História Hello, Mr.J - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Batman, Esquadrão Suicida, Hera Venenosa
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Personagens Originais
Tags Arlequina, Coringa, Harleen, Harley, Joker, Mad Love, Mrj, Puddin, Quinn, Quinzel
Exibições 107
Palavras 368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


To gostando dessa palhaçada de menos comentário n.

Capítulo 22 - RIP


Fanfic / Fanfiction Hello, Mr.J - Capítulo 22 - RIP

Deadpool sai correndo em busca de Harley, e então ouve:

Nos jornais, uma nova notícia: "Extra! Harley Quinn se junta a Joker no topo do Empire State! Seria isso um massacre, ou apenas mais uma loucura?"

Ele se desespera, e liga para a única pessoa que ele sabia que podia fazer algo.

-Deadpool? O que você quer?

-Batman, você estava certo, ela é dele, ela é louca por ele, ela, ela, vai se matar com ele, por ele.

-O que!?!

-Eles estão no topo do Empire State, anda logo! Aquele louco vai matar ela! 

-Não, Deadpool. Ela  vai se matar. E sabe por quê? Porque ela ama ser o brinquedo dele, e se o dono dela vai ficar feliz, ela vai se matar.

-Você tem que impedir! Você é um herói! Você levanta essa bunda gorda da cadeira e vai salvar as pessoas! Faça isso!

-~suspiro~ estou a caminho.

-Harley Quinn! -diz Joker, girando na ponta do prédio - veio assistir meus últimos momentos?

-Não, por favor, sai daí! -implora Harley

-E por que eu faria isso? Esse é um dos mais gloriosos dos momentos!

-E... eu vivo por você, o que farei depois?

-Bom, você se virou com nosso amiguinho... peadpool, o nome?

-Mas eu larguei ele! Eu estou aqui! Eu estou aqui! Eu amo você! -ela diz, com as mãos em seu rosto.

-A questão é que eu não sou alguém que é amado. Eu sou... uma ideia! Um homem pode ser fraco, morto, enganado, traído. Mas uma ideia resiste e pode mudar tudo quatrocentos anos depois da morte de seu autor!

-Mas, eu não amo uma ideia! Uma ideia não ama, não me faz rir, não muda quem eu sou, uma ideia não chora, não sente, eu não vivo por uma ideia! Eu vivo por você! Com toda a dor e loucura que isso pode causar!

-Junte-se a mim! O quão belo seria? O Rei e a Rainha de Gotham se sacrificando em nome do que acreditam?

-Você. -ela diz, segurando sua mão - e, se o que meu rei quer que eu faça é me juntar a ele, eu me juntarei. -ela pega sua mão e os dois olham para a Lua, se olham, e Joker a pega pega cintura, a beijando loucamente. E é assim, se amando, que eles se jogam.


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...