História Help Me (First and Second Season) - Capítulo 96


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Alexina, Christian, Collins, Crawford, Irmãos, Originais
Visualizações 21
Palavras 1.085
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 96 - 2 Season: 29 With My Girl


Fanfic / Fanfiction Help Me (First and Second Season) - Capítulo 96 - 2 Season: 29 With My Girl

Hope, Cambridge

Tínhamos voltado pra casa, amanhã tem aula, não podemos faltar, faltam só três meses pra tudo isso acabar.

E hoje a noite, Matthew vai vir aqui em casa ficar comigo, o que é ótimo porque eu estou morrendo de saudade dele.

Meus irmãos vão em uma balada, inclusive Emilly, eu resolvi ficar, não gosto tanto de sair.

Ah e sem contar que minha irmã tá quase pra nascer minha mãe já ta de oito meses, quero acompanhar o fim da gravidez de pertinho, é tão lindo.

Sky, Cambridge

Ponho um vestido vinho colado de veludo e um salto preto. Faço uma maquiagem extremamente forte e me despeço de meus pais e Hope.

*Abaixa esse vestido - Miles fala antes de eu entrar no carro, bufo e abaixo um pouco

(...)

Entramos la. Argh que saudades dessa energia, vou direto para o bar e peço uma dose de tequila. Miles se afasta com Emy e eu vou direto pra pista.

The club isn't the best place to find a lover

So the bar is where I go

Me and my friends at the table doing shots

Drinking fast and then we talk slow

Come over and start up a conversation with just me

And trust me I'll give it a chance now

Take my hand, stop, put Van the Man on the jukebox

And then we start to dance, and now I'm singing like

Sinto mãos em minha cintura e me viro vendo um garoto, que M-E-O-D-E-U-S o que era aquilo? Ele era lindo de mais, não dava pra ver ao certo mais me parecia ter heterocromia (cada olho de uma cor), seus olhos azul e verde eram incríveis. Comecei a me balançar no ritimo da musica.

Girl, you know I want your love

Your love was handmade for somebody like me

Come on now, follow my lead

I may be crazy, don't mind me

Ele enrosca seus dedos em meus fios de cabelo na nuca e me beija.

Say, boy, let's not talk too much

Grab on my waist and put that body on me

Come on now, follow my lead

Come, come on now, follow my lead

Ele se afasta e sorri, que sorriso.

I'm in love with the shape of you

We push and pull like a magnet do

Although my heart is falling too

I'm in love with your body

Começamos a cantar juntos, ou melhor, gritar, enquanto pulavamos igual loucos no meio do povo.

Okay, talvez eu goste de garotos, e de garotas também, meu Deus o que eu faço? Bom, eu não tenho nada com a Rose, depois a gente vê isso né?

Agarro em seu pescoço o beijando.

*Quer subir bebê? - Fala no pé de meu ouvido

*Bebê? - Olho pra ele

*Ah - Damos risada - Gata? - Ele fala e eu gargalho

*É melhor não falar nada - Falo

*Então tá bom, vou ficar quietinho - Fala novamente no pé de meu ouvido me fazendo arrepiar

Ficamos dançando colados até começar uma música lenta e resolvemos ir no bar.

*Ahn quero uma dose de vodka - Falo

*Uma de whisky - Fala

*Então, qual seu nome? - Perguntei

*Brayan e o seu?

*Sky

*Lindo nome - Fala sorrindo

*Igualmente - Sorrio

*Tá afim de ir pra um lugar mais reservado? - Põe um sorriso malicioso nos lábios

*Não sei, me diz você - Me aproximo de seu rosto e ele põe a mão na minha coxa

*Vamo? - Morde meu lábio

*Vou avisar meu irmão - Puxo ele pela mão e sinto meu corpo todo se arrepiar, ele também deve ter sentido, pois soltamos as mãos no mesmo momento

Avisto Miles dançando com Emilly e me aproximo.

*Vou embora, chego em casa de madrugada - Falo

*Vai pra onde? - Pergunta sem me olhar

*Não sei também - Sorrio

*Ah não Sky, não vai ir na casa de nenhum garoto! - Ele me olha bravo

*Relaxa irmãozinho - Beijo sua bochecha e saio rápido de la

*Pronto? - Brayan pergunta

*Sim - Sorrio e acompanho ele la pra fora

Olho em volta e está lotado de fãs la fora, os seguranças formam uma barreira tentando me proteger e também proteger Brayan. Conseguimos entrar no carro dele com bastante sufoco, mas entramos.

*O que foi aquilo? - Me olha incrédulo

*Sou youtuber - Sorrio forçado

*Entendi, que susto - Põe a mão no peito

(...)

Estaciona o carro em um condomínio em frente a uma casa branca igual todas as outras de la.

Ele abriu a porta pra mim descer e eu sorri gentilmente pra ele. Entramos na casa que era muito bonita por sinal, ele me deixou na sala e entrou em uma porta.

*Vinho? - Pergunta com a garrafa e duas taças na mão

*Aceito - Falo e ele se senta ao meu lado nos servindo

*E então, quantos anos você tem? - Pergunta

*Tenho 16 e você?

*Tenho 19 - Sorri

*Faz faculdade?

*To fazendo, eu faço medicina

*Olhaa temos um doutor aqui então - Falo e ele sorri

*Um futuro cirurgião neurologista

*Eita, espero que salve muitas vidas

*É, eu também - Da risada - E você, o que pretende fazer?

*Provavelmente vou fazer faculdade de áudio visual

*É bem legal

*Sim, eu gosto bastante

*Mas agora, sem querer ser idiota - Da risada - Quer brincar de médico? - Gargalho com ele e sento em seu colo

*Você é um palhaço - Falo e ele sorri

*Tenho meus dons - Morde meu lábio

(...)

Me jogo ao seu lado na cama ofegante.

*Foi bom - Quebro o silêncio

*Muito bom - Fala e eu sorrio

*Eu preciso ir - Me levanto enrolada no lençol procurando minhas roupas

*Já vai? - Pergunta

*Preciso ir

*Quer que eu te leve? - Pergunta se trocando

*Não precisa, pode dormir, eu pego um táxi - Falo pondo o vestido com certa dificuldade já que não passava por meus peitos

*Que ajuda?

*Não precisa - Forço o vestido e ele não desce

*Vem aqui - Vou até ele e ele me ajuda a abaixar o vestido

*Obrigada

*Vamos - Pega a chave do carro

*Não precisa - Falo indo em direção a porta

*Faço questão - Segura minha cintura

*Até a pracinha e la eu pego um táxi

*Tudo bem - Bufa e descemos as escadas

Entramos no carro e rapidamente chegamos na pracinha.

*Espero te ver novamente - Ele fala

*Digo o mesmo - Falo e ele desce do carro comigo indo até os taxistas

Ele abre a porta pra mim e antes de eu entrar ele me puxa a me beija me deixando sem fôlego.

Entro no carro e ele vai até o motorista.

*Toma cuidado com a minha garota - Fala pro motorista e lhe dá dinheiro - Sua corrida já está paga - Fala e pisca pra mim

Ele é maravilhoso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...