História Hentai alguma coisa . - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Larissa Manoela
Tags Cartoons, Ficção, Hentai, Heterossexualidade, Novelas, Series
Exibições 40
Palavras 1.765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente ultimo episodio de joela enfim grato a quem acompanhou até aqui, quem gosta de verdade, acompanhará todos os capitulos e inlusive tentarei fazer histórias com uma escrita melhor e com capitulos longos até porque meus capitulos são muitos curtos.

Capítulo 6 - 1x5 - joela parte 5 - o plano entra em ação


Manu: 

- isa, eu estou muito anciosa o que eu faço? - pergunta a gêmea mordendo as unhas de tanta ansiedade.

- relaxa, você só vai atrás do seu amor verdadeiro como diz a dóris.- fala a garota  parando de copiar no caderno e guardando o mesmo. 

- e se não der certo?- fala a menina tirando a mão da boca e se sentando na cadeira da penteadeira.

- relaxa, vai dar tudo certo é só você ficar...............

- arrogante e rebelde- fala a garota virando-se para a irmã e interrompendo a mesma, que se senta e observa a irmã terminar de opinar.

- isso muito bem, perai você me chamou do que ? - fala a gêmea rebelde  com um olhar de raiva.

- desculpinha - fala a garota que corre da irmã que pega um travesseiro e bate nas costas da irmã que para de correr e se senta na cama enquanto observa a irmã se locomover e dizer.

- vou lhe amostrar o  lado rebelde das minhas mãos. - isabela começa fazer cocegas na irmã que só faz gargalhar de tanta cocegas.

Enquanto isso na casa dos vaz:

Joaquim está pensativo enquanto se levanta da cama, tranca a porta do quarto e se locomove até o banheiro para começar a se aprontar para ir ao encontro com isabela. 

O rapaz ao  chegar na porta do banheiro entra e tira a sua roupa e caminha até o  box onde fecha a porta e   começa a se banhar.

Durante o seu banho joaquim se lembra do sonho que teve com a isabela e sente algo crescer entre suas pernas. Ao conferir...

- puta que pariu e agora se eu sair do  banheiro  assim vão suspeitar que eu descabelo o palhaço e eu não quero passar esta impressão para a júlia e o felipe senão eles vão zombar bastante desta situação me chamar de punheteiro e as porras, já sei se eu fazer uma vez eu não vou morrer. 

Joaquim desliga o chuveiro e senta-se no chão ali ele pensa na continuação do seu sonho, quanto mais a coisa ia ficando picante mais rápido ficava os movimentos de vai e vem que joaquim realizava, alguns minutos depois joaquim acabará de gozar. 

O chão havia ficado sujo e joaquim estava com medo de cair no chão pois aquilo na puberdade também é sinal de masturbação. 

- mais que porra viu- fala o garoto enquanto levanta-se e limpa a sujeira que acabará de produzir, logo em seguida indo ao banheiro e terminar o seu banho.

Voltando as gêmeas:

 Manu e isa se sentam na cama cansadas de terem produzido muita zoação.  

- nossa depois desta eu estou morta. 

- nem me fale.- a gêmea rebelde estende o braço e olha no rélogio 19:45. 

- vish manuela vai se banhar agora- fala a garota quase batendo a cabeça no teto pela altura do pulo que acabou de realizar. 

- por que? - a garota se levanta e fica na frente da irmã. que retribui olhando para a cara da mesma. 

-  por que minha irmã seu crush não vai gostar de saber que eu estou atrasada, então levanta a bunda dai e vai pro banheiro já.

- isa eu já estou em pé. 

A irmã se vira.- tá esperando o que para ir pro banheiro?. 

- isa eu to atrás de você e eu iria pro banheiro agora.

- manuela vá logo pro banheiro, vai vai vai. - isa empurra a irmã para fora do quarto e  tranca a porta impedindo a entrada e saida de sua irmã, e dela mesma que abre a porta do guarda roupa a procura de algo estiloso para manuela usar.

Voltando aos vaz: 

- será que ela vai demorar?- o loiro olha nos dois lados e senta-se, enquanto observa os segundos se passarem, durante a espera o garoto recebe uma mensagem de isabela.

" foi mal mais eu chegarei um pouco mais tarde , por volta de 20:30. Bjs até breve.( isabela).

Voltando as gêmeas:

- isa, não sei se isso dará certo.- fala a gêmea enquanto retocava a maquiagem. 

- vai dar rela a só vai pra cima ok.- as gêmeas caminham até a saída e manuela vai para a cidade.

Rebeca que estava na porta prestes a sair, vê a filha sair e sente um lágrima de emoção cair do seu rosto.

 - como elas crescem rápido.- fala  a mulher enquanto fechava a porta devagar para não assustar isabela. 

No carro de isa, manuela está bastante pensativa em relação ao que ira acontecer, ofelio que está dirigindo o carro  não sabe que ali é na verdade manuela  e não isabela como ele realmente ver. 

O carro chega e joaquim entra, após o loiri fechar a porta ele entrega a garota um buque de flores, manuela para não sair di personagem que era sua irmã fala:

- você já pertence a mim joaquim- a garota só fala isso para  joaquim se assanhar todo.

O garoto parte para cima parra tentar beija-la mas manuela tira os oculos e as mechas e antes dela falar ofelio fica chocado e joaquim também antes que o silêncio e a vergonha se planta-se naquele carro joaquim cria uma reação e faz menção de abrir a porta  e sair correndo dali mais ofélio tranca a saida e começa a falar:

- joaquim você não percebe que ela fez isso por amor verdadeiro a sua pessoa, vai perdoa ela, e segue em frente a vida. Ela te ama- ofélio para de falar e joaquim encara manuela com um olhar apaixinado até que toma coragem e beija a garota. Aquele beijo foi o beijo mais sincero que joaquim deu na sua vida ele estava completamente apixonado por manuela e iria fazer o possivel e o impossivel para viver ao lado dela, ele nunca havia dado um beijo tão sincero em toda a sua vida. 

Alguns minutos depois: 

Manuela e joaquim param de si beijar pois já estavam completamente ofegantes. Os dois ficam sem ar mais depois de algum tempo eles recuperaram o folego e sentaram si juntinhos diante a janela e  abraçaram-se enquanto olhavam para a janela. 

Alguns minutos depois:

 Ofélio para o carro no predio de joaquim e o loiri desce manuela que estava pronta e queria experimentar o amor de joaquim desce e : 

- joaquim espera, ofélio eu vou ficar aqui hoje com o joaquim.

- menina o que eu falo para a sua mãe? - fala joaquim pondo a mão na cabeça. 

- ai ofélio larga de drama, fala para isabela isso que ela explica para a minha mãe. 

- você está igual a isabela- fala ofélio tentando controlar a gargalhada. 

- ahhhhhhhhhhhhh, ofélio- manuela fecha a janela e bate a porta e indo em direção ao apartamento de joaquim. 

Os dois entram e se sentam no sofá, começou a chuver muito quando os dois entraram na casa. 

- cadê os seus irmãos?- pergunta manu enquanto olha pelos dois lados. 

- a júlia saiu foi na casa do andré fazer companhia para ele pois a mãe dele saiu e o pai ainda está na gravadora e como ele está com 40 graus de febre. 

- e o felipe? 

- está na gravadora pois ele vai testar outros instrumentos com o vicente.

- enfim vai rolar entre nois? 

- claro- fala a garota ficando safadinha em cinco minutos e subindo em cima do garoto e tascando-lhe um beijo de deixar qualquer um de queixo caído, joaquim passa a mão na cintura de manuela enquanto a garota tira a blusa do loiro e  continua beijando-o, joaquim aperta o bumbum da garota e ajuda a mesma a tirar a blusa e a saia joaquim desabotoa a calça, e tira o mesmo levando junto a cueca os dois param de se beijar e manuela: 

- eu quero provar uma ereção- fala a garota se ajoelhando.

- como assim?-fala o garoto coçando o canto da nuca. 

- assim- a garota põe a boca no  orgão de joaquim que estava completamente mole, em poucos segundos  o orgão do garoto fica completamemte ereto, manuela faz movimentos de vai e vem no orgão do garoto que em 10 minutos acaba enchendo os lábios de manuela de esperma,que engole tudo.

A garota tira os lábios do orgão e fala: - que tal fazermos 69 ? 

- por mim tudo bem- diz o garoto deitando-se e ajudando  a garota a tirar sua calcinha. 

Manuela põe a boca no orgão de joaquim e o loiro começa a lamber o orgão da garota. 

Tempos depois os dois acabaram gozando, manuela e joaquim cairam no chão de cansaço eles já estavam completamente cansados, manuela recupera as forças e fica olhando para joaquim.

No vilarejo: 

Ofélio chega na casa de manuela e buzina, o rapaz sai do carro e é recebido por rebeca: 

 - olá ofélio tudo bem? 

   - sim, rebeca é que a manuela ficou na casa do joaquim para terminarem  de ajeitarem as musicas da banda. 

- tudo bem ela me ligou falando exatamente o mesmo.

- ahhh, se é assim então eu vou me retirar. 

- ofélio obrigada. - diz a loira enquanto observa o rapaz caminhar até a sua residencia e acenar para ela, que retribui.

Na casa dos vaz: 

- quem disse que acabamos meu amor - joaquim sobe em cima de manuela. 

- joaquim eu queria lhe falar que não importa o que aconteça eu sempre vou te amar.

- também, prometo penetrar com carinho - o loiro coloca a camisinha e começa. 

Joaquim fazia movimentos de vai e vem que estavam mexendo com manuela a garota estava mordendo o travesseiro todo quase arrancando a pena do objeto joaquim estava gemendo mais do que manuela mais aos poucos o jogo ia virando pois a garota estava começando a delirar pois nunca havia feito nada comparado a isso. Seus gemidos estavam ficando cada vez mais alto quando o loiro aumenta a velocidade das estocadas bem antes de joaquim gozar o loiro tira o seu orgão e corre ao banheiro so que antes dele correr já havia derramado tudo no chão. 

- joaquim tudo bem? 

- sim,mamu tudo ok.

O loiro volta a cama e deita-se só que ele fala:

- vamos fazer anal? 

- ahhhh, tudo bem.

Joaquim pega a saliva e penetra o orificio com a baba.

Logo em seguida ele pegua o seu orgão e penetra manuela a principio a garota sentiu uma dor só que aos poucos essa dor virou prazer e amor.

Joaquim começou a aumemtar as estocadas e manuela estava sentindo  fortes dores. 

Joaquim diminui a velocidade das estocadas e aos poucos acabou gozando. 

Cansado joaquim se deita ao lado de manuela e eles começam a se olhar até que eles se levantam e observam através da janela as estrelas e se beijam. 














Notas Finais


Então gostatam enfim espero que nesses 5 capitulos vcs tenham espantado o tédio.

O autor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...