História Herdeiro (GTOP) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, 4Minute, Big Bang, Jay Park
Personagens Cl, G-Dragon, Hyun A, Jay Park, T.O.P
Tags Gtop
Visualizações 50
Palavras 1.079
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos conhecer como a CL é por dentro?
Será que vale apena ter dózinha dela?
O ponto de vista é dela hoje.

Capítulo 5 - Trocada


Fanfic / Fanfiction Herdeiro (GTOP) - Capítulo 5 - Trocada

Ele parou de cavalgar, suponho que chegamos ao castelo...

Como humanos são lentos...

Ele poderia simplesmente teletransportar, se ele pudesse né?!

Respirei fundo e fingi acordar.

- CL? - ele desceu e me pegou no colo - está bem?

- Onde ele está? - perguntei falsamente assustada.

Ele me colocou no chão.

- Calma, ele está longe agora.

- Como pode ter tanta certeza?

Coloquei a mão em cima do meu ferimento.

- Apenas tenha calma.

- Jay Park não é?

Ele sorriu.

- Sim.

- Desde que cheguei eu mal falei com você, Hyuna disse pra não ficar muito perto, você não é confiável.

- Ei eu salvei sua vida.

Eu ri.

- Acha mesmo que eu morreria?

- Não estou falando de agora, eu sei que Top jamais mataria você.

- Por que disse que já esperava isso dele então?

- Ele pode te matar, mas não agora, ele só estava te testando.

- Ele não pode me matar, eu sou mais forte do que ele.

- Por que deixou ele te ferir então?

- Eu queria ver até onde ele iria.

- Você é esperta, só que não se iluda achando que é mais forte que ele. 

Franzi o cenho.

- Diz isso por que sou mulher?

- Digo isso porque Top é muito mais forte do que qualquer um de nós.

- Tá, se não foi dele, do que me salvou então?

- Hyuna não te contou? Achei que ela confiava em você... Pois é, vemos aqui que você também não é confiável.

- Você ira me dizer, eu sei que vai - olhei no fundo dos olhos dele tentando achar alguma fraqueza.

Ele riu.

- CL, por favor - ele continuava rindo - não tente usar isso.

- Do que está falando?

- O poder de convencimento das fadas não tem efeito sobre mim, você não sabe nada a meu respeito não é mesmo?

Ele respirou fundo.

- Bom, primeiro, pare com esse charminho de ficar com a mão em cima do ferimento como se não pudesse fazer nada, você sabe que pode se curar, o teatro funciona com o Top, mas eu não sou tão ingênuo assim, eu sei o que você quer CL, fui quem eu trouxe você pra cá.

Tirei a mão do meu braço que já estava intacto.

- Você me trouxe pra cá? Não seja ridículo Jay.

Eu disse me virando e indo em direção ao castelo.

- Sua asa - ele disse segurando meu braço.

- O que tem ela? - perguntei assustada.

- Está danificada.

- O que? - perguntei olhando pra trás tentando inutilmente ver.

Bati as asar tentando sair do chão e não tive sucesso algum.

- Parece que você ficará um tempo sem voar...

Respirei fundo.

- Estúpido!

- Sim, ele é, mas ele não tem culpa, Yiwha é que tem de tê-lo criado assim, se Hyuna tivesse o criado ele teria descoberto que você é uma trocada de um jeito mais simples.

- Trocada? - perguntei olhando nos olhos dele.

Ele riu.

- Você é uma fada trocada CL, pelo amor dos deuses, vai dizer que não sabia que você é metade humana?

- É claro que eu sabia... o que eu quero saber é como VOCÊ sabe?

- Fui eu quem escolhi você e trouxe pra cá, você foi roubada da maternidade e vendida, uma hora dessas você estaria embaixo de um homem sujo e nojento sendo obrigada a satisfazê-lo.

As palavras me assustaram... Olhei pra baixo tentando raciocionar no que ele tinha me dito.

- Isso é mentira!

- Vocês fadas são tão chatas... - ele disse negando com a cabeça - só porque não sou Seelie não quer dizer que tudo que sai da minha boca seja mentira.

- Quem ficou lá no meu lugar?

- A fada que troquei estava doente, ela iria morrer.

- Então...

- Não, ela não está literalmente no seu lugar, ela só está na terra, fadas que são trocadas são colocadas em um lar bem selecionado, não se preocupe.

- Tá, você não é um Seelie, e parece que também não é um humano, o que você é?

- Sou um conjurador, para os mais leigos, um bruxo.

- Como você me trouxe? Ninguém passa pelo portal ileso.

- Errado! Nenhuma FADA passa pelo portal ileso, há sequelas, pode perder as asas, memória, vida, coisas assim, mas como você sabe, eu não sou uma fada, e tenho acesso livre pra lá e pra cá...

- Top sabe disso?

- Faça me o favor... - ele disse rindo - Top não sabe nem farejar.

- Por que está me contando então?

- Como futura rainha, eu acho que você deve saber.

- Mas, ninguém sabe se eu vou conseguir.

- Se você demorar mais, realmente, não vai, mas ao contrário de sua mãe, eu confio em você.

- Você vai me ajudar a ser rainha?

- Pra ser rainha você sabe que tem que ter o sangue azul...

- Eu sei.

- Você tem que conquistá-lo e eu não posso te ajudar nisso.

- Hyuna me falou que adquiro o sangue me casando com ele.

Ele segurou o riso.

- O que é tão engraçado?

- Há um jeito mais fácil.

- Qual?

- Você só precisa transar com ele.

- Que?

- É isso... Eu acho que você consegue!

- Você só pode estar de brincadeira.

- Sua mãe só te falou que era casando pra você se prender a ele, mas se você não o ama você pode simplesmente transar e assumir a porra toda, é óbivio que ele continuará sendo o herdeiro real, mas com o sangue azul você pode assumir o trono tranquilamente, daí é só se livrar dele.

- Eu não quero me livrar dele.

- Não?

- Claro que não!

- Por enquanto...

- Por que você fala isso? Você diz como se ele fosse sei la...

- Um monstro?

- Eu ouvi isso a minha infância toda...

- Acredite, você não irá querer se casar com ele.

Senti uma vontade de chorar, algo estranho, pra mim Top não era assim.

- Eu só quero voltar pro castelo... - disse me virando e saindo.

- CL?

Olhei pra ele.

- O que eu disse aqui... Guarde segredo, eu serei seu confidente se você for a minha, eu não odeio o Top, ao contrário, ajudei Yiwha a cuidar dele, eu só não quero que os Seelies sejam destruídos.

Assenti com a cabeça e voltei a caminhar em direção ao portão.


Notas Finais


Jay Park não ta pra brincadeira...
Uvinhas amo vcs.
Bae bae Lioti


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...