História Help Me (First and Second Season) - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Alexina, Christian, Collins, Crawford, Irmãos, Originais
Exibições 198
Palavras 1.345
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 38 - Are You Want?


2 meses depois

Derek, Cambridge, Sábado

Estava indo tudo bem, Alice estava fazendo os tratamentos devidos, eu e Lou estávamos indo cada dia melhor. E hoje eu tinha tomado vergonha na cara, e vou pedi-la em namoro, ah sim, Shelby, bom Shelby está ótima, parece um melãozinho, esta de três meses e meio e sua barriga cada dia aumenta, ela e Chris estão bem próximos, ele me contou que se declarou e ela falou pra irem com calma, e bem estão indo, estão felizes.

Arrumei tudo o que tinha de arrumar, minha surpresa começaria na praça, depois aqui em casa, na casa dela e por fim iríamos parar na escola.
Eu amarrei bexigas nas árvores da praça, coloquei alguns amigos pra segurar uns cartazes, e dois amigos nerds meus filmariam e transmitiriam pra mim, na minha casa, eu comprei vários espelhos os pondo espalhados na casa toda, cada um tinha uma mensagem escrito em cores diferentes de batons, na casa dela eu coloquei o colchão no chão da sala e o enfeitei com algumas pétalas de rosas pretas, fiz um caminho da porta da sala até o colchão (Só pra deixar claro que eu e George estamos moídos pois pintamos cada pétala de preto). Na escola eu combinei com a diretora e ela me liberou a sala de química, fiquei super contente, até porque era a sala que eu tinha me reconciliado com a Lou (Capítulo  pra quem não lembra) eu escrevi umas coisas la na lousa e em cada carteira (que era duas grudadas) (deveria ter umas oito carteiras) eu deixei um bilhetinho em forma de coração, depois eu iria fazer ela ir até o pátio e eu estaria lá, com um buque de rosas pretas e vermelhas.

Louise, Sexta, Cambridge

Shelby me arrastou para a praça, e eu não tava entendendo nada, chegamos lá e tinha umas bexigas amarradas nas árvores. Shelby me instruiu para estoura-las, para estourar todas.

1° "Hey amor, se chegou aqui é porque Shelby foi suficientemente instrutiva"
2° "To brincando s2"
3° "Mas então minha linda..."
4° "A gente se conhece a tão pouco tempo"
5° "E eu já te amo tanto"
6° "Meu amor por você é grandão assim ó"
7° "Tenho quase certeza que você me ama também"
8° "Tenho certeza absoluta que me ama"

As bexigas acabaram e meus olhos já estavam marejados, alguns amigos e conhecidos nossos começaram a vir em minha direção, com placas escritas em letras vermelhas.

1° "Amor quero ser seu porto seguro"
2° "O ombro pra você chorar"
3° "Quero ser o motivo do seu sorriso"
4° "Porque você é o meu!"
5° "Quero passar as dificuldades..."
6° "...e as alegrias"
7° "Junto a ti"
8° "Meu amor!"
9° "Eu te amo!"

Eu chorava e Shelby me levou para a casa de Derek, entramos lá e ela me lançou um sorriso. Olhei a minha volta, eu estava cercada de espelhos escritos com batons.

Olhei o primeiro espelho "Aeee parabéns, passou a primeira fase!"
Olhei o ao lado e li "Venha até aqui querida, o lugar em que um dia te confortei quando chorou por Evan"
O banheiro! Subi correndo para o banheiro principal e fui direto ao espelho da pia "Tenho boas lembranças daqui, espero que você também" olhei ao espelho grande atras de mim "E meu bem, eu só quero lembrar pra você não se esquecer, se Deus me desse uma chance de viver outra vez, eu só queria se tivesse você, eu te amo" enxuguei algumas lágrimas e me virei vendo um espelho colado atrás da porta "Venha até o cômodo em que ficamos entre quatro paredes" poderia ser qualquer comodo, mas com certeza seria o quarto dele. Fui até lá e os espelhos me cercavam mais ainda.
"E quando você chorar, quero poder enxugar suas lágrimas"
"E quando sorrir, quero sorrir junto"
"E eu quero que você seja meu futuro"
"Quero que seja minha mulher, quero que seja mãe de meus filhos"
"Okay, talvez eu esteja pensando muito futuramente"
"Mas eu quero!"
"Ultimamente você vem sendo a razão do meu viver"
"Não vou mentir! Adoro!"
"Que continue assim por muito tempo!"
"Agora meu amor, você vai ter que andar mais um pouquinho!"
"Va para sua casa, e veja se vai gostar do que eu fiz"

Sai correndo da casa de Derek e fui direto para a minha, abri a porta e vi as rosas pretas espalhadas no chão, andei até o meio da sala vendo o colchão com pétalas, estava tudo tão lindo e tão perfeito! Uma cartinha no meio do colchão me chamou atenção.

"Se sempre que olho nos seus olhos, você prende minha atenção, não há outro lugar onde eu vou querer estar a não ser a seu lado. É o seu jeito de sorrir que é demasiado cativante, é a sua forma de falar que me deixa encantado. Você é linda, simplesmente linda e palavras são poucas para definir o quanto.

Imagino a toda a hora você bem perto de mim e acredite que nos meus sonhos não há quem me faça mais feliz. Por isso peço, imploro que sua vontade seja ficar um pouco mais e deixar que uma história de paixão possa começar entre nós.

Deixe que o meu olhar percorra sua alma, descubra os traços cativantes da sua vida e fale tudo o que eu não consigo dizer. Dê uma chance aos meus genuínos sentimentos, pois eles só querem fazer você se sentir uma mulher verdadeiramente amada."

Caraaaalhooo ele é perfeito *-*.

Shelby entrou na casa e me levou até a escola, me acompanhou até a sala de química e me abandonou lá.
Um texto escrito no quadro branco em caneta vermelha se destacava.

"Ei querida! Já ta cansativo não ta?
Eu sei que ta! Mas relaxa viu amor? Já ta terminando, prometo.
Só queria te dizer que não posso negar o que cresce a cada dia no meu coração. Aos poucos, você se tornou para mim uma pessoa muito especial. É impossível eu deixar de pensar nos momentos que já passamos juntos, e mais difícil ainda parar de querer viver um lindo futuro ao seu lado.

Não sei se este é o momento certo, ou se isto acabará por nos afastar, mas eu preciso perguntar."

Fui em direção as carteiras vendo envelopes em formas de corações.

"Kiss me under the light of a thousand stars - Thinking Out Loud_Ed Sheeran"

"You are beautiful, like a dream come alive, incredible - Love You Like A Love Song_Selena Gomez"

"You love me for who I am - When I Look At You_Miley Cyrus"

"I'm in love with you and all these little things - Little Things_One Direction"

"Forever is a long time, but i wouldn't mind spending it by your side - I Wouldn't Mind_He Is We"

"Love will remember you - Love Will Remember_Selena Gomez"

"Came to you with a broken faith, you gave me more than a hand to hold - Take Me Home_Jess Glynne"

"You are my sunshine, my only sunshine - You Are My Sunshine_Johnny Cash"

Terminei de ler todos os corações e sequei minhas lagrimas com a manga do meu moletom, sai da sala com os corações de papeis na mão e fui até o pátio.
E la estava ele, impecável! Ele usava uma camisa social azul clara, com as mangas arregaçadas e uma calça jeans branca. Corri até onde ele estava o abraçando, os alunos do primeiro colegial nos cercaram aplaudindo.

*Louise? - Ele disse se ajoelhando - Quer namorar comigo? - Perguntou abrindo uma caixinha onde tinha duas gargantilhas pratas de um par de asas se encaixando, era linda!
*Logico meu amor - Eu disse o puxando para um beijo - Eu te amo
*Eu te amo mais - Disse me virando e pondo a correntinha em meu pescoço, fiz o mesmo com ele e ele me beijou de novo
*Eu amei a surpresa! Foi tudo tao perfeito
*E sabe o melhor? - Me perguntou e neguei - Aquele colchão que nos aguarde! - Disse e riu junto de mim
*Vamos - Eu disse o puxando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...