e colocamos na mala. Fomos falar com o organizador do show se já podíamos ir embora.

— Oh, sim, já podem ir. Adeus Michael, foi um ótimo show hein? - O organizador falou

— Sim, foi sim. Só não gostei do final quando as fãs vieram ao meu camarim - Michael falou segurando minha mão e beijando-a.

— Hã? ...por que Michael ? - o organizador falou olhando curioso.

— Por nada não, coisas pessoais - Michael falou com um sorriso meio falso.

— Ok então. Até a próxima, aqui as passagens  - o organizador falou dando as passagens para Michael.

Fomos até o aeroporto e pegamos o avião. Quando estávamos quase pousando Michael recebeu uma msgn no cell e à abriu ali do meu lado (pois como eu já disse eu sou muito ciumenta e se Michael não deixasse eu ver, já ia pensar em merda). 

A dizia :
Nunca vou te deixar em paz, vou te perturbar até você não aguentar mais. Pois sinto um imenso prazer em ver as pessoas sofrendo principalmente você. Saiba que se algo ruim acontecer fui eu. Só estou dizendo isso para poder ganhar os créditos pela tragédia.
                                            •Bjs, Cortny 


Michael me olhou com uma cara de "você também leu isso ?!" . 

 — Ela não pode fazer nada, né ? - falei me virando e olhando para o Michael. 

—...- Ele nn me respondeu . 

 — Michael ! Ela não pode fazer isso. NÃO É?! - falei na tentativa dele me responder... Mas nn respondeu . 

 — Michael Joseph Jackson! Ela é capaz de fazer isso ? - perguntei de novo quase gritando. 

 — Sim.  ela pode quel - Michael falou parecendo estar com medo.

 — Você não pode ter tanta certeza assim. 

 — Ah mas eu tenho sim  

 — Como?! 

 — Depois de ver o que ela já fez, eu não duvido de nada. 

 — E o que ela fez Michael?! 

 — Matou, ela é uma assassina Quel ! 

 — Michael, como assim ? 

 — Pesquise o nome dela no google e veja você mesma. Ela ficou presa por 5 anos por matar pessoas. Em toda sua vida ela já matou mais de 10 pessoas. 

 — Nossa. Mas você não acha que ela vai fazer isso comigo ou com você né ?  

 — Quel, isso eu não sei. - Michael falou segurando minha mão e depois beijando-a. 

Em pouco menos de 3 minutos o avião pousou e tinha uma limousine nos esperando.  Nela fomos para casa e Michael começou a fazer a janta (ss Michael que fez a janta. Apesar d ter varias empregadas e eu, ele q faz a janta.) 

 Fui até a cozinha e me sentei na mesa, fiquei lá uns 20 minutos vendo meu homem cozinhar. Depois me levantei fiquei atrás dele e coloquei minha mão sobre seu membro . 

 — Raquel, estou cozinhando agora amor. - Michael falou tentando fugir de mim, mas aquela altura ele já queria mais que eu. Michael chamou uma cozinheira pelo radinho para ela terminar a janta. Mas assim q ela estava falando a última palavra eu apertei seu membro fazendo ele gemer. Logo após ele desligou o radinho e me olhou com os olhos arregalados.   

— Viu o que você fez ?! Agr ela ficar pensando "eita, o patrão vai fzr sexo"

Ri da cara dele e o puxei para o quarto. E quando eu cheguei lá, cheia de desejos... Vejo a Alice deitada na cama dele mexendo no tablet .

 — Alice o que você ta fazendo aqui sua louca? - perguntei um pouco sem graça pois ela viu eu e o Michael entrando no quarto nos beijando. 

— Bom...... O sinal tava muito fraco aí no seu quarto tava super forte então eu vim pra cá. E pelo visto eu atrapalhei o sexo hot de vocês - falou rindo. 

— Alice!! - Michael falou ficando vermelho de vergonha . 

— Owwn, meu pimentão vermelho. - falei dando um selinho nele. 

— Raquel!!! -Michael falou mais envergonhado ainda . 

— Ashuashuashuashu - Eu ria  

— Se vocês quiserem dá, façam isso em outro lugar por que daqui eu não saio. 

— Alice falou se embrulhando. 

— Ok, Quel vamos para a cama da Alice. - Michael falou brincando. 

— Naaaaoooo, vocês vão encher minha cama de gozo Alice falou se levantando e correndo para o quarto. 

- Finalmente. - Michael falou começando a beijar meu pescoço. Quando alguém bate na porta. 

-Sr. Michael, o jantar está pronto. 

Era a empregada. 

- Droga ! -Michael falou levantando da cama. Confesso que ri baixinho quando ele saiu do quarto.

Fui até e jantei também. Quando terminamos escovamos os dentes e fomos para o quarto. Michael fez o mesmo de sempre tirou a camisa tirou a calça e deitou, eu também, tirei a calça pus um shortinho e uma camiseta e deitei ao seu lado. Ele chegou perto de mim me abraçou e falou em meu ouvido. 

— A casa está muito fazia sabe

— Sim, realmente está, mas podemos contratar mais empregados depois. 

— Não, estou dizendo que não tem uma alma para alegrar essa casa.  

— Oh, claro q sim, é só ensinar truques ao Kill 

— Você não está entendendo o que eu estou tentando dizer.   

Mas na vrdd eu sabia, sabia muito bem. Ele qria um filho ! 

— Então o que você está querendo dizer Michael ? - perguntei me fazendo de sonsa. 

— Que, acho que meio que nós podíamos tentar ter um filho. - ele falou beijando meu pescoço . 

Ferrou ! Eu amo o Michael e tal mas um filho ? As coisas estão acontecendo rápido de mais. 

Àquela altura meu nervosismo só aumentava, acho que Michael achou que eu tinha aceitado por que não recusei. 

Ele estava com um mao desabotoando meu sutiã e a outra estava me penetrando. Não sabia o que fazer.


E AGORA?!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...