História Help Me In This Secret - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Longfic, Menção Jihope, Najuzinha, Secundarionamjin, Secundarioyoonmin, Taekook, Vkook
Visualizações 466
Palavras 1.104
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro: OBRIGADA AOS FAVORITOS E COMENTÁRIOS, seus e suas fofuras <3 <3 <3



Segundo: Tive que postar, desculpem me o desespero de vocês!

Para Quem gosta né... recompensando com Yoonmin.

Capítulo 20 - Aproveitando um pouquinho.


Fanfic / Fanfiction Help Me In This Secret - Capítulo 20 - Aproveitando um pouquinho.

[Na casa dos Park's]

 

-Mas como assim vocês terminaram? - Jimin andava de um lado para o outro no tapete de sua sala. O que estava acontecendo com o Taehyung? Será que... não pode ser, será?

-Pois é, Hyung. T-TaeTae terminou comigo... Por ciúmes! Ciúmes idiota, Jiminie! Eu não acredito, ainda, eu 'tô tão triste. - Jungkook estava transtornado do outro lado da ligação. Sua mãe nunca o vira tão acabado em tão pouquíssimo tempo, ou seja, um dia, e já estava se preocupando. - E-Ele exagerou, hyung. - Fungou uma, duas vezes. - E o pior: ele acha que eu estava apenas querendo foder... Aigoo, olha, isso soa muito errado para mim. 

-Eu não estava entendendo nada. Mas acho que faz sentido agora. 

-Sentido? Qual? Vai falar que eu fui o errado? - Murmurou indignado; era só o que faltava!

-Não, olha. Me entenda, eu não tenho permissão para te contar. Vou tentar te ajudar, okay? - Se cansou e sentou no chão frio, enquanto Yoongi o abraçava por trás, e beijava sua nuca.

-Ele não quer falar nem com minha mãe, o que te garante que ele falará contigo? - Jungkook retrucou, mais calmo.

-Ele 'ta muito radi... Yoongi, para! - Sorrateiramente, a mão do mais velho se encontrava entre as coxas do Park, apalpando e se deliciando sem pudor com o local. - Yoongi!!!!

-Ah meu Deus! O Suga está aí? D-Desculpa, hyung, eu não queria atrapalhar vocês... Me perdoa, tchau! - Pi...Pii...Pi...

-Oh, desligou na minha cara! Filho da mãe!

-Ah, que bom que desligou, não é? 

-Yoongi, não seja insensível. O Tae terminou com o Kookie por causa de bobeira, e o garoto 'tá chorando muito. Ontem eu liguei para o Kim e ele não me retornou... agora faz sentido. - Jimin virou de frente para o tal, e colocou-se em seu colo. - Vamos conversar com ele, 'ta bem, hyung. Acho que aquele medo besta voltou.

-Agora você que é o insensível. Ele ficou traumatizado, ué. Mas, vamos. - O mais velho fez menção de levantar, no entanto, retornou a mesma posição. - Mas seria errado demais curtir um pouco antes? Só um pouquinho, Jimin? Por favor! - O Min beijou o pescoço alheio, deixando pequenas mordidinhas. - Hum? - Fez manha.

-Nem parece você, ein? Seus amigos não e-estão sempre em p-primeiro lu...aiii hyung! - Jimin não resistiu em gemer baixinho quando sua bunda foi segurada com firmeza e teve que enlaçar seus pés ao redor da cintura fininha para não cair.

Yoongi se levantou com um pouco de dificuldade, causando risada no - relativamente - mais baixo. Inclinou até alcançar a clavicula um pouco exposta, beijando e marcando. 

-Que linda essa marquinha, Hyung. - O Park olhou ao redor e quase estapeou o garoto mais velho. - Não, espera. Hyung! Aqui é o quarto dos meus pais, você 'tá louco? 

-Aaah, o que tem? - Yoong perguntou retirando a própria blusa e a sua também. Park corou por isso; sua pele ali exposta, um arrepio indo de sua espinha, sua nuca. Os pelos eriçaram e ele sabia que não era apenas frio repentino.

-Hyung, aqui não! - Levantou e puxou a mão fria do mais velho até seu quarto. Pelo rabo do olho, via suas costas e quadril serem secados sem qualquer resquícios de vergonha. Parou no meio do caminho e olhou incrédulo para o garoto. 

-O que? Saiba você que esse meu moletom fica muito sexy em você.

-Você é um idiota, hyung.

-Te deixei vermelhinho? Awn, que fofo. Meu Jiminie vermelhinho, sorrindo tão fofo. 

-Aish, para hyung! Eu não estou sorrindo. - Na verdade, ele não sorria pouco, porque seus lábios cheinhos estavam rasgando sua cara e, bem no fundo, estava meio mal por estar assim, mesmo que seus dois amigos estejam sofrendo tanto. Mas, se para pensar, eles tinham total culpa naquilo e teriam que resolver sozinhos. Os dois pombinhos mais velhos dariam apenas um empurrãozinho mínimo. O amor dos dois era óbvio, então, não gastariam tanta energia para reconciliá-los. 

Bom, foi o que pensou. 

Pensou pouco, porque suas costas atingiram o colchão e, a partir daí, não lembrou-se de mais nada, a não ser um Yoongi descendo a calça jeans clara e chamando seu nome. Que visão pecaminosa, que pecado, que delícia! Mordeu os lábios e o puxou para perto, afinal, aqueles lábios fininhos precisavam dos seus, tão grossinhos. Encaixe perfeito.

Como não percebera antes? 

O beijo se intensificou e Jimin sentia os quadris se chocarem de acordo com a necessidade a qual lhes invadia. Gemeu em deleite, quando Yoongi segurou sua cintura e investiu contra si. Mesmo de roupas, aquilo fora tão prazeroso para si, que não pode se aguentar. 

Naquele momento, os dois perceberam que não poderiam ficar apenas naquilo.

-Eu quero você, hyung. Por favor.

-Oh, Jimin. Eu já sou seu. 

-Então seja por inteiro, vem. 

Yoongi não precisava responder, já havia entendido o que ele queria. Apenas se deixou levar pelos desejos mútuos e se entregou como nunca antes. Havia sentimentos e, diferente do que pensara, não vinha apenas do seu lado. Não parecia amor, mas era tão bom quanto. 

A cada toque mais intenso, seja das mãos do mais novo, seja da boca do mesmo, sua pele queimava em resposta. E sabia que a cada estocada no interior quentinho, e cada gemido seu, fazia o menino gemer junto, com vontade. Era natural. 

 

 ~x~

 

-Me fala se eu eu não sou melhor que aquela criança que nem saiu das fraldas ainda. 

-Cala a boca, Yoongi. - Jimin riu e estapeou o hyung. - Eu não sei, não provei para ver. -

-Ha ha. E nem vai. - Abraçou o menino bem forte e sorriu pequeno. - Você sabe que eu sou o melhor.

-É claro que é, eu só estava brincando com você, hyung. Vai dar um de Taehyung agora? Like a ciumento? - Park sorriu em resposta, traçando com os dedos gordinhos o rosto tão belo do mais velho.

-Não. Aqueles dois são maníacos do ciúmes. Eu não sinto isso. 

-Sei... Então vou lá, né, visitar o Jungkookie, tadinho. Ele 'tá tão triste! - Fingiu se levantar e se vestir, no entanto, como esperava, seu pulso foi segurado.

-Nem pense, Jimin.

-Fofo! Você achou mesmo que eu ia?

-Não, só estava garantindo. 

-Eu quero dormir no seu colinho, apenas, para sempre. - Se aconchegou no peito do mais velho.

-Então, gente, achei minha alma-gêmea. - Yoongi sorriu, vendo seu menino corar. - Ih, ficou todo vermelhinho de novo.

-Aigoo, vai se fuder!

-Oh! Respeita seu hyung! - Deu um tapa leve na bunda do mais novo e o abraçou em forma de conchinha.

-Vai se foder, de novo!


Notas Finais


Meio lemon, oops.
Mas é que né... a fanfic é Taekook, Yoonmin é um casal secundário. Todavia, entretanto, Porém, Mas... fiquei com pena de vocês. Perdoem a titia aqui, pois nao consegui fazer um lemon completo.

O Tae tem um motivo por ter surtado assim e ele será revelado nos próximos capítulos (jura, Naju? -juro) Porém, se caso vocês forem curiosas demais para esperar, saiba que o motivo ta ai perdido por entrelinhas bem acentuadas na fanfic. É só procurar direitinho.

Creio eu que o próximo vai demorar, então, já peço desculpa.

Uma perguntinha aqui: Preferem um capitulo grande, tipo mais de 4k de palavras, ou dois de 2k? (Suposição, porque eu sei que vai ficar muito maior. Mas tenho medo de ficar maçante)
Podem responder?

Euzinha preciso de vocês, afinal, faço essa história por vocês, meus amores. <3
ate mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...