História Hemophobia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 18
Palavras 675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey hey...
Tudo bom com vocês?

Bem para dizsr a verdade essa fanfic não era para ser postada ainda. Mas ela veio numa ocasião para festejar um acontecimento especial com uma pessoa importante

Minha melhor amiga Juh (JuJuba_Real)

Temos uma campanha de comemoração

#JuJubaForEver



Ah, e claro um agradecimento especial à minha divisa e talentosa amiga Lenny (TheLittleKitty) a criadora da capa desaa fic (assim como de quase todas minhas fics ><)
Obrigada amiga 💞💞💞



Elenco:


Amanda Steele como Amanda Steele
Sage Tullis como Willow Schmidt

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Hemophobia - Capítulo 1 - Prólogo

Amanda Steele

Era uma noite chuvosa de Inverno em Chicago e eu ainda me encontrava na rua em plena meia-noite. Não que isso tivesse algum problema, porque na real eu costumava madrugar... mas numa noite desagradável como essa não se justifica eu ainda andar na rua. Eu podia dizer que A culpa é das estrelas, mas não é altura para piadas sem graça nenhuma. Aliás, não se vê uma única estrela no céu cor do breu. A estação do metro em que eu saí estava vazia, e talvez... só talvez um pouco assustadora, já me levando a desejar ter aceite o concelho de Ariana e ficado a dormir em casa dela.

- Deixe de mariquices, Mey! - falei para comigo mesma tentando me manter tranquila. - Você já fez esse trajeto a horas muito mais tarde. Porque hoje haveria de ser diferente?

Fechei meu casaco até o cimo e coloquei o capuz entrando na tempestade do lado de fora da estação. Minha corrida até o prédio onde eu morava fora a maior prova de esforço que eu alguma vez fizera, já que desde o término da Faculdade que eu não praticava minha amada Ginástica Acrobática.

Olhei a tela do meu celular quando entrei no prédio e constatei que ainda ia a tempo de ver "Pretty Little Liars" antes de a vontade de dormir, chegar. Mas antes claro um bom banho quente e umas pipocas. Retirei a chave do bolso do casaco e rodei a mesma abrindo a fechadura e entrando na casa quentinha e confortável. Despi meu casaco e o coloquei no mancebo preto, pousando as chaves e o celular na mesinha da entrada e me dirigindo para a sala.

- Mas... o que? - murmurei ao ver que as luzes da divisão estavam ligadas. - Eu passei o dia fora... como poderia ter ligado?

- E não ligou... Fui eu. - uma voz feminina falou e eu automaticamente me virei com o coração aos pulos.

Era uma mulher, com mais ou menos vinte e cinco anos, a minha idade, possuía os cabelos lisos e brancos, uns lábios rosados e carnydos e um olhar acinzentado, completamente entediado.

- Sage Tullis?! - balbuciei ao reconhecer a youtuber de moda que desapareceu à cerca de sete anos atrás.

A albina riu sem humor e bebeu um pouco da taça de vinho que tinha na mão. Ela traçou a perna e inclinou ligeiramente a cabeça.

- Pois... esse nome que fiquei conhecida. - ela comentou e afastou a o cabelo do rosto. - Prefiro Willow Schmidt.

A cada minuto que passava eu me sentia pior e mais assustada com aquela visita inesperada. Essa não se parecia nada com a Sage Tullis que eu assistia para melhorar meu visual. Parece uma pessoa fria e cruel.

- Bom, mas não é para apresentações que aqui estamos. - ela terminou de beber o conteúdo da taça e pousou a mesma na mesinha de centro. - Preciso que me acompanhe, Senhorita Steele.

- Aonde exatamente? - pedi sentindo o suor frio me escorrer pela testa.

- Isso não é da sua conta. - ela contrapôs rude. - Agora pegue um casaco e vamos embora.

Quando ela se levantou e ficou distraída eu preguei uma rasteira nela como havia aprendido nas aulas de defesa pessoal. Corri para a entrada e peguei meus pertences, mas quando toquei na porta uma bala a furou muito próximo do meu rosto. Nenhum som saiu da minha boca quando me virei para a frente e senti o revólver frio colado na minha testa.

- Eu não queria fazer isso dessa maneira, mas você não me deu escolha. - ela baixou o revólver e se afastou. - Não se preocupe... seu pai irá te salvar. Ele é o Prefeito dos Estados Unidos, correto?

A porta atrás de mim se abriu e eu fui agarrada com força. Tentei escapar me debatendo com todas as minhas forças, mas sem sucesso algum. Senti um cheiro esquisito quando um pano cobriu minha boca e meu nariz e, a última coisa que vi antes de perder os sentidos foi o rosto de Willow Schmidt.

A mandante dos meus sequestradores.


Notas Finais


E então?
Gostaram desse começo?
Ficou bom? Ruim?


Me digam... kkkk

Beijooosss 💞


Não se esqueçam da campanha
#JuJubaForEver





Perfis recomendados:
@JuJuba_Real @TheLittleKitty


Fanfics recomendadas:

https://spiritfanfics.com/historia/beware-of-your-thoughts--harem-inverso-9658334

https://spiritfanfics.com/historia/noivo-de-aluguel-9918836


By JuJuba_Real



https://spiritfanfics.com/historia/my-badboy-9793080

By TheLittleKitty


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...