História Help...( Love ) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Abo, Bts, Jikook, Jimin Seme, Jungkook Omega, Jungkook Uke, Kookmin, Sugamon
Visualizações 82
Palavras 851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai, Lemon, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Passado



Povo.Autora



Após serem chamados por Jimin, ambos dois garotos pararam o que faziam e as presas foram para a casa foi Park, esse que agora tomava banho com Jean que continuava admirando a tatuagem em sua face, Jimin  indo também fazia isso, olhava para o próprio rosto vendo a forma que o desenho negro entrava em contraste com sua pele branca.

Após devidamente banhados e vestidos ambos Jimin e Jungkook foram para a cozinha comer algo em quando esperavam os mas velhos chegarem.

Jungkook ficou na mesa da ilha da cozinha vendo seu daddo prepara algo para ambos comerem, já que deste obtém nenhum dos dois comeu.

Jeon passou das costas do mas velho para os cabelos dele. Os cabelos de Jimin estavam mas escuros, bem! Ao menos é isso o que Jungkook  estava pensando no momento.


- Daddy... Seu cabelos... Eles estão  mas escuros não estão?

- Você acha?


Para Jimin o cabelo dele estava como sempre, mas ele nunca foi de presta muita atenção em como estava seu cabelo, ja que o mesmo, não importa o qe fizesse sempre ficava bonito e arrumado.


- Acho... Antes eram castanhos... Agora estão negros... Como a marca de seu rosto.

- Estou feio? - Perguntou sem se importa de verdade.

- Não! Claro claro que não! O hyung é e lindo! - Colocou ambas mãos na boca se reeprendedo por chama Park fe hyung e não de daddy - Desculpe daddy... - Falou baixinho e Jimin sorriu com tamanha fogura do mas novo.

- Tudo bem.


Jimin se virou de frente para Jungkook e com um prato de omeletes e bacon frito, foi à mesa onde Jeon estava. Se sentou na frente do mesmo colocando o prato a frente do outro.

Park não estava com fome, ja avia se alimentado do sangue de Jungkook.

Reparou nos cabelos de Jungkook e quase sr engasgou com a propria saliva.


- Jungkook... Acho qhe agora somo black e witt. Seu cabelo ta começando a ficar claro.


Proferio e então bagunçou os cabelos de Jungkook em forma de carinho.


Ding dong


Deve ser um dos hyungs pensou Jimin se levantando antes de Jungkook pata atender à porta. Quando ele pensou que era um dos hyungs se engangou, eram ambos ali.


- Ai meu G-Deus! Jimin a tua cara e o teu cabelo. E os seus olhos! - Falou Namjoon tocamdo com as duas mãos o rosto de Jimin, passando a observar os olhos escarlates do Park.

- Vocês realmente formaram o nó. Se você ja mudou tando assim, quero ve só o Jeon - Desta vez foi Yoongi que falou entrando na casa - Cada ele?

- Na cozinha...

- Porra...! - Foi a unica coisa que saiu da boca de Yoongi quando viu o rosto, cabelo e olhos de Jeon, essr que apenas ficou parado na cadeira sem saber o que fala.

- Ele ta lindo eu sei! - Falou Jimin se aproximando deles junto a Namjoon.


.


.


.



Agora os quatro garotos estavam no quarto do Park.


- Bem... - O Kim começou a fala - vamos começa com uma historia chata, mas importante.


Ha cerca de quatrocentos anos atras duas crianças se apaixonaram. Era um amor puro sem nenhuma ma intenção. Para as crianças aquilo era normal, mas para os outros... para os outros aquilo não poderia continuar. Nunca que um vampiro, um demonio que pensa apenas em se alimentar de sangue, poderia ficar junto a uma fada das flores, um ser puro que sempre coloca os outros a sua frente.

Com medo do que poderia acontecer com bos eles resolveram fugir. E o motivo da fuga não era apenas porque o amor deles era proibido, e sim porque a fada estava gravida, gravida de um demonio.

Dela nasceria uma criança hibrida de dos seres completamente opostos. E foi isso que aconteceu. Nove messes depois essa criança nasceu.

- E o que mais? - Perguntou Jungkook curioso.

-  Eu nã ao lembro direito o resto da historia.

- Deixa que eu continou - Falou Yoongi se ajeitando na cama.


A criança nasceu e com tudo corria normal para a familia. Mas ao a criança completar seis anos, sua aparencia mudou. Os olhos mudaram de cor os cabelos perderam pigmento e em seu rosto uma marca. A criança ganhou poderes.

Alem desse casso, varios outros ocorreram, especies diferentes se cruzando fazendo com que crianças hibridas nascecem.

De acordo com as raças misturadas e a personalidade da criança, a marca no rosto variava assim como o seu poder.

E pelo que podemos vê e pelo que ja vimos vocês são drscendentes desses hibridos. Principalmente Jungkook.


- Jimin... você sabia das consequencias quando deixou que o nó se formasse ne!? E você tambem Jungkook. Ambos sabiam.- Falou Namjoon.

- Sabíamos - Falou Jimin - Bom... Agora provavelmente seremos casados por varias pessoas.

- Não tem mais como esconder os poderes e nem a aarencia, vocês fizeram questão de quebrar o feitiço. Só ta pra liberar tudo logo e então assim, caso algo aconteça vocês poderam se proteger - Falou Yoongi.

- Como é que faz para liberar o poder? - Novamente foi Jimin falando já que Jungkook era timido perto de quem não falava muito e tambem por que não sabia o que fala.



- Vocês teram que fazer um pacto de corpo e alma - Pronuciou Namjoon.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...