História Hello daddy! Are you there? - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Daddy, One Direction, Vic, Zayn
Exibições 105
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Fantasia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii! Boa leitura💙💙💙

Capítulo 8 - Amizade colorida (͡ ° ͜ʖ ͡ °)


~~Vic~~ Acordei meio dolorida, acho que foi por causa do ocorrido de ontem a noite! Virando para o lado vejo que Tate ainda estava dormindo, ele é tão lindo! Parece até um anjo... Encarei ele por mais alguns segundos e depois levantei, sem fazer muito barulho não queria que ele acordasse... 

Fui catando minhas roupas, que estavam espalhadas pelo chão e me vesti rapidamente. Sai do quarto e fui em direção a sala, chegando na mesma abri a porta silenciosamente e fui pro meu apartamento... 

 Oque eu estava fazendo? Durmo com ele e de manhã cedo saio escondida, feito uma vadia?... Eu só podia estar possuída! ( não, pera, também não é pra tanto né?) 

 –Chega Vic! você não poderia morrer virgem! – disse pra mim mesma. – claro que não eu não poderia morrer virgem! – respondi a mim mesma. – porra que tipo de pessoa da concelhos à si própria, e ainda se responde? Eu devo estar ficando louca.

                                        [...] 

 

Depois que tomei um banho e vesti uma roupa descente fui tomar um café, e enquanto comia pensei bastante no que eu iria fazer da minha vida agora, Tate não iria atrapalhar em nada na minha vingança, o que nós fizemos de mais? Nós apenas fizemos sexo! Isso não queria dizer nada! E eu iria perder minha virgindade uma hora ou outra!!!

 Terminei meu café e fui tentar falar com Tate... Fiquei em frente a sua porta encostando a cabeça na mesma... Depois de um tempo resolvi bater... Tate abriu a porta e eu não pude deixar de notar sua expressão confusa. 

 – Porque você foi embora hoje de manhã? – perguntou ele meio confuso. 

 – Desculpe!... Eu sei estou agindo como uma vadia! – respondi.

 – Não, você não está! – disse ele pegando em meu rosto e acariciando minhas bochechas. – só está confusa! – continuou Tate. 

 – Podemos conversar? – perguntei. 

 – Podemos! – respondeu ele. 

 Sentamos no sofá um ao lado do outro, olhei pra ele e comecei a falar:

 – Olha Tate eu não quero que nossa amizade acabe! – disse a ele. 

 – Nossa amizade não vai acabar por conta de... Ah vc sabe! – respondeu ele. E eu não pude conter minha risada... 

 – Ainda bem que você me entende! – disse eu já animada. 

 – E ainda bem que você me entende! – respondeu ele dando um lindo sorriso.

 – Então vai ser assim? Esqueceremos oque aconteceu e pronto? – pergunto. 

 – Só esqueceremos se você quiser! – respondeu ele. 

 – E você, quer esquecer? – pergunto. 

 – Não mesmo, e você? – pergunta ele. 

 – Não mesmo! – respondo. 

 – Podemos continuar com nossa amizade, mas de outra forma! – disse ele com um ar de malícia.

 – Que tipo de amizade? – me fiz de inocente.

 – Amizade colorida! Mas só se vc quiser, não estou te forçando a nada! – disse ele.

 – Okay! Aceito sua proposta! " amiguinho". – respondo maliciosa.

 – Okay então, " amiguinha". – responde ele. 

 – Você já tomou café? – pergunto. 

 – Já! – responde ele. 

 – Então eu já vou indo! você pode ir ao meu apartamento pra me fazer companhia mais tarde? – pergunto.  

– Claro "amiguinha". – responde ele. 

 Dou um sorriso e um um soco de leve em seu braço, e depois vou embora.

                                        [...] 

 

Já estava escuro lá fora, tava chovendo pra caraca, e eu estava jogada no meu sofá assistindo alguma coisa na tv que eu nem sei o que era... Ouço alguém bater em minha porta devia ser o Tate... Vou até lá e abro a mesma. Tate estava com o cabelo molhado devia ter acabado de sair do banho, isso o deixava sexy!... 

 Ele entra e se joga no meu sofá onde eu estava antes... – Ei esse era o meu lugar! – falo fingindo me importar.

 – Foi namorar perdeu o lugar! – diz ele sorrindo.

 – Seu bobo! – digo sorrindo e me jogo ao seu lado deitando com a cabeça em suas pernas e observando seu rosto. 

 Passamos 2h e meia conversando, berrando, sorrindo, e brincando... Já era tarde e eu estava morrendo de sono, amanhã é sábado graças a deus eu não precisaria acordar cedo! 

 – Quer dormir aqui hoje? – pergunto. 

 – Com você? – pergunta ele. 

 – Não imagine! – respondo. 

 – Tá bom! – diz ele olhando a hora em seu celular. 

Fomos dormir em meu quarto, antes de deitar fui me trocar pois eu não poderia dormir de calça jeans, coloquei uma blusona do nirvana preta apenas de calcinha por de baixo. Tate já estava deitado de baixo das cobertas, deitei do seu lado de costa pra ele percebendo que ele estava sem camisa. Tate me abraçou por trás e assim ficamos até dormir...


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Kissus e até a próxima💙💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...