História Help me. (Camren) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Família
Exibições 121
Palavras 1.155
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Sadomasoquismo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Voltando/ An ?


Erros ortográficos serão corrigidos depois. Boa leitura. 

 

_______¤_______¤________¤_______¤

 

Point of by Camila Cabello. 

Depois de comemos o bolo e ver a maravilhosa voz da Ally,  a baixinha tinha uma voz é tanto, tínhamos que voltar, sem meu gosto, claro, depois da pequena conversar com Lauren minha cabeça estava um pouco perdida, eu só pensava em como ia ser, único tempo mais longos com ela foi simplesmente aqui.

Entramos no carro.

Dinah levou no outro, Normani e Ally.

Eu não falei muito desde da conversa com Lauren, eu estava muito pensativa. 

Dei partida no carro seguindo Dinah.

10 minutos.

Eu tentei ligar o rádio pra acabar com àquele silêncio, minha cabeça esta pensativa novamente, mas Lauren o desligo, eu liguei novamente ela repetiu o mesmo ato de antes, tratei de ligar novamente ela desligou.

Viro minha cabeça para encara-lá, ao mesmo tempo prestando atenção na estrada. 

- Eu vou ligar o rádio novamente, certo ?-pergunto sem querer ouvir sua resposta. 

Eu o ligo novamente, ela desligar. 

- O que foi eih ?-pergunto encarado-a.

- É eu que te pergunto o que foi ?-ela diz me olhando procurando respostas. 

- Nada.-digo voltando minha atenção pra estrada. 

- Nada ? Você não falo comigo até agora-ela diz.

- É Lauren-digo olhando-a.-é nada !.  -voltando minha atenção pra rua em minha frente.

Sinto seu olhar pesa em mim, mais apenas foco a minha frente.

Eu não queria fala sobre meu desânimo de ela voltar pra àquele que se diz seu "pai", eu e sentia com raiva de mim mesmo. 

10 minutos.

Ainda estávamos naquele silêncio,  ela não falo mais nada, viro para ver Lauren, mas a mesma está com o olhar pra baixo brincando com seus dedos direita, não vejo muito seu rosto pois o cabelo cobre todo.

Eu penso por alguns instantes me virando pra frente.

Tiro minha mão direita da macha e entrelaço meus dedos na sua direita. 

Ela me olha, afastado todos os fios de seu rosto, me dando toda feição de seu rosto.

Beijo sua mão.

- Desculpa. - digo fazendo carinho com dedo.

-Tudo bem. -ela diz com leve sorriso no rosto, me tranquilizando. 

Ela realmente sabia o por quê de eu ter ficado assim.

Ficamos assim durante a volta.

Paro o carro. 

- Chegamos. -digo olhando-a.

Ela apenas encara-a a casa ao seu lado.

Ela suspirar forte.

- Certo. -diz olhando a casa. 

Descemos. 

As meninas estão do outro lado vindo em nossa direção. 

Ally abriu a porta, Normani estava  de braços junto com Dinah, entraram. 

Eu não queria entrar pelo simples motivo de quem estaria lá. 

Fiquei parada ao lado da parede da porta olhando pra rua.

- Você não vem ?-Lauren perguntar me olhando.

- Eu não quero entrar Lauren. -digo olhando em seus olhos. 

Realmente àquela cena seria ridícula, eu não aguentaria a falsidade de Michael. 

- Por favor. -ela me olhar pegando em minha mão pedido. 

A olho por alguns instantes. 

- Por favor. -ela pedi com olhar agora.

- Eu entro, mas ficarei o tempo todo em seu lado.-digo.

Ela apenas concorda.

Entramos. 

- Filhaaaas.-diz Clara que estava na sala vindo abraçar as duas.

As duas sorrir.

- Ooie mãe.-diz animada.

-Como foi o aniversário ?-pergunta sorridente. 

Ally se assenta no sofá junto com Normani. 

- Oi Camila. -diz Clara me abraçando.-Oi dona Clara.-digo abraçado-a forte.

- Oi Dinah.-Abraçando-a também.

- Sua mãe abraça muito-sussurro pra Lauren. 

Ela da uma risada baixa.

- Ela é assim mesmo.-diz.

Entrelaço meus dedos nos seus botando nossa mãos para trás para que Clara não veja.

- Hora hora se não são minhas filhas.- diz uma voz, já sabia de quem era.

Michael vinha da cozinha.

Todas nós se olhamos com certo medo, menos Ally e Clara que nada perceberam. 

Oi filha. -diz indo abraçar Normani. 

Oi Ally.-aceno com a mão. Ela faz o mesmo. 

- Ai está ela, nossa aniversariante. -diz sorridente,  vindo abraça-lá.- Muitos anos de vida filha.-Abraçando-a.-que Deus lhe proteja, é a cada dia você possa crescer como ser humano maravilhoso que você. -encerrando com o beijo em sua testa.

Falso ! Cretino ! Nojento. 

- Oi Camila, como você está ?.-diz sorridente. 

Me deu uma subida raiva de socar àquele ser em frente.

Demoro alguns segundos, até que Lauren aperta minha mão. 

- Estou bem sr. Jauregui, e o senhor ? Como está ?.-finjo sorrindo. 

- Bom, eu estou ótimo agora com meus bbs em casa. -ela diz.

Estou uma mistura de raiva com cinismo nessa cena.

- Iai ? Como foi o aniversário ?-pergunta Clara.-pergunta novamente. 

- Foi excelente mãe, e o que tenho a dizer.-diz Lauren passando o dedo por cima de minha mão ainda entrelaçada com sorriso no rosto. 

- Filha desculpa por eu não ter ido e por quê...-diz Clara tentando se explicar. 

- Tudo bem mãe,  Camila me explicou. -diz acalmando sua mãe. 

- Certo, mas comprei seu presente. -diz animada.

- Ah e ! Verdade. -diz Michael se lembrando. 

Ele correr para pega-lá, trazendo uma pequena caixa.

- o que é ?-pergunta Lauren pra Clara.

- Abre. - diz Clara. 

Lauren pega seu presente, abrindo-o.

Era um simples pulseira banhada de ouro escrito "Jesus".

- É lindo. -diz Lauren analisando. 

- Obrigado mãe. -diz Lauren sorrindo sem jeito. 

- Michael me ajudou a comprar. -diz Clara. 

- Brigada.-diz Lauren com sorriso falso que não passo despercebido. 

- Ainda bem que você voltaram, essa casa não e nada sem vocês, ainda mais pra mim, seu pai-diz com tom de brincadeira. Clara sorrir não percebendo ambiguidade usada.

Filha da puta.

- Bom...eu já vou, foi um prazer conhecer a sua família Normani, mas estamos cansadas, né Camila ?.-Diz Dinah me olhando. 

- E..-digo tentando confirma. 

- É.-diz Dinah com sorriso nos lábios. 

- Eu entendo, mas não querem uma água ou..- diz clara Dinah interrompe. 

- Não tudo bem, a gente precisamos ir mesmo, estamos exaustas. - diz Dinah. 

Eu entedia por que Dinah agiu daquela forma.

- Bem, já vamos.-diz Dinah com sorriso sem jeito. 

- Obrigado senhora Clara por ter confiado em nós, muito obrigado. -diz Dinah abraçando-o.

- Sem problemas, confio muito em Camila.-diz sorrindo simpática pra mim.

- Obrigado senhora Clara, ter sua confiança é uma honra.-digo.

Abraço as duas meninas me despido de todos passando por Lauren abraçando-a rapidamente, a mesma me olha sem entender. Dinah faz o mesmo,  mas apenas acenando pra Lauren. 

Entro no carro olhando a ultima vez para àquela casa, dando partida, já sei que ouviria muito de Dinah. Mas explicaria tudo pra Lauren. 

Point of by Lauren Jauregui. 

Eu fiquei ali, sem entender àquilo, Camila foi embora e não disse nada nem ao menos me deu tchau decente, eu realmente não falei mais nada apenas subir para o quarto com Normani com uma leve decepção na cara. 

 

______________¤_______________¤

Autora: iaii ?? Alguém lendo, creio que sim. FINALMEEENTE SAIU A MÚSICA DA CAMZ,  haha maravilhada com àquele hino. Atualizo mais rápido possível.  Até. 

- Aly.

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...