História Help-me jeon? - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~jimin_ismochi

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Acidente, Carro, Frio, Gelo, Jungkook, Kook, Ligação, Logo, Taehyung, Vkook
Visualizações 38
Palavras 1.337
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A menina posta altas coisas mas atualizar as fics dela que é bom nada,uhuul,palmas.

Bom,aqui estou eu com essa shot que fiz com Jimin_ismochi,a idéia foi totalmente dela na verdade,eu só dei aquela ajuda dlc.(Nós escrevemos tudo no improviso,estou emocionada)

Espero que gostem,E NÃO NOS MATEM.

Só Love S2 e desculpe.

Capítulo 1 - [Chamada Encerrada]


Fanfic / Fanfiction Help-me jeon? - Capítulo 1 - [Chamada Encerrada]

-Kookie?.

-Diga taetae.

-Eu preciso de ajuda.

-O que aconteceu?.

-Estou com muito medo kookie-ah​.

-Tae, me explica o que está acontecendo.

-Estou com medo gukkie. - O acastanhado se desesperou nesse momento, ouvir a voz do seu amado com uma tonalidade chorosa enquanto clamava por ajuda do outro lado da linha, oh céus, era como enfiar facas no peito do moreno.Um nó se formou em sua garganta, merda o que estava acontecendo com seu taetae?

-Amor me explica o que aconteceu,e onde você está,que eu já estou indo.

-Gukkie está frio,está muito frio.

-Onde você está?. - Perguntou mais uma vez, pacientemente aguardando uma resposta concreta do outro.

-Dentro do carro,Gukkie,estou dentro do carro.

-E onde está o carro?.

-Está na água jungkookie,está na água.

A voz afoita do namorado vez o coração de Jungkook saltitar,como assim o carro estava na água e taehyung dentro dele? Era logicamente impossível.

-Como assim na água taehyung?.

-Tem gelo Jungkook,gelo.

-Onde você tá,me diz onde você está taehyung!

-Água,água,carro na água,muito frio jeon,me ajuda.

-Água,água...A ponte!,você está no rio da ponte?.

-Água gelada,o carro caiu,frio,muito frio.

-Eu estou a caminho não desliga,não desliga tae!.

-N-Não jeon estou no lago,no lago,me ajuda,por favor,esta doendo.

Percebeu que a voz do garoto ficava cada vez mais baixa,como se estivesse perdendo a consciência,isso apenas desesperou ainda mais o garoto,afoito pegou as chaves do próprio carro e saiu correndo até a garagem.

-Tae você está ferido!?não para de falar tae,continua falando por favor.

-Não sei,não sei,está frio kook,isso doi.

-Taetae verifica seu corpo .

O garoto olhou pro próprio corpo,não encontrou nada.

-Nao a nada,não a nada.

Olhou de novo e viu o líquido vermelho na parte direita das costas.

-Sangue,sangue,na água,sangue na água.

-Tae o que você está vestido?.

-Uma calça,um casaco,e uma blusa.

-Tire o casaco e pressione na ferida tae,não deixe o sangue congelar.Eu estou chegando meu amor aguente mais um pouco.

-J-jungkoo-ook.

Os lábios do castanho tremiam e seu corpo se debatia,conseguia sentir o frio até nos ossos.

-jungkookie.

-Tae acione as luzes vermelhas do carro.

-E-eu n-ao sei...G-gukkie.Eu..eu.

-Você o que!?.

-Não dá,não dá,jeon.

-Tae,faz oq eu tô te dizendo.

-Não dá.

-por que não dá?.

-Eu...eu..eu não consigo me mexer.

-Acione a luzes tae,eu não vou te ver nessa escuridão.

-N-não,po-sso,eu na-não vejo onde,eu não sei,onde,eu não sei onde,Kook me aju-ajuda.

-Tem três lagos,merda!. - Gruniu ao ver o sinal do GPS indicar três lagos naquela região que o castanho estava,é agora,como vai saber qual é o lago certo?.

-Tae,se acalma,em que lago você está?.

-Eu,não lembro,e-eu não lembro jeon.

-Certo,certo,mantenha a sua respiração calma,isso,me dê um ponto de referência para que eu possa te encontrar.

-Gelado,muito g-gelado.

-Amor,esqueça o frio,ignore-o,agora presta atenção só na minha voz.

-hm...

-O que você vê?.

-A-água,ferro,ge-gelo,sangue na água,escuro muito escuro,eu não g-osto do escuro.

-O que mais?procure melhor.

-Me ajude,eu não sinto,eu não sinto minhas...

-Querido por favor,me escuta,me ajuda á ti ajudar,agora,feche os olhos.

-Ok... - O castanho mesmo com todas as funções do corpo em total colapso fez o que seu namorado mandava.

-Inspire,expire,faça isso até se acalmar...isso,abra os olhos.

-Abri...

-O que você vê tae?.

-Nada,n-não dá pra ver nada.Gukkie...

-Diga,diga.

-A bateria.

-Que bateria?.

-A bateria do celular está acabando...

-O carregador do carro amor,usa ele. - O moreno pediu já com os olhos marejados .

-So fu-funciona com o carro em movimento.

-merda.

-Jeon eu estou com medo,eu não sinto meu corpo.

-Amor, tenta ligar a luz por favor, tae,por mim.

O acastanhado arfou e tentou ao máximo alcançar o botão vermelho, e ele conseguiu ativou o alarme e a luz vermelha se acionou. -Liguei Gukkie.

-Muito bem meu amor,agora mantenha os olhos abertos,não os feche por nada tae.

-gukkie água, tem água nos meus pés.

O que? Como assim água nos pés?,se taehyung estava jogando um joguinho com o psicológico de Jungkook estava conseguindo.Foi aí que o moreno lembrou, taehyung havia ativado o alarme de emergência,o carro automaticamente funcionária e as ferragens se aqueceram, assim derretendo o gelo das entradas. -Meu amor aguenta firme, por favor tae você não pode me deixar. - Aquilo foi mais pra si do que pro namorado, jeon sabia que sem aquele sorriso quadrado, sem aquele jeitão de criança que animava seus dias não conseguiria sobreviver. -Tae tira os pés da água,só vai piorar a hipotermia.

-Eu não posso,posso.

-Por que não?.

-Eu não consigo,eu não consigo jeon.

-Tae por favor,seja específico eu não consigo me manter calmo quando você não está calmo!,entende,por favor me diga por que não consegue?.

-E-eu não sinto minhas pernas.

Agora foi a vez de Jungkook quase capotar o carro que dirigia,a partir daí seu desespero só aumentou,ele iria encontrar o seu amado,custe o que custasse.

Ainda na linha com o namorado jeon acionou a polícia, a ambulância e o resgate.Sozinho ele não conseguiria tirar o kim dali,se possível chamaria até a união soviética para vir resgatar o castanho,não queria perde-lo,não iria perde-lo,não podeia o perder....

Se já estava desesperado em um nível alarmante a situação só piorou quando carro sinalizou que a gasolina estava no fim,teria que continuar o resto da busca a pé no meio da noite.

Se xingou inúmera vezes enquanto descia do carro por ser tão burro a ponto de deixar pra abastecer o veículo na última hora

-Desculpe Gukkie,desculpe. - Disse com uma voz de choro.

-Pelo que meu amor?. - De quem queria esconder?estava em prantos também.

-Desculpe por não estar presente no dia da sua tão sonhada formatura.

-Amor pare com isso...

-Por não poder casar com você e construir uma família como você tanto me pediu.

Estava muito agoniado,estava sofrendo,chorava sem parar,começou a correr no meio da estrada quase fechada por conta das árvores,uma mão segurava firme o celular como se sua vida dependesse disso e com a outra guiava a luz emitida pela lanterna que pegou do porta luvas,fazia frio,muito frio,imagina como o Kim deve está agora,o coração doeu apenas por pensar no sofrimento do amado. -Tae,se isso for uma espécie de despedida pode calar a porra da boca agora,você não vai morrer,tá me ouvindo!?,você não vai!.

-Nao da kook.

As lágrimas deixavam sua visão embaçada mas mesmo assim não parou de correr em nenhum momento.

-7% de bateria amor,eu te amo gukkie-ah, com todas as minhas forças, eu quero que você seja feliz.Me desculpe por não estar do seu lado quando seu diploma chegar, nem quando seu apartamento estiver pronto,e não poder concluir os nossos sonhos de um futuro juntos.

-Não vai acabar assim tae,não pode acabar assim...

-Me perdoe...por..por

-TAEHYUNG NAO FECHE OS OLHOS!.

-Por não...está com você,q-quando,sua irmã morreu....

-Você não pode amor,eu entendo,eu entendo,isso é passado,o que importa é o agora,o que importa pra mim e você...

-Me desculpe por ter sido egoísta em te deixar agora,m-mas eu preciso ir gukkie,nao agu-aguento mais, sinto cada p-pe-pedacinho do meu corpo congelar.Eu te amo, amo muito, me desculpe mais uma vez.- O acastanhado fungou, viu a luz vermelha piscando e soltou um suspiro sofrido. -Queria tanto te dar um último beijo agora.

-Tae,o que eu vou fazer sem você?...

-O que você sempre fez... - Deu uma pausa por conta do soluço repentino. -...Continuar seguindo seus sonhos...

-Mas tae,o meu maior sonho já foi realizado,tae meu sonho é você...

-G-gukkie...

-Não podem tira-lo e mim.

-Acredite não quero tirar de você,mas eu não consigo meu amor, me desculpe.

-Aguente mais um pouco por favor,por você,por nós,aguente por mim tae,por mim...

-Está tudo congelando kook. - Falou observando uma camada de gelo cristalizar o painel rachado do carro.

-Você prometeu,que sempre faria de tudo por mim...

-Eu estou morrendo,eu estou t-tentando,esto-u t-tentando,por você, por você apenas por você.

Escutou uma sirene vinda e longe. -Tae o ajuda está chegando,você vai se salvar,você vai...

-Você me ama Jungkook?.

-Amo,claro que amo,amo tanto que chega a doer,você não tem ideia,se eu te perder agora,eu perco meu coração tae,você é tudo pra mim,e tudo o que eu tenho,e tudo que eu ainda quero ter.

-Eu também te a-amo kookie,tenha em m-mente que eu lutei por você até o fim mas chegou a h-ho-hora,eu preciso ir Gukkie.

-Tae não desiste. - O moreno chega em mais um dos lagos,uma bolinha vermelha e vista no meio do gelo como uma espécie de rajada de luz,era ali,ele está lá. -Tatae eu te achei, vou te tirar daí, o resgate já está aqui meu amor

-Kookie eu não consigo mais.

-Só mais um pouco amor... - A sirene se fez presente e aquelas cenas de filmes americanos se pôs em prática, vários homens de um lado pro outro caminhando estrategicamente sobre o gelo quebradiço em uma única tentativa de salvar uma vida.

-Eu...te..amo...Je-jeon Jungkook,não...não se esqueça de mim...


...Tu...Tu...Tu...


[Chamada encerrada]


Notas Finais


Nada a declarar.
Espero que tenham gostado S2.

Sorry.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...