História Help Me - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Alexina, Christian, Collins, Crawford, Irmãos, Originais
Exibições 126
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Ooii, dsclp qualquer erro!

Capítulo 39 - Hair


Fanfic / Fanfiction Help Me - Capítulo 39 - Hair

Alice, Sexta, Cambridge

*Alice, infelizmente você vai ter que raspar seus cabelos
*O que? Não, não mesmo!
*Alice ou raspa ou os corta curtinho
*Eu vou cortar curtinho, não eu não quero cortar! Me deixem com meu cabelo!
*Alice teremos que ligar para seu pais - A doutora disse
*Não doutora, eu, eu é...
*Vou ligar - Disse saindo da sala

Anthony apertou minha mão e sussurrou em meu ouvido "Vai ficar linda de cabelo curto!"
Fechei os olhos fortemente sentindo minhas lágrimas escorrerem.

*Anth me proteja deles! Por favor? Eu não quero isso! O próximo passo vai ser arrancar meu útero e eu não quero isso! Eu quero poder ser mãe um dia!
*Se o medico fizer isso com você, arranco o pinto dele fora, relaxa
*Anthony! Eu falo sério!
*Amor, confia em mim, vamos sair dessa juntos! Fica calma, eu sempre vou te proteger, sem contar que eu acho lindo garotas de cabelo curto
*Que bom - Disse deitando minha cabeça em seu ombro

A medica chegou depois de um tempo, acompanhada de meu pai.

(...)

*Bem senhor Marino, eu vou dar algumas recomendações, antes de irem ao salão - Disse calmamente, mexendo em alguns papéis - O primeiro é bem básico, nada de muito esforço, fique deitada e não faça exercícios fiscos muito pesados, pode caminhar uma vez na semana, de preferencia acompanhada de alguém, segundo, sua menstruação não vai vir, isso é normal, mas qualquer coisa estranha é só ligar! Terceiro, falta duas semanas pra acabar as aulas, então suspenda elas, sem escola! Quarto, e muito importante pro casal - Disse apontando para mim e Anthony - Relações sexuais! Podem ter, mas manerem, isso não faz muito bem quando se tem um câncer no útero, acreditem em mim! E querido, seu nome é Anthony certo? - Ele assentiu e ela continuou - Okay, então Anthony, se controle, não vá machucar a menina, vai com calma ta? - Eu e Anthony coramos instantaneamente e meu pai me olhou feio, droga! - Quinto passo, se divirtam! - Ela disse abrindo um lindo sorriso

Saímos do consultório e entramos no carro de papai. Ele entrou e me olhou, como se tivesse pedindo uma explicação.

*Não tem nada a me dizer dona Alice?
*Não!
*Certeza? - Perguntou olhando para Anthony no banco de trás, que encolheu os ombros
*Pai!
*O que foi? Sou seu pai! Tenho direito de saber o que você faz e você foi totalmente irresponsável!
*Porque? Só porque eu transei com o MEU namorado? Pelo menos foi com ele! - Eu disse, ultimamente eu ando um pouco grossa
*Alice vamos conversar certo a hora que chegarmos em casa!
*Não temos nada pra conversar pai!
*Temos sim Alice! Assim se não tivéssemos né!?
*Pai, eu cansei disso! Pergunte logo o que quer perguntar!
*Ele te machucou?
*Oshe, como assim me machucou?
*Na hora que vocês foram la sabe? - Ele me parecia constrangido
*Não
*Querida, a hora que você perdeu sua virgindade!
*Ata, ele não me machucou não! Foi perfeito! - Eu disse meia corada e meu pai deu um sorrisinho de lado
*Pelo menos isso - Disse baixinho ligando o radio e saindo com o carro

Ele rodou a cidade até chegar no salão de cabelo, entrei me sentindo arrepiada, Anth segurou minha mão bem apertado e a beijou.
Sentei-me na cadeira vendo meus cabelos cair sobre minha pele clara, meus olhos jorravam lagrimas e meu coração se apertava cada vez mais, meu cabelo era minha vida.

Louise, Sexta, Cambridge

Meu pai estava viajando voltaria só domingo, isso quer dizer que vou realmente transar na sala de novo.

O puxei pelo colarinho da camisa, o arrastando até o colchão, ele me virou rapidamente, me derrubando no colchão, sentou sobre minhas pernas e tirou lentamente minhas calças de moletom, me sentei no colchão o beijando e desabotoando rapidamente os botões da camisa dele, ele me puxou fazendo eu sentar em seu colo, e pude sentir sua ereção em minha coxa. Apertei seu membro ainda coberto e ele gemeu alto em meu ouvido, ele tirou minha blusa de moletom e apertou meus seios cobertos pelo sutiã, desabotoei o botão de sua calça e fui a tirando, com uma certa dificuldade, até porque ela era colada. Fiquei massageando seu membro ainda coberto, enquanto ele tirava meu sutiã e chupava intercaladamente meus peitos. Tirei somente seu membro pra fora da cueca o masturbando calmamente, ele deitou a cabeça em meu ombro gemendo e apertando meus seios. Empurrei ele pra trás, o fazendo deitar, comecei a masturba-lo mais rápido, ouvindo seus gemidos roucos, cada vez me excitando mais. Seu membro pulsou na minha mão, e ele esbanjou seu liquido branco pela mesma. Ele pois as mãos no rosto e logo se levantou vindo pra cima de mim, fez uma trilha de beijos de meu pescoço até a barra de minha calcinha, a tirando com a boca. Derek abriu minhas pernas, passando seu polegar por meu clitóris me fazendo gemer, ele começou a fazer movimentos rápidos em meu clitóris me fazendo gemer alto, aquilo me matava de prazer. Continuou mexendo em meu clitóris e penetrou dois dedos em minha vagina sem avisar, me fazendo gritar de prazer. Agarrei seu pescoço o mordendo fortemente, e depois deixando um chupão no mesmo lugar, passei dois dedos por cima do chupão dando uma risada fraca, ele se posicionou entre minhas pernas e me penetrou vagarosamente e aos poucos aumentou a velocidade. Foi aumentando até chegar em seu ápice, deu mais umas três estocadas e eu me desmanchei com ele dentro de mim.
Ele deitou em cima de mim, depois tirou seu membro de dentro de mim, pegou uma coberta preta que havia em cima do sofa nos cobriu e deitou sua cabeça em meu peito, acariciei seus fios de cabelo e sua costa.

*Eu te amo namorada!
*Também te amo namorado!
*Isso é tão fofinho, sabe namorado, namorada - Ele disse com um sorriso bobo e eu apertei as bochechas dele
*Ai ti coisinha mai fofa da namolada, eu ti amo muito viu amorzin? Meu bebezaum - Eu disse com uma voz fofinha e o selei
*Awwnn amor, eu adorei seu lado meigo! - Disse e rimos
*Mas, agora é sério, eu te amo muito
*Também te amo muito viu? - Disse e ergueu a cabeça de meu peito me beijando
*Acho que seu celular ta tocando amor - Eu disse ouvindo o som do Likin Park tocando
*É mesmo - Se levantou e foi até o celular, me dando uma bela visão de sua bunda enorme e outra coisa ai, que não era diferente hahahaha

Terminou de falar no telefone, e se virou voltando pro colchão, ele me lançou um sorriso safado, me fazendo enlouquecer, deitou do meu lado beijando meu pescoço.

*Quem era?
*Geor
*O que ele queria?
*Disse que quer me contar uma coisa, mas já desconfio o que seja
*O que acha que é?
*Que ele é gay, mas isso todo mundo já sabe
*Nossa
*Pois é, mas então, assim meu amigo ainda ta bem acordado aqui e só temos que ir ver George a noite - Disse me puxando, pra ficar em cima dele - A gente podia fazer aquele negócio em que você fica se esfregando no meu pau e gemendo bem alto o que acha? - Disse apertando meus peitos
*Acho que pode ser sim viu? E mais tarde quem sabe, não tentamos algo novo - Disse me posicionando sentada em cima de seu membro sem nos conectar

Comecei a me mexer rapidamente, gemendo alto e arranhando todo o peitoral de Derek, ele ficou se contorcendo até gozar em sua barriga, sai de cima dele e lambi sua barriga.
Ouvimos batidas na porta e eu coloquei meu moletom rapidamente, prendi meu cabelo em um coque, enquanto Derek catava as pétalas e subia com o colchão, abri a porta vendo Alice com os cabelos curtos e os olhos vermelhos, acompanhada de Anthony.

*Alice! Anthony! Tudo bom?
*Sim
*Que cheiro de sexo - Anthony disse me fazendo corar e Alice rir
*Ficou linda de cabelo curto Alice!
*Obrigada! Eu vim chamar você e meu irmão pra ir lá pra casa agora porque mamãe tem uma notícia
*Claro vamos sim só vou chamar o Derek e tomar um banho


Notas Finais


Gentee leiam minha fic, Psycho Girls e deixem wpp


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...