História Heaven;;; seokjin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Personagens Originais
Tags Bangtanboys, Beyondthescenes, Bts, Cortes, Death, Depressão, Jin, Kimseokjin, Ksj, Sad, Seokjin
Visualizações 3
Palavras 585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Estupro, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa fanfic contém conteúdo depressivo, não aconselhado para pessoas sensíveis.

Lembrando que essa fanfic é um AU (Universo Alternativo), então você não precisa ser necessariamente um fã para lê-la.

-

Esse foi apenas um aviso, eu não quero causar problemas...

Por favor, apoiem Heaven!

~annyeong ❤

Capítulo 1 - Feelings


 Sentimentos.  





  Ele suspirou ao ouviu sua mãe gritar consigo novamente. Aquele era apenas mais um dia em que ele desejava fortemente não ter ouvidos, assim não teria que escutar os berros que sua mãe desferia contra si, achando-se o ser humano mais correto do universo.     

Será que a mais velha não entendia? Ele queria apenas ficar sozinho, com o seu silêncio, no seu lugar. Ele estava pouco se importando com as provas para os tais colégios chiques que a mesma queria que ele entrasse.   

Por que?   

Porque Jin não ligava mais. Não valia a pena, valia? Buscar por algo que ele mesmo não queria? Se esforçar por aquilo, apenas para impressionar sua omma?    

Kim sabia que não. A mais velha nunca se orgulhava. Nunca. Sorrisos falsos e reclamações... Apenas isso que o pequeno recebia. Mesmo que tudo que Jin quisesse fosse apenas um sorriso verdadeiro.      

E seu appa?    

Aquele que o abandonou. Lunático. Surtado. Ignorante. O menor não fazia questão de tê-lo em sua vida, na verdade, ele fazia questão de não tê-lo na mesma.    

Mais sorrisos e abraços superficiais, extremamente apertados, dos quais ele não o largava durante 5 minutos inteiros. O cheiro de cigarro que saía de sua boca toda vez que ele a abria para dizer mais uma de suas atrocidades.    

Repugnante.     

O cheiro de álcool que às vezes era encontrado no mesmo, mas acima de tudo: os seus grandes surtos.    

Surtos de raiva, onde ele gritava, xingava e às vezes ameaçava bater, até mesmo matar.      

Seokjin já estava cansado de toda aquela perda de tempo. A única coisa que ele queria era não se sentir tão inferior. Ao olhar seu próprio reflexo, todo santo dia.     

Olheiras profundas, cabelos desgrenhados, unhas ruídas, roupas largas, lágrimas nos olhos. E um coração despedaçado.    

Sem emoções, aos olhos de todos, mas transbordando toda a sua infelicidade quando ficava sozinho por 10 minutos.     Outra perda de tempo. Insuficiente.    

Não havia lugar algum, do qual ele não se sentisse diferente. Estranho. Solitário. Por onde Jin passava, às vezes sentindo olhares contra si, suas bochechas ganhavam um tom rubro e ele suspirava tentando passar despercebido. Uma confusão.     

Memórias embaralhadas, bile subindo pela sua garganta, e novamente, os olhos cheios de lágrimas.    

E não havia alguém, ninguém, que o entendesse. Não importa quem. Ninguém. Suas palavras saíam confusas e nem as mais inteligentes pessoas sabiam oque se passava exatamente dentro da cabeça do menor.    

SeokJin só queria sumir.    

Não ia fazer diferença para ninguém, de qualquer forma.    

O máximo que receberia em sua morte seriam flores. Além de uma passagem só de ida para o inferno.     

E quando o dia finalmente acabava, só havia uma coisa que o fazia adormecer. Ele se culpava cada vez mais por ter se viciado nas maltidas lâminas, das quais Kim desferia sobre a pele sem uma mínima delicadeza. Jin queria ver o sangue jorrando contra seu próprio rosto e roupas.      

A dor de sentir aquele objeto cortante o dilacerando não chegava nem perto da metade da dor que sentia dentro de si.     Quando menos percebeu, já se encontrava cheio de lágrimas rolando por sua face suja. Lembrar de todos os momentos em que se sentira uma grande e completa merda o afetava. Não importando a situação.      

Suas lágrimas sumiram, ao ter sua mão passada entre as mesmas. Porém, a dor que sentira continuava ali, o atormentando. Todos os dias. Aquelas vozes, dentro de sua cabeça.     

Dizendo o quanto ele era insuficiente, indiferente, insignificante, burro, estúpido, idiota, maldito, bastardo!     

Sua mente gritava com agressividade.   


Notas Finais


EU VOLTEEEEEEEEEEI!
AGORA PRA FICAAAAAR!

Skksks

Tudo bom, gente?
Trouxe aqui Sky reescrita. AGORA O NOME É HEAVEN!!!!

E não vai ter segunda temporada, tá?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...