História Help me - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais
Tags 2ne1, Bangtan Boys (bts), Hyuna, Jimin, Jin, Jungkook
Exibições 20
Palavras 668
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorei mas chegueiiiii

Capítulo 9 - Continua a mesma de sempre !!


— O que pensa que é? - Me aproximo dela lentamente como uma cobra a atacar e como um leão que está prestes a comer sua presa, mas a diferença entre eu e a cobra é que não tenho veneno suficiente para acabar com a vida dela. Ela se levanta e começa a andar para trás cada vez mais rápido, ela agora vai ter que se preparar para meu impulso, está me dando tanto gosto vê-la amedrontada, vai passa pelo que passei todos os dias quando ia pra escola. 

—  Achas que sou a mesma idiota? - ela agora vem de encontro a mim com os punhos fechados e começa a andar rápido e pesado pisando forte no chão, como se estivesse tentando me amedrontar mas a querida desta vez errou. 

—  Vc não mudou nada de antes. - ela pega em meu rosto e o alisa, cuspo em sua mão e entorto seu braço, ela chuta minha barriga, eu ando para trás, tropeço no meu próprio pé e caio no chão. 

—  Aahh atrapalhada como sempre! - ela diz em um tom irônico e com um sorriso em seu rosto, se ela acha que vou deixá-la pisar em mim, me maltratar, me bater tanto está enganada, Jeon e Jimin só observam calados com medo de interferir, os olhos de Jeon mostravam preucupação e já nos dos Jimin medo e nos dela mostrava maldade e divertimento de brincar comigo como sempre se achando a melhor, única coisa que ela é boa é em ser puta, só isso mesmo. Levanto e a empurro varias vezes até a mesma bater na parede de costas. 

—  O mundo dá voltas, por isso que agora você está tonta. - puxo o seu cabelo que parte ao meio, a cada puxão dado ela grita desesperada, ela chama por Jimin, ele tenta me segurar e eu o empurro pra trás, dou um tapa na cara dela, talvez ela mereça mais de um tapa, um murro no caso, ela está ferrada, hoje ela vai pedir socorro em silencioso porque agora toda vez que ela OLHAR pro seu rosto vai lembrar de minha mão em sua cara cínica. 

— Hoje vou descontar tudo o que você me fez passar, por todas as minhas insônias, por todos meus machucados, por todas as minhas humilhações, você vai sentir na pele como é se sentir indefesa e não ter ninguém para te defender, te mostrar como é bom ser humilhada na frentes das pessoas que você ama. - dou um murro em seu rosto forte, meus olhos começam a marejar e outra vez vejo que estou preste a lembrar do passado que eu tanto temo, não quero sofrer de novo por ela e não quero me perder em meu passado novamente. Ela coloca a mão na boca e tira vendo seu próprio sangue escorrendo pelo seu labio rosado, depois começa a chora e gritar, Jimin entra no meio e me segura como sempre a defender ela e nunca defende sua prima, acho que é assim mesmo, nunca vou ter seu amor ou respeito nem por sermos da mesma família, mas percebe que ele é igual a sua mãe e eu vou ter que aceitar isso. 

—  ME SOLTA!!!! - grito tão alto que Jeon dá um pulo da cadeira e vem em minha direção e me abraça, dizendo que está tudo bem. Ele me abraça forte me fazendo o empurrar um pouco, mas estava tão bom o abraçando, senti seu calor, ele alisa meu cabelo com carinho e deposita um beijo nele. 
—  Está tudo bem. - ele diz me levando para seu quarto, sento na cama e ele me abraça forte deixando assim as minhas lágrimas molhar sua camisa azul. 
— Pode me dizer tudo, por que não gosta dela? Por quê? .- suas palavras entram em meu ouvido e vão para meu cérebro e ele fica sem resposta, paro pra pensar sobre o que esta falando, meu corpo para de responder, meus sinais não me obedece mas não sei porque que pra ele não consigo mentir.

 


Notas Finais


Espero que tenha gostado!! Me esforcei muito e graças a minha querida prof Maru melhorei !! E estou (acho ) que me esforçando para vcs gostarem e sentirem o sentimento dela !! Ob amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...