História Hello, my old friend {Kookmin} - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Kookmin, Namjin, Romance, Taeyoonseok, Yaoi
Visualizações 80
Palavras 1.695
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola pessoaaal
Eu prometi tentar voltar no fim do outro mês, acabei mudando para o inicio desse e agora cá estou eu.
Mas por que hoje?
PQ HOJE É MEU ANIVERSARIO
SÓ ISSO MESMO
E como hoje é um dia especial pra mim eu queria agradecer a todos vocês que sempre me apoiam ♥ Mas vou deixar isso pras notas finais
Sem mais delongas
Boa leitura ♥

Capítulo 12 - Make someone happy


3 Meses Depois

Jimin andava da cabeça baixa pelos corredores da grande universidade, tudo o que queria era poder encontrar Taehyung o mais rápido possível, sem ter que encarar nenhum dos alunos que faziam questão de olhá-lo como se fosse um completo louco, como se seu lugar não fosse ali. Todos pareciam esquecer de seus próprios problemas para julgá-lo, como se ele fosse o único ser imperfeito em meio a tantos seres que não tinham absolutamente nada a reclamar.

E como se já não bastasse passar por tudo isso durante o dia, chegar em casa e encontrar o appa desmaiado no sofá devido a bebida, a noite tinha que lidar com flashes desconexos de lembranças que não fazia a menor idéia de onde seriam. Jin havia feito questão de indicá-lo a uma amiga que poderia ajudá-lo, que trabalhava no mesmo hospital que ele, e agora ia a duas sessões por semana contar, ou tentar, o que via durante as noites mal dormidas.

Na ultima delas chegaram à conclusão de que seriam coisas que sua mente criou no período do coma, e que ele possivelmente estaria se lembrando. Como se sua vida já não estivesse difícil o suficiente agora, pensava enquanto caminhava apressado por entre tantas pessoas.

O borbulho de pensamentos em sua cabeça fez com que esbarrasse em um completo estranho, não sabia quem era, mas apressou-se ainda mais quando este pareceu chamá-lo. Depois de tudo o que havia a acontecido temia que fosse alguma piadinha que fariam com ele, ou ate mesmo algo pior, não tinha forças o suficiente para lidar com isso no inicio da manhã, quanto mais no primeiro dia de aula.

Avistou os amigos sentados em uma mesa mais afastada da lanchonete, Taehyung estava com seus agora namorados, Yoongi e Hoseok. Jimin achava adorável a forma como um cuidava do outro e como nenhum deles abaixava a cabeça mesmo recebendo olhares tortos e palavras agressivas, mas tudo isso só o fazia pensar em como gostaria de ser como eles, de ter algo como eles tem.

— Bom dia Jiminnie. — Taehyung, que estava animado como em todos os outros dias, cumprimentou-o assim que se sentou à mesa.

— Bom dia Tae, bom dia hyungs.

— Bom dia. — Responderam em coro.

— Como foi a ultima consulta? — O Kim mais novo sempre o perguntava sobre isso, Jimin sentia que ele tentava se redimir, por algo que não fora sua culpa, dessa maneira e de com outras atitudes que sempre estavam presentes.

— Tirando a parte que me lembrei de algumas outras coisas, nada de mais.

— Aconteceu algo Jimin? — O Min perguntou enquanto arrumava sua playlist. — Você parecia meio assustado enquanto chegava e agora está inquieto.

— Eu esbarrei em alguém enquanto vinha para cá. E começaram a me chamar, fiquei com medo de que fosse alguma brincadeira e acabei me apressando ainda mais. — Explicou meio sem jeito.

— Ah Jiminnie. — Taehyung o abraçou pelos ombros. — Sabe que pode nos chamar sempre que precisar certo?

— Eu sei TaeTae, mas podemos, por favor, mudar de assunto?

— Certo Jiminnie. Já viram os calouros?

— Não, não me importo come eles. — O Min deu de ombros.

— Min Yoongi sendo Min Yoongi. — O Jung disse de maneira engraçada. — Eu vi alguns, eles parecem completamente perdidos, é fácil identificar.

— Experiência pessoal?

— Completamente, no meu primeiro dia estava tão perdido que eu andava, andava e sempre parava no mesmo lugar.

— Por sorte o Jiminnie e eu viemos juntos, então estávamos perdidos juntos.

— O que não ajuda muito, devo dizer. E você Yoongi hyung?

— Eu só cheguei e encontrei minha sala.

— Fácil assim?

— Fácil assim.

— Certo...

— Duvido. — Hoseok entrou no meio da conversa. — Aposto que estava completamente perdido.

— Não estava. — Yoongi revirou os olhos.

— Aposto que estava tão perdido quanto aquele cara lá na saída do bloco E. — Taehyung apontou discretamente para o mencionado.

— Onde? — O Park perguntou meio perdido buscando com os olhos ate que esses parassem na silhueta alta e definida a que se referiam.

Perdeu-se em seu próprio mundo ao notar que o garoto parecia olhar diretamente para si. Os cabelos negros caindo em cima dos olhos e os músculos levemente definidos davam a ele um ar tanto infantil quanto másculo, era uma combinação estranhamente boa. O mais estranho, no entanto, é que ele parecia lembrar-lhe alguém, mas não poderia dizer quem ou quando havia visto tal.

— Jiminnie? — Taehyung chamou fazendo com que desviasse o olhar e a vergonha aparecesse ao notar que encarava o estranho com afinco.

— Sim?

— Tudo bem?

— Claro. — Forçou um sorriso para o amigo que o encarou com uma carranca.

— Pode parar de encarar o garoto e me dar atenção?

— Você tem dois namorados pra isso Tae. — Respondeu divertido vendo o Kim formar um bico em seus lábios.

— Mas eu estou falando com você.

— Tudo bem, desculpe, pode repetir, por favor?

— Eu disse, que o Jin hyung disse, que o Nam hyung disse que nos deveríamos comer todos juntos hoje no apartamento para comemorar.

— Comemorar o que?

— Não sei, eles disseram que é algo na empresa, você vai não é?

— Ah, não sei... Você sabe como esta meu Appa...

— Jiminnie. — O Kim pronunciou de forma arrastada. — Por favor.

— Tudo bem Tae...

— ISSO!

— Hora de ir para a sala. — O Jung alertou.

— Já? — Tae perguntou tristonho. — Até logo pessoal.

Despediram-se brevemente, cada um seguindo para sua sala. Talvez aquela fosse a pior parte do dia, ter que se separar de seus amigos, principalmente de Taehyung. Devido ao grande déficit de matérias que teve os melhores amigos não mais estudavam na mesma sala e com isso Jimin encontrava-se sozinho tendo que encarar mais um dia de muitos que viriam. 

 

•••

 

O Park chegou em casa quando o sol já estava se pondo, o dia havia passado muito devagar em sua opinião e ter que rever matérias não ajudava em nada na difícil missão de se manter acordado durante as aulas cansativas. Pretendia apenas vestir uma roupa qualquer e partir para a casa de seu hyung mais velho, sua animação para tudo aquilo estava baixa, mas como havia prometido a Tae que iria, faria um pequeno esforço para não demonstrar toda a orla de sentimentos negativos que ainda possuía.

Chegar onde morava era sempre um desafio, não sabia se era preferível encontrar seu Appa em casa ou não, talvez se ele estivesse fora as chances de sair sem mais algum machucado emocional fossem maiores, mas apenas pensar que algo de ruim poderia acontecer com o mais velho deixava o coração do Park apertado.

Para sua sorte o mais Park mais velho estava sim em casa, mas dormia calmamente no sofá. Algumas garrafas de bebidas estavam espalhadas, líquidos manchavam o chão e Jimin decidiu que enfrentar o desafio de limpar aquilo arruinaria ainda mais seu emocional. Por esse motivo apenas subiu para o quarto, escolheu uma roupa confortável, mas ainda assim tomando cuidado para não ficar desleixado e partiu silenciosamente para a casa de Jin.

O caminho fora tedioso, o clima estava ameno e as pessoas pareciam mais quietas que o normal, todas dentro de sua própria bolha de preocupações. O Park não estava muito diferente, vez ou outra se encontrava quase batendo em algo ou alguém tendo que desviar de ultima hora. O prédio do amigo não era muito distante do bairro onde morava, encarando o edifício não pode deixar de notar que aquela cena parecia-lhe familiar de uma forma diferente que antes. Balançou a cabeça negativamente antes de soltar o ar, que nem notara ter prendido, e se dirigir para o interior.

Acenando para o porteiro caminhou em passos vagarosos até o elevador tendo que esperar algum tempo para que ele chegasse ao térreo deixando uma senhora gorinha que carregava um cachorro fofo. Adentrou a caixa metálica vazia agradecendo por isso, achava elevadores locais extremamente desconfortáveis quando subia sozinho com alguém que não conhecia.

Olhou para os pés enquanto a porta fechava, o tênis que usava havia sido um presente de Taehyung em seu ultimo aniversario e gostava de usá-lo quando se encontravam, era uma forma simples que encontrava de mostrar que adorava seus amigos e tudo relacionado a eles. Deixou um pequeno sorriso adornar seus lábios, mas surpreendeu-se ao que uma mão pareceu surgir do além segurando a porta do elevador e fazendo com que se abrisse mais uma vez.

Encarou estático o garoto mais alto que si, ele possuía a respiração descompassada e os cabelos negros estavam bagunçados e colados em sua testa. Jimin engoliu seco, era o mesmo garoto que o encarara horas antes na faculdade.

— Ham... Eu te assustei? — Ele perguntou, Jimin parecia ter esquecido como falar e apenas acenou com a cabeça. — Desculpe, eu gritei pedindo que segurasse o elevador, mas parecia meio distraído, então tive que correr até aqui, acho que paguei um grande mico.

— Ah... Desculpe.

— Tudo bem... Você mora aqui? — Sem mais imprevistos o elevador começou a subir lentamente.

— Não, estou visitando um amigo.

— A sim... Eu acabei de me mudar de outra cidade.

— Entendo. — Um silêncio desconfortável se fez presente sendo quebrado quando a caixa metálica parou um andar abaixo do que Jimin pretendia descer.

— Eu saio aqui. A propósito, sou Jeon Jungkook. — Disse ao sair do local parando a uma distancia considerável no corredor.

— Park Jimin. — Respondeu suavemente enquanto olhava o outro conforme as portas se fechavam deixando-o sozinho mais uma vez.

Sentia um misto de vergonha com algo que não conseguia identificar, mas resolveu deixar tudo aquilo de lado ao chegar ao andar. Bateu a porta do amigo vendo que esta se encontrava aberta, talvez Jin tivesse deixado para que não tivesse de deixar de fazer algo toda vez que um deles chegasse. Sendo assim apenas adentrou o pequeno local estranhando as luzes apagadas, será que Tae tinha lhe dito o dia certo?

Ao por os pés na sala deixou que um grito nada másculo escapasse de sua boca ao que a luz foi acesa abruptamente e os amigos começaram uma gritaria louca a seu redor, com vários supresas e jiminnies. Não podia acreditar que aqueles loucos haviam lhe feito uma pequena festa surpresa. Encarou a faixa bonita pendurada onde estava escrito seu nome e deixou que as lagrimas escapassem enquanto degustava o sentimento que não achava poder sentir verdadeiramente novamente. A Felicidade.  


Notas Finais


ENTÃO VAMOS AS MELOSIDADES
Muito obrigada a todas que acompanham essa fic tão importante pra mim ♥-♥ Ela foi minha primeira e sempre será especial
Agradecimentos especiais à @ParkEsther que foi quem me apoiou nessa minha ideia louca de escrever e à @Taehyung_95_ por sempre comentar aqui e ser alguém que lembra de mim no whats :') ps: Perdão por n responder o coment do cap passado, juro q vou, algum dia...
Todos que leem são muito especiais pra mim ♥ Mas eu não poderia deixar de citar essas pessoas aqui
BEIJÃO PRA TODOS ♥-♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...