História Help! I need you - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Beatles
Personagens George Harrison, John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr
Tags Beatles, George Harrison, John Lennon, Paul Mccartney, Ringo Starr
Visualizações 43
Palavras 905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, espero que gostem da história, e desculpem os erros de português mas eu tenho preguiça de revisão e eu escrevi no celular hahaha!
Aproveitem

Capítulo 1 - Welcome to the hell


Fanfic / Fanfiction Help! I need you - Capítulo 1 - Welcome to the hell

1965 durante as filmagens de Help 

 

Lennon acordou, eram 6:33 ainda lhe restava 2 min antes do despertador desparar. O homem olhou para as flores no criado mudo, logo ouviu o despertador o desligando na sequência, e ficou sentado na cama fitando o meio palmo que ele conseguia enxergar a sua frente sem seus o óculos, com preguiça de se trocar para ir para o aeroporto logo de manhã. 

 

Todos os meninos estavam dentro do avião há algumas horas, logo pousariam nas Bahamas para terminar de gravar o seu novo filme: Help.

John estava deitado no ombro de Paul praticamente babando, enquanto o mais novo alternava entre ler uma revista de rock ou ficar olhando pela janela admirando as pequenas ilhas em meio ao oceano azul. Ringo e George estavam logo nos assentos atras fazendo uma competição de quem contava piadas mais escrotas. Todos estavam calmos apenas esperando o momento pra descer, até que George precisou ir ao banheiro pois havia tomado muita Coca Cola. 

Quando o caçula do grupo já estava retornando para seu assento ele foi lançado para o fundo do avião durante o despencar sem freios e os barulhos dos motores pifando.

Todos se seguraram em seus bancos, George se mexeu o quanto pode para agarrar em algo, Lennon acordou assustado e agarrou a mão de Paul automaticamente. Tudo aconteceu em questão de segundos e todos estavam desesperados demais para reagir a situação com positivismo.

 

Uma hora depois do acidente 

 

John acordou com algo em cima dele, o qual ele não conseguia decifrar o que era, apenas lanço o pedaço de um objeto não identificado para o lado e sentou entre as ferragens. Demorou alguns bons segundos para Lennon se situar onde estava. Quando conseguiu fazer isso ele soltou um grito.

-Paul!- o homem pensou o por que teria se lembrado primeiramente de seu amigo Paul mesmo tendo outros 3 amigos seus no mesmo avião, mas logo se convenceu que era por que Paul era quem estava sentado ao seu lado antes de tudo acontecer, então voltou a chamar pelo parceiro ja mais calmo- Paullie?

Em seguida John avistou alguns cabelos pretos embaixo de uma poltrona e logo os reconheceu, era Paul. 

Lennon correu tirando a poltrona de cima do amigo, porém o mesmo continuava desacordado. Ele até tentou reanimar o amigo, mas o mais novo continuava desacordado. Então o mais velho pegou Paul nos braços e o levou para fora do "avião" que nessa altura do campeonato era só um bando de lata queimada e metal retorcido.

 

John chegou na areia e depositou Paul com cuidado enquanto tentava acorda-lo. Num momento de pausa das tentativas falhas de John, ele olhou para frente e alguns metros de distância se encontrava um borrado, Lennon estava sem óculos, o que não facilitou a identificação do borrado em forma de pessoa, então ele levantou olhando uma última vez para Paul e caminhando até o "alguém" a sua frente.

 

-George!- John exclamou, mas não obteve retorno algum.- George?- outra vez sem sucesso.- HARRISON!!- dessa vez Lennon falou mais altos despertando um olhar do mais novo.

-Nós estamos perdidos.- disse George deixando Lennon sem entender se era uma pergunta ou uma afirmação.

-Não George, vamos sair daqui, logo!- respondeu John confiante dando tapinha nas costas do amigo. 

 -Ele esta morto. - continuou George sem expressão alguma.

-Quem está morto George?- perguntou rapidamente John já quase se engasgando em seu próprio desespero.

-O piloto, ele está morto.- George continuava contando sem expressão alguma.

-Porra Harrison! Eu achei que era algum de nós.- Lennon respirou fundo, olhou sua a sua volta e questionou- Cadê Ringo e Brian?

-Não sei John. Dentro do avião talvez? 

 

O mais Velho correu de volta ao avião, dando apenas um olhar em Paul que continuava na mesma posição.

Ao adentrar o nave Lennon começou a chamar por seus amigos e logo ouviu a voz de Ringo.

-Aqui John!- ringo se levantou do fundo do avião e veio caminhando com certa dificuldade.- Brian está lá no fundo, com um corte enorme na perna, eu estou amarrando um pedaço de pano para tentar parar um pouco o sangue. Mas você vai ter que me ajudar a retirar ele daqui.

-Okay. Vamos lá.- concordou Lennon seguindo Ringo.

Poucos segundos depois, Lennon e Starr saíram carregando Epstein e o largando ao lado de Paul.

 

-Aquele é George?- pediu Ringo

-Sim aquele é o George. Acho que ele acordou antes de nós e está lá algum tempo, totalmente transtornado, mal falou comigo quando fui lá. - respondeu John

-Vou tentar falar com ele.- Ringo levantou confiante em que George iria respondê-lo.

 

John ficou sentado ao lado de Brian e Paul encarando o mar, eis que sentiu algo sentando rapidamente ao seu lado e buscando ar para os pulmões que pareciam não funcionar a anos. 

-Help!- gritou Paul num ato de ânimo súbito.

-Irônico, estávamos indo gravar Help nas Bahamas e agora você está aqui realmente gritando Help para um bando de macacos, pois parece que humanos andam em falta nessa ilha no meio do oceano. - debochou John tentando descontrair um pouco a situação.- Olá, Bom dia bela adormecida!- continuou John 

-Onde estamos John?- questionou Paul olhando em tudo a sua volta.

-Nós morremos Paul! Bem vindo ao inferno querido. - John falou sem olhar para Paul, o que fez o mais novo ficar encarando o homem com um olhar confuso enquanto Brian segurava a risada logo ao lado.


Notas Finais


Espero que tenham se interessado e até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...