História Help Me - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fanfic, Got7, Jin, Romance
Visualizações 20
Palavras 829
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Romance e Novela, Slash
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 4 - 3


Fanfic / Fanfiction Help Me - Capítulo 4 - 3

Seul, Coréia do Sul 2017

Na casa de Jackson, os sete amigos discutiam seriamente quem iria acordar Vitória, pois, não era uma tarefa muito fácil já que a garota mostrava um lado raivoso quando era acordada.

12:00

- Okay... quem vai?- Jackson pergunta esperando que alguém respondesse, o que foi inútil pois todos fingiram que não estavam ali. Jaebum e Mark que estavam sentados, se abaixaram para que Jackson não os visse.
Jinyoung, Yugyeom e Bambam olharam para os lados afim de fingir que não ouviram.

Jackson suspirou revirando os olhos, olhou para Youngjae que sorriu nervoso.

- Youngjae?- Jackson sorri

- Aish! Eu não quero morrer hyung!- Youngjae se ajoelhou na frente de Jackson pedindo...implorando.

- Ah, vamos lá Youngjae! Você consegue!- Jackson o ajudou a levantar o empurrando até a porta do quarto de Vitória, todos estavam atrás do mesmo curiosos e com medo de mais um dia acordando Vitória.

Deis do dia em que a conheceram, sempre souberam o seu humor ao acordar, mesmo amando a garota sempre tiveram medo de acordá-la, e isso acontecia todo dia, todo dia algum dos sete sofriam para fazer essa tarefa.

12:30

Quando finalmente Youngjae criou coragem, se virou para trás e viu os amigos todos juntos com a expressão de nervosismo estampado do rosto.

- Fighting ?- Youngjae pergunta com medo.

- Fighting !- Os seis falam em uníssono sorrindo nervosamente para Youngjae.
O garoto virou para a porta do quarto de Vitória e quando segurou a maçaneta respirou fundo.

Abriu a porta lentamente avistando Vitória dormindo abraçada a um urso de pelúcia um pouco grande que Bambam lhe deu de presente. Entrou no quarto tentando não fazer barulho, logo os outros seis vieram atrás.

Youngjae foi até a janela e abriu a cortina fazendo a luz do sol invadir o quarto, antes de se aproximar de Vitória, olhou mais uma vez para os amigos com receio.

- Fighting !- Mark susurra. Youngjae se aproximou da cama onde Vitória dormia tranquilamente.

- Vi-Vitória?- Youngjae gagueja aproximando sua mão ao ombro da garota a balançando levemente.

- Vitória?- Ele a chama mais uma vez com um tom mais alto.

- Corram.- Vitória fala com uma voz rouca sem abrir os olhos, todos ainda continuaram ali pois não tinham raciocinado direito, a garota abriu os olhos e se sentou na cama fuzilando todos ali com o olhar, e foi aí que todos perceberam, cada um correu para um canto da casa gritando com medo de Vitória.

A garota começou a gritar indo atrás de Youngjae que estava mais assustado que todos, quando o achou atrás da cortina pulou em cima do mesmo puxando os cabelos do garoto.

- Ah! Meu cabelo! Vitória! Desculpa!- Youngjae gritava enquanto Vitória puxava mais.

- De quem foi a idéia?- Vitória pergunta ainda segurando os cabelos de Youngjae.

- Do Jackson hyung! Ah!- Youngjae falou desesperado.

Do segundo andar da casa, escondido dentro do próprio closet, Jackson ouviu quando Youngjae gritou o seu nome.

- Ah meu Deus.- Jackson fala já sentindo que sua hora estava chegando, ele ouviu a porta de seu quarto sendo aberta e passos se aproximando, se encolheu mais dentro do closet.

- Jackson?- Vitória pergunta cantarolando enquanto se aproximava do closet, já sabendo que seu amigo estava lá.

- Sua viada desgraçada.- Vitória fala parando em frente ao closet, ouvindo a respiração ofegante de Jackson.

- Você deve fazer tudo...- Vitória começou segurando a maçaneta do closet.- Mas nunca! Nunca! Nunca! Mexa com meu sono!- Vitória fala parando em frente à Jackson que tinha os olhos arregalados.

Do andar de baixo apenas foi ouvido os gritos de Jackson, enquanto os outros seis riam descontroladamente.

(....)

Vitória estava saindo do banho, já vestida entrou no quarto passando a toalha nos cabelos úmidos.

- So beautiful, so beautiful...- Vitória canta mas para assim que vê Jaebum sentado em sua cama.

- Ai que susto demônio!- Vitória fala colocando a mão no peito e indo em direção ao espelho, fazendo Jaebum rir.
Enquanto Vitória continuava passando a toalha nos cabelo em frente ao espelho, Jaebum se aproxima por trás e começa a cantar mais uma vez.

- So beautiful...- A voz de Jaebum era realmente perfeita, isso era uma das coisas que Vitória mais amava no amigo.
Jaebum segurou a cintura de Vitória e a virou para si, iniciando um beijo calmo no mesmo momento, Vitória estranhou, realmente não esperava isso de Jaebum, quando se separaram Vitória o olhou sem entender nada.

- Tudo... bom?- Vitória pergunta e Jaebum sorriu sem graça.
Vitória gostava dele, um gostar mais que amizade porém nunca imaginou que Jaebum sentia o mesmo.

Ele segurou o queixo de Vitória e foi aproximando mais uma vez seus rostos, mas foram interrompidos por seis garotos caindo no chão um em cima do outro.

- Que coisa feia.- Vitória fala balançando a cabeça de um lado para o outro.

- Estraga prazeres.- Jaebum fala revirando os olhos ao ver os amigos caídos no chão.

- Ah que bonitinho vocês dois namorando!- Jackson comenta indo em direção a amiga e a abraçando de lado.

- Hey! Não estamos namorando!- Vitória fala.

- Não?- Os sete perguntam em uníssono.

              °•○● Help Me ●○•°


Notas Finais


Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...