História Hentais NaLu - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Nalu
Exibições 245
Palavras 920
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sei que não ficou grande coisa e peço desculpas por isso.

Capítulo 2 - A nerd e o popular!


"Natsu aquele baka, nunca fiz nada pra ele. Droga! Sabem como dói amar alguém que te odeia? Se não, nem queiram saber

– Lucy-san – Aquarius-sensei me chamou – preciso da sua ajuda.

– Claro! Em que Aquarius-sensei?

– Sabia que podia contar com você – o sorriso dela era enorme – Natsu-san está te esperando na sala de estudos, ajude-o onegai!

– M-mas… – Aquarius-sensei já estava longe"

E foi assim que eu vim parar aqui, com o garoto mais popular e desejado da escola e que por sinal não tem o mínimo interesse em estudar.

     Autora-chan 

– Natsu-kun? – Lucy chamou a atenção do rosado.

– Não lembro de sermos tão íntimos inútil – inútil era um apelido que Lucy havia ganhado, por mais que seja excelente nos estudos era péssima nas outras coisas.

– Já chega! Eu não sou inútil – Lucy se irritou mas após perceber o que havia feito abaixou a cabeça envergonhada.

– Então prove – Natsu deu um sorriso malicioso que passou despercebido por Lucy.

– C-como?

– Haha esquece – Natsu ria muito dela a deixando envergonhada.

– V-vamos estudar – Lucy disse corada enquanto pegava um livro.

– Não tô com vontade – Natsu começou a mexer no celular.

– Você ganhará um prêmio no final – Lucy não sabia o duplo sentido que aquela frase ganhou, só os pervertidos(as) de plantão que entenderam.

– É melhor que seja bom – Lucy não entendeu o motivo do sorriso malicioso que Natsu dera.

[…]

Eles passaram horas estudando, Natsu realmente havia colaborado embora fosse apenas pelo seu prêmio.

– Terminamos, hora do prêmio – ele mordeu o lábio inferior.

– Eu não tenho nada comigo mais amanhã eu trago – Lucy sorria gentilmente.

– Olha, deixaram a chave aqui – Natsu não estava nem aí pro que ela tava falando ele apenas trancou a porta.

– Hey! O que está fazendo?

– Eu disse que era hora do prêmio – de novo aquele sorriso malicioso surgiu nos lábios dele.

– Ehh? – Lucy não entendeu o que ele quis dizer – mais eu diss…

– Shii – Natsu se aproximou de Lucy e pois o dedo indicador nos lábios dela – eu disse que agora é hora do prêmio – só agora Lucy percebeu a malícia daquelas palavras.

– D-do que está falando – Lucy começou a se afastar mais acabou caindo em uma cadeira. Natsu começou a apalpar os seios dela por cima da blusa.

– Qual o seu tamanho Lucy? G?

– Ti-tire suas mãos daí – Lucy tentou afastá-lo mais foi em vão.

– Eles são tão macios mesmo com esse uniforme – Natsu continuava apalpando os seios dela.

– Aahh… hmm… – Lucy soltava alguns gemidos baixos.

– Você se encomodaria se eu tirasse seu uniforme? Ele está encomodando – Natsu já começara a desabotoar o uniforme dela.

– N-nem pense nisso! – Lucy usou as mãos para afastar o rosado, ela o amava mais não queria se entregar pra ele sendo que sabia que no outro dia ele simplesmente fingiria que nada aconteceu. Ele é popular pode tudo.

– Não se fassa de difícil Lucy, eu sei que você quer.

– Não é assim Natsu, eu não quero ser simplesmente mais uma que transou com você – Lucy estava quase chorando então pegou a chave e saiu da sala correndo. Quando já estava fora da sala ela abotoou os primeiros botões de seu uniforme que Natsu havia aberto – Natsu seu idiota.

No dia seguinte… 

Lucy havia acabado de sair de sua última aula que era de educação física, nesse momento ela tomava uma ducha para tirar o cheiro de suor. Ela era a única pessoa lá, afinal havia sido a última a chegar.

– Eu odeio o seu sorriso e seu geito de falar. Eu odeio quando você me olha e eu dou risada sem pensar… – Lucy cantava animadamente na ducha quando sentiu algo agarrar sua cintura – Aaahhhhaaaahhhhaaah – ela gritou mais logo depois alguém tampouco sua boca.

Sim, era o Natsu mais Lucy não sabia disso. Ele começou a apertar os seios dela enquanto ela tentava se soltar a todo custo, logo ele começou a beijar o pescoço dela deixando leves chupões e os gemidos que ela dava eram abafados pela mão do garoto. As mãos de Natsu começaram a descer em direção a vagina de Lucy que por sua vez já havia cedido ao ver alguns fios rosas.

"Não vai adiantar resistir mesmo". 

Natsu massageou de leve o local antes de penetrar um dedo dentro da vagina de Lucy, ele fazia rápidos movimentos de vai e vem, logo ele colocou um segundo e um terceiro dedo fazendo movimentos ainda mais rápidos, Lucy não aguentou e gozou, Natsu levou seus dedos a boca e os lambeu.

– Você tem um ótimo gosto Lucy – ele sussurrou no ouvido dela.

Natsu virou Lucy de frente pra ele e a beijou, um beijo feroz e apaixonante suas línguas travavam uma batalha incessante como se o mundo dependesse disso, logo a falta de ar se fez presente e eles se separaram.

– Só continuarei se implorar – Natsu deu um sorrizinho demoníaco – vamos! Eu quero ouvir.

– M-me possua N-natsu-kun – Lucy não sabia de onde havia tirado coragem pra tais palavras, talvez fosse o enorme desejo que ela tinha para que ele a possuísse. Por mais que ele não ligasse pra ela depois ela sentia a necessidade de tê-lo dentro dela.

– Não me Culpe se não conseguir andar depois – sem nenhum aviso Natsu a penetrou, ele ficou um tempo parado para que ela se acostumasse e logo depois começou com fortes estocadas.

– Na-natsu-kun – Lucy gemeu o nome dele o que o deixou ainda mais excitado. Ela colocou as pernas envolta da cintura de Natsu e o beijou. Eles chegaram ao clímax juntos, Lucy estava completamente cansada.

– Acho que vou ter que dar banho no meu bebê.

Depois disso eles assumiram um relacionamento sério.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...