História Here I go again - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Sasosaku, Sasusaku
Visualizações 8
Palavras 575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


koe

Capítulo 2 - Capítulo II - A little festa


 05:00 P.M 

 

 Acordei com uma puta dor de cabeça, meio desnorteada sem saber ao certo quem sou eu, ou o que eu estou fazendo, só sabia de uma coisa, eu vou naquela festa, sei que não deveria ir, mas eu vou, primeiro porque eu sou teimosa e segundo porque eu me recuso a ficar em casa hoje à noite, ainda mais com uma festa na casa dos Uchihas. 

 Meu lance com o Itachi foi bem rápido, nem sei se pode ser considerado um lance ou algo do tipo, flertamos por muito tempo e depois numa resenha na casa dos Uchiha acabamos dando um beijo no famoso jogo da garrafa. 

 

 08:30 P.M 

 

 "Querida Sakura, no momento estou sentindo uma vontade absurda de te pedir desculpa pelo meu comportamento nada exemplar, nem sequer cheguei perto. Te conhecendo tanto quanto eu, sei que certamente você irá nessa festa, te buscarei aí às nove, ou por aí, pra te dar tempo de se arrumar, ou simplesmente ir num bar para me despistar. Só espero que você não me odeie para sempre. 

       Beijos, Sasuke" 

 

 "Querido Sasuke (não tão querido assim), no momento estou sentindo uma vontade absurda de te mandar ir a merda pelo seu comportamento nada exemplar, nem sequer chegou perto. Te conhecendo tanto quanto eu, sei que certamente você espera que eu vá à essa festa, me busque às nove, ou por aí, pra dar tempo de me arrumar, ou simplesmente te dar um perdido num bar qualquer. Só espero que você não espere que eu não te odeie para sempre 

       Beijos Sakura" 

 

 Mandei a mensagem e fui para o andar de cima lavar o cabelo, estava definitivamente sujo. 

 Coloquei meu vestido preto colado, meu tênis e então me maquiei. 

 A campainha tocou, era ele. 

 Seus cabelos estavam molhados e caídos, ele me olhou dos pés à cabeça e riu alto. 

 —Recebi sua mensagem, achei de fato bem irônico, mas de fato engraçada. 

 —Fico feliz que você não vá me odiar para sempre — Ele disse se aproximando para me dar um beijo. 

 Coloquei minhas mãos em seu peito e ri alto. 

 —Não foi isso que eu disse, mas de qualquer forma... 

 Ele franziu as sobrancelhas confuso. 

 —Então sem beijinho hoje? 

 Fiz um sim com a cabeça e então saímos. Primeiro ele me levou ao parque, um parque em que a gente costumava ir quando éramos melhores amigos. 

 Ele saiu do carro primeiro, abriu a porta para mim e riu. 

 —Primeiro as damas. 

 Saí do carro e o encarei, nós estávamos no estacionamento do parque, e se ele fosse querer se livrar de mim, algo me disse que ele o faria agora. 

 —Lembra o que aconteceu aqui? — Ele riu levando a mão aos cabelos molhados. 

 —Foi onde eu te beijei pela primeira vez?  

 —Foi aqui que você disse que me amava pela primeira vez. Não se lembra? 

 Revirei os olhos e tentei lembrar de algo mas foi extremamente difícil, ainda mais levando em consideração que eu não queria lembrar de amor algum, muito menos um relacionado a Sasuke. 

 —Mil desculpas, eu deveria estar bêbada. Mas o importante é que eu não te amo e você sabe disso — coloquei minha mão sobre seu peito — você sabe, não sabe? 

 Ele me encarou com m olhar devorador. Me tomou ela cintura e então me beijou, assim como um animal que acabara de conseguir a tão esperada caça e tenho que admitir, lá no fundo eu ansiava por aquele beijo, acima de tudo. 


Notas Finais


eok


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...