História Hello daddy! Are you there? - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Daddy, One Direction, Vic, Zayn
Exibições 118
Palavras 655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi zaynte! Boa leitura!😊❤❤

Capítulo 7 - Agora já era! Não dá pra voltar atrás!


~~Vic~~ 

 Acordei 23:02 da noite e não consegui dormir mais... Estava bastante entediada, não parava de pensar no que aconteceu entre mim e o Tate, sera que ele estava chateado comigo? Isso não podia acontecer ele era o único amigo que eu tinha!...

 Resolvi pegar o celular e mandar uma mensagem ao Tate... 

 Eu— Oi! ...

 Tate— Oi!

 Eu— Ta chateado comigo? 

 Tate— Claro que não!

 Eu— Desculpe! 

 Tate— Você pode vim fazer companhia pra mim?

 Eu— Agora? 

 Tate— Não ano que vem! 

É claro que é agora sua boba! 

 Eu— Boba não!

 Tate— É eu sei de boba você não tem nada!

 Eu— Ha, ha, já tô na sua porta! 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 

 Tate abriu a porta dando espaço pra mim entrar, não sei porque mais ele estava tão lindo!... Sentei no sofá e Tate também, ficamos nos encarando por algum tempo, eu já estava ficando vermelha... 

— Então, porque está acordada a essa hora?— Perguntou Tate com a expressão série. 

 — Não consegui dormir depois daquele ocorrido!— Respondi mordendo o lábio inferior de vergonha, com a cabeça baixa. 

 — Eu posso te fazer dormir rapidinho! — Disse Tate se aproximando cada vez mais de mim... 

 Tate começou a me beijar e dessa vez eu retribui! Não quis parar, quis que ele continuasse... Eu sinceramente não sabia oque estava acontecendo comigo! 

 Subo em cima de Tate ficando sentada com uma perna de cada lado de suas pernas... Tate se levanta comigo em seu colo sem parar o beijo e vai em direção ao seu quarto...

 Ao passar pela porta sinto um grande frio arrepiar meu corpo. 

 — Caracas Tate seu quarto é muito gelado! — Digo com a expressão do rosto engraçada. 

— Não tem problema eu esquento você minha pequena! — Disse ele me deitando em sua cama logo em seguida... 

 Vejo Tate tirar toda roupa que cobria seu corpo ficando apenas de cueca box... Nossan senhora, que homem e esse?...   

Seus beijos são calmos e macios, ele parecia aproveitar cada segundo como se fosse único... Sinto suas grandes mãos levantarem meu moletom e derrepente o paro... 

 — Desculpe! Eu tenho medo de não... Eu não sei oque fazer! Estou com medo! – Digo morrendo de vergonha.

 — Não se preocupe minha pequena eu não vou te machucar! Tudo oque vc precisar aprender eu te encino! – Diz Tate tentando me passar segurança. 

 Ajudo Tate a tirar meu moletom e o resto da roupa ficando apenas de roupas intimas... 

 Tate volta a me beijar descendo os beijos pelo meu pescoço e dando leves chupões. Uma de suas mãos deslizou por minha barriga, parando em minha intimidade. Ele começou a acariciar o local, me fazendo delirar completamente. 

 Chega de tortura – sussurrei, sem fôlego. Seu sorriso se abriu enquanto ele consentia. 

 – Está pronta? – Tate me pergunta com uma expressão preocupada em seu rosto. 

 – Balanço a cabeça, dizendo que sim.

 Tate abre o criado mudo ao lado da cama e puxa uma camisinha com o pacotinho dourado, colocando a mesma em seu membro, e logo em seguida me penetrando...

 Seus movimentos eram lentos, calmos. Logo se agitaram, num vai-e-vem constante e cheio de desejo, fazendo com que eu arranhasse suas costas, mas ele pareceu não se importar. Meus gemidos aumentavam agora eram quase gritos. Subitamente, ele parou, me virando para ficar por cima dele... 

 Encaixei nossos corpos novamente, que pareciam ficar tão perfeitos juntos. Comecei dando beijos e chupões por seu pescoço enquanto rebolava lentamente em cima de seu membro, fazendo-o gemer. Quando não aguentei mais, meus movimentos se tornaram rápidos e ele apertava minhas coxas. Instantes depois, atingi meu ápice – sentindo que Tate também chegara lá. Cai pesadamente sobre seu peito. Em um último gemido, pude ouvir ele sussurrar meu nome... 

 Eu ainda não estava acreditando no que tinha acabado de acontecer. O que iria acontecer daqui pra frente? O que eu iria fazer? Isso eu ainda não sei. Agora já estava feito, e eu não podia voltar atrás!...                               


Notas Finais


Oi de novo zaynte! Acabei de descobrir que náo sou boa com Hots... Pois é ficou uma bosta! Sinto muito😭 😢😐


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...