História Hello, Mr.J - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arlequina (Harley Quinn), Batman, Esquadrão Suicida, Hera Venenosa
Personagens Bruce Wayne (Batman), Coringa (Jack Napier), Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Personagens Originais
Tags Arlequina, Coringa, Harleen, Harley, Joker, Mad Love, Mrj, Puddin, Quinn, Quinzel
Exibições 312
Palavras 868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tchau Harleen, Olá Harley! Nesse cap finalmente veremos Harley Quinn em carne e osso, e sua relação com seu Puddin! Atenção: pode conter hot.

Capítulo 3 - Bye Harleen!


Fanfic / Fanfiction Hello, Mr.J - Capítulo 3 - Bye Harleen!

-Obrigado por cuidar de mim, tão atenciosa! - disse Joker
-Não é nada, queri... Mr.J. Estou apenas fazendo meu trabalho
- O que acha de fugirmos, só nós dois?
-Claro! Quer dizer... sim.
- Ótimo. Faremos algo silencioso e discreto, até sairmos do Arkham.
-Não será difícil, eu tenho acesso livre.
-Tão prestativa! Façamos assim... me encontre perto dos tanques químicos ás 2:57,  hoje.
-Mas como você vai sair?
-HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAAHAHHAHAHAAHHAAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHHAHAHAHAAHHAHAAHAHAHAAHAHAHA

*2:56 a.m*
~Harley on~
Ele virá? Ele disse que vinha, mas... porque aqui? Claro que eu nunca perguntarei isso a ele, mas não sou tão certa quanto á seus sentimentos por mim, se é que exis..
-Harleen! Tão pontual! - disse ele, me dando um susto e me puxando de meus pensamentos.
-Mr.J! Sempre soube que viria!
Ele sorriu, passou as mãos em meus lábios e disse.
-Pergunta, vc morreria por mim?
Nunca tive tanta certeza em minha vida, tudo que eu queria era ele.
-Sim.
-Não... isso é muito fácil, você.... você viveria por mim?
Anos de faculdade e eu nunca soube entrar na cabeça das pessoas como ele. Sua voz suave, seus olhos intensos, e seu sorriso insano tinham um poder sobre mim que eu nunca senti. Eu faria o que ele quisesse.
-Sim.
-Não diga, depois, que isso foi impensado. Desejo se torna rendição e rendição se torna poder!
-Você quer isso?
-Sim
-Diga, diga, diga! Por, por, por,por, por, por, por...
-por favor
-Meu deus! Você é tão boa! Mas palavras não bastam. Prove.
Então eu fiz. Eu provei. Não sei o que se passou pela minha cabeça, ou foi só o modo como a Lua iluminava os seus olhos de modo que o mundo parecia estar ao seus pés, mas algo me dizia que ele era a única coisa que eu precisava para viver. O tanque e a ameaça da morte tão perto de mim parecia pouco, perto do amor que eu sentia por aquele sorriso.
Então eu pulei. Eu não sabia se ele iria me salvar, mas isso não importava, pois a simples possibilidade já era o suficiente. E naquele abismo entre meu amor e o tanque químico, tudo que eu sentia era liberdade. E eu cai. E aquilo me despedaçou, eu senti minha pele e meu cabelo perderem a cor, senti a insanidade se aproximando de mim, me senti viva. É como uma criança indo até você, é tão belo que não há como imaginá-la fazendo mal á alguém, e é assim que eu me sinto em relação á ele.
A morte não importa mais. Nesses poucos e infinitos meses que estive com ele tive e senti coisas que não posso nem descrever, eu só sinto o que é religião, e amor incondicional perto dele. E se a morte for o preço por isso, bem, morrerei feliz essa noite.
~Joker on~
Eu não tive um porquê, mas eu pulei. Eu não tive razões, apenas fui. Porque, de qualquer modo, eu não tenho nada á perder.
E eu á peguei. E quando eu vi ela, tão próxima de mim, tão idêntica á mim, tão feita para mim, tudo que eu queria era ela.
Eu á beijei, e naquele tanque ácido, na morte, eu nunca senti nada parecido, ou perto daquilo. Meu coração era encendiado por desejo, nada mais importava, além dela.
~Harley on~
E, enquanto eu morria, eu fui salva. Não pelo psicopata que mata sem olhar para o rosto da vítima. Não pelo rei do crime de Gotham. Não pelo louco internado no Arkham. Foi por ele, na forma mais simples que ele poderia ser. Me mate, eu não ligo, faça o que quiser comigo, meu amor.
~Narrador on~
Joker levou Harleen para seu esconderijo, ele se sentou na cama e disse
-Venha cá
-Sim? -disse ela, chegando bem perto dele.
Ele a puxou e ela sentou em seu colo. Ela começou a beijar sua boca, descendo até a gola da camisa, que foi tirada com os dentes. Ele rasgou a camisa de botão dela, e se deitou, ela sobre ele, louca. Sussurrou em seu ouvido
-Me fode
Esse foi o veredícto. Joker arrancou a roupa de Harleen, e em seguida a sua. Foi descendo em seu pescoço até chegar aos seus seios, chupando um e segurando o outro. Foi descendo dando leves mordidas até chegar á sua buceta. Chupou Harleen até arrancar seu último gemido, e a penetrou. Harleen estava em êxtase, enquanto Joker a fodia tão violentamente quanto matava, e segurava seu pescoço, por pouco Harleen conseguia respirar.
-Vire
Harleen estava de quatro, enquanto Joker á penetrava e dava tapas na sua bunda, arrancando gemidos de Harleen
-Vai! Vai Mr.J! Me fode seu gostoso! VAI PUDDIN!
E assim foi finalizada a noite. Ambos em êxtase, ambos não aguentando mais de prazer.
E amanheceu
~Joker on~
Ahh, preciso fazer isso mais vezes. Cade ela?
-Olá, Mr.J. Sua Harley Quinn está aqui.
Ela disse, vestida tão gostosa que eu quase a mandei para a cama, mas não consegui parar de olhar para ela. Um microshorte vermelho e azul, uma blusa toda rasgada, tatuagens por seu corpo, e a melhor parte, seu casaco também vermelho e azul escrito propriedade do Joker. Que ninguém encoste nela. O figurino perfeito.
-Ah, vem pro papai.


Notas Finais


Gente, eu n coloquei a parte em que ele eletrocuta ela, porque n consegui encaixar aí sem ficar sem sentido, mas calma, no futuro essa cena aparecerá. TEVE HOT. Oq vcs acharam? O que eu tenho que melhorar? Nossa Harley está pronta! Bjos!
HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...