História Heroína - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Rap Monster, V
Tags Bts, Ficção, Romance, Super Power
Visualizações 26
Palavras 2.638
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


capitulo bem fofinho

Capítulo 13 - Casal Tímido


Fanfic / Fanfiction Heroína - Capítulo 13 - Casal Tímido

Houve protestos de minha parte na distribuição dos quartos, Jin achou realmente que eu queria dormir no mesmo quarto que Namjoon? Ok, estamos em um relacionamento, mas isso não quer dizer que devemos dormi no mesmo quarto.

- Não precisa fazer essa cara! – Namjoon falou ao guardar suas coisas no guarda-roupa junto com as minhas, estou sentada na cama mandando uma mensagem para minha mãe avisando que cheguei bem – Melhore esse humor, ouvir Jin falar que vamos fazer uma fogueira hoje à noite – me olhou esboçando um sorriso, ele fechou o guarda roupa e se sentou do meu lado tocando na minha coxa.

- Legal – respondi sem humor.

- Aish você... – ele foi interrompido por berros de nossos amigos e de água, Namjoon se levantou indo para a sacada do nosso quarto, o segui vendo os idiotas de nossos amigos na piscina e Taehyung criando um tsunami.

- Esse garoto! – me apoiei no parapeito os observando se divertirem – Está a fim de ir lá em baixo? – perguntei para o vampiro que os observa sem mostrar reação nenhuma.

- Nem um pouco, esse sol forte vai acabar comigo! – respondeu sem animo, o lugar é grande é bem arborizado e bate muito vendo, isso é bom.

- EI! – ouvimos a voz escandalosa de Sun, olhei para baixo a vendo acenar junto da pequena Yuka – Vocês não vão descer? – perguntou gritando novamente, negamos com a cabeça.

- Vocês são chatos! – Jimin falou sorrindo, voltei a entrar me jogando na cama de bruços eles trocaram mais algumas palavras, senti meus olhos pesarem e logo cair no sono. Acordei vendo Namjoon sentado do meu lado junto com seu notebook, me mexi o fazendo me olhar dando um sorriso de lado.

- Dormiu bem? – perguntou, concordei com a cabeça e bocejei recebi um carinho na cabeça de sua parte – Está com fome? – perguntou ao fechar seu notebook, concordei lhe mostrando o polegar.

- Vou tomar um banho primeiro! – falei e sai da cama entrando no banheiro da nossa suíte.

- Vista algo quente, Jin disse que aqui de noite faz frio! – ele falou um pouco alto, me despi por completo e entrei de baixo do chuveiro abrindo a torneira, tomei um banho rápido e droga não peguei minhas roupas abri a porta do banheiro devagar não o vendo no quarto superei e me vesti rapidamente usando um vestido de moletom vermelho escuro, deixei meus cabelos úmidos, estou com preguiça de seca-los sai do quarto vendo Namjoon aparece no corredor.

- Já iria lhe chamar! – comentou e pegou na minha mão, descemos a enorme escada eu como sempre de cara fechada ao chegar à sala me deparo com o pessoal conversando no sofá em formato de L.

- Finalmente! – Jin parou de falar, e disse ao nos ver entrando na sala, os outros nos olharam, Ádria me lançou um sorriso cheio de malicia revirei os olhos, não vou perder tempo com os pensamentos ridículos dela, não conseguir tiraram meus olhos do cabelo de Jin que agora estão castanhos sentamos no sofá ao lado de Hoseok – Vamos comer ao lado da fogueira – Jin falou sorrindo, os outros concordaram.

- Quando você pintou o cabelo? – perguntei, o garoto arregalou os olhos para mim, falei algo de errado.

- Meu deus Tereza, eu pintei ontem à noite, passei a viajem toda do seu lado e você não notou isso? – olhou para mim chocado, ele já estava assim hoje? Nossa hein.

- Você já deveria saber, que ela não nota essas coisas! – Giovanna tocou na costa dele, Jin passou a mão no cabelo, eu realmente sou péssima para essas coisas.

- Vamos comeeeer! – Taehyung se levantou fazendo uma cara de dor, todos se levantaram, encontramos os tios de Jin na cozinha servindo a mesa, pegamos os pratos e levamos para o quintal onde uma pilha de madeira e encontra no chão, comemos envolta da fogueira que Ádria acendeu, conversamos bastando e os meninos entraram para assistir futebol, permanecemos sentadas nas cadeiras conversando.

- Vocês são fofos juntos! – Yuka falou para Giovanna que sorriu tímida.

- Concordo! – Sun piscou.

- Como vocês se conheceram? – Yuka perguntou parecendo interessada no casal.

- Conta pra ela Giovanna a incrível historia de romance de vocês dois! – Ádria encorajou a menina que riu.

- Tudo bem.

2 anos atrás (Giovanna ON)

- Você não vai se encontrar com ele? – Ária perguntou se apoiando na minha cadeira, ela está se referindo ao garoto chamado Jin que vive me mandando mensagens para querer sair comigo, Jimin oppa fez o grande favor de dar o meu numero para ele – Jin oppa parece afim de você! – ela sorriu de lado, olhei para Tereza que está do meu lado tomando seu suco de caixinha e lendo seu livro favorito do Drácula.

- Ele não está afim de mim, você já viu como as garotas babam por ele? – olhei para Ádria que revirou os olhos, Jin oppa é muito famoso no colégio por causa de sua beleza, as meninas são apaixonadas por ele.

- Tereza, você que conversa com ele, o que acha? – Ádria perguntou para a latina do meu lado que fechou o livro.

- Normal! – respondeu seco.

- Só isso?

- ... Ele é uma pessoa boa, gentil, parece ser protetor, gosta de cozinhar, ou seja, ele é igual a minha mãe! – voltou a falar, me fazendo ri com as características.

- Não sei não, isso me cheira a encrenca, o que um garoto popular como ele quer comigo? – perguntei desconfiada, isso chega a ser ridícula, um garoto lindo e popular que sair com uma nerd magra e feia como eu.

- Jimin oppa disse que ele não liga para essas garotas atiradas – Ádria batucou suas unhas decoradas na mesa, a porta da sala foi aberta e Sun botou a cabeça para dentro sorrindo para nos e se aproximou.

- Aish você não me chamaram para o almoço! – ela veio reclamando se sentando ao lado de Tereza que voltou a abri o livro – Do que estavam falando? – perguntou curiosa como sempre, olhei o pescoço de Sun que está com uma marca pequena roxa escura, aposto que estava com o V.

- Sobre o futuro pretendente de Giovanna – Ádria sorriu mostrando os dentes brancos.

- Jin oppa? Ele ficou conversando com os meninos, perguntou um monte de coisas sobre você! – Sun falou alto me deixando envergonhada.

- S-sobre m-mim? – perguntei gaguejando.

- Aproposito porque não respondeu se aceita sair com ele? – Sun pegou o suco de caixinha de Tereza que lhe lançou um olhar mortal.

- C-como sabe disso? – arregalei os olhos para ela, minhas bochechas estão pegando fogo e olha que eu nem tenho os poderes de Ádria para conseguir fazer isso.

- Ele comentou isso um pouco ansioso, ele parece está afim de você! – a garota sorriu me deixando nervosa, isso é impossível, Tereza levantou chamando nossa atenção.

- Aonde vai? – Ádria perguntou.

- Ao banheiro! – respondeu deixando seu livro na sua mesa, Tereza se virou para mim – Ah, Giovanna, você precisa aceitar sair com ele, Jin é uma boa pessoa, ele não tem más intenções com você! – me assegurou.

- Quem garante isso? – perguntei nervosa ainda duvidando, eu não conheço Jin oppa não sei do que ele é capaz.  

- Eu! – respondeu friamente – Digamos que você não vai se arrepender de sair com ele! – ela deu um sorriso e saiu da sala.

- Aish essa garota sabe de alguma coisa! – Sun apontou para a porta.

- Claro que ela sabe! – Ádria mordeu os lábios, Tereza não falaria uma coisa dessas se não tivesse certeza, mas eu não sei, eu realmente acho o Jin oppa lindo e meu coração bate forte quando o vejo, nunca conversamos pessoalmente afinal somos de salas diferentes, pelas mensagens ele parece ser muito legal, peguei meu celular e mandei uma mensagem para ele concordando em sair.

- Oooh ela aceitou! – levei um susto com Sun grudada ao meu lado.  

- Giovanna você é uma meio coreana e meio australiana, você é linda tanto por dentro como por fora! – Ádria comentou e o sinal tocou, Sun se levantou junto com Ádria e as duas saíram da sala, Tereza apareceu junto de Jimin, meu celular vibrou “Vamos nos ver depois do colégio”.

- Giovanna! – Tereza falou baixo, o professor entrou na sala, olhei para ela – Você precisa falar para ele! – disse e voltou a olhar para frente, arregalei os olhos, então ela sabe? Droga é verdade Tereza consegue escutar os pensamentos, na verdade eu tenho uma conexão com o Jin oppa, quando o vi pela primeira vez há um ano senti isso, tenho medo de me declarar e ele me rejeitar, afinal Jin oppa é popular e pode ter as garotas mais lindas ao seu lado.

Prestei atenção na aula anotando e respondendo aos deveres que passou para fazer na sala, meu coração dispara mais rápido ao olhar o relógio, já está quase dando o horário de saída, calma Giovanna vamos com calma é só um convite para sair.

O sinal tocou fazendo meu desespero ficar maior arrumei minhas coisas nervosa, deixando meu estojo cair e espalhar minhas canetas e lápis no chão, Jimin me ajudou a recolher o material.

- Aqui! – me entregou o estojo sorrindo, fazendo seus olhos sumirem.

- Obrigada! – agradeci, Tereza saiu sem falar nada, o Jimin oppa quer alguma coisa comigo? Ainda está parado do meu lado – Você quer alguma coisa? – perguntei gentilmente botando a mochila na costa, ele coçou a cabeça olhando para os lados.

- Você vai sair com o hyung? – perguntou, senti meu corpo todo gelar, ele sabe, bom ele é amigo do Jin oppa, apenas concordei com a cabeça e sai da sala ele veio me seguindo – Isso é bom, o hyung é uma boa pessoa! – Jimin bagunçou meus cabelos, olhei feio para ele enchendo minhas bochechas de ar.

- Para! – falei brava.

- Você é tão fofa fazendo isso! – ele apertou minhas bochechas, o empurrei com força o fazendo ri parei quase na frente do colégio vendo Jin parado na entrada – Oh, ele está lhe esperando! – Jimin sussurrou no meu ouvido, engoli seco sentindo minhas mãos suarem – HYUNG! – ele falou alto acenando, Jin oppa se virou e sorriu, andamos até ele.

- Oi Giovanna ssi! – Ji oppa falou, olhei para ele fazendo um aceno de cabeça. 

- Hyung cuide bem de Giovanna, ela é como uma irmã para mim! – Jimin falou em um tom de ameaça – Senão eu te bato.

- Ya olha como fala, eu sou mais velho que você! – Jin fechou a cara fingindo está com raiva mais logo sorriu, até seu sorriso é lindo.

- Ok estou indo, até amanhã! – acenou e foi andando, voltei a ficar nervosa e entrar em desespero, nunca sair com um garoto não sei o que fazer.

- Err o que acha de irmos a uma lanchonete comer algo? Estou com fome! – ele tocou na sua barriga, as bochechas de Jin oppa estão levemente coradas, concorde com a cabeça e seguimos em silencio em direção o vilarejo, esse silencio chega a ser um incomodo, maior incomodo que esse e ver as garotas que passam por nos de boca aberta, não preciso ter o poder de ler a mente para saber o que elas estão pensando, esses olhares me deixam mal, garotas passam cochichando de mim, eu não sei lidar com esse tipo de olhares me sinto tão pequena.

- Ah! – gemi ao levar uma esbarrada proposital de um grupo de garotas, cai de bunda no chão.

- Oh, desculpe! – a garota falou rindo e foi andando com as outras, senti meus olhos encherem de lágrimas, não nem pela dor.

- Giovanna ssi! – Jin falou vindo em minha direção, abaixei a cabeça ficando de vergonha que ele veja o quão lamentável estou o que ele quer comigo afinal das contas? – Tudo bem? Aish aquelas garotas! – ele tocou no meu ombro e as lágrimas rolaram, levantei a cabeça Jin arregalou os olhos – Omo está doendo tanto assim? – falou desesperado.

- O que você quer comigo? – perguntei, o fazendo ficar sem reação – Você vive me mandando mensagens mais nunca fala comigo pessoalmente, você é muito famoso no colégio, não precisa falar comigo, eu apenas sou uma garota comum e estranha, não fica me dando esperanças assim! – desabafei para ele, eu realmente não deveria ter explodido assim, ele vai me achar uma louca, aish eu realmente sou lamentável.

- Jin apertou os lábios me puxou com violência para um abraço fazendo meu nariz bater com força no seu peitoral.

- N-não diga uma c-coisa dessas! – disse gaguejando ainda me abraçando, arregalei os olhos – Eu nunca falei com você... Porque tenho vergonha e fico nervoso quando te vejo! – admitiu, ele tem vergonha? Jin oppa se separou de mim e se levantou me puxando também, limpei minha saia.

- Oppa...

- Giovanna ssi – ele me interrompeu e procurou algo no bolso da calça, tirando seu celular começando a mexer nele e mostrou para mim, é o meu contato minhas bochechas rapidamente ficaram ruborizadas meu contato está escrito Jagiya – O motivo pelo qual pedi seu número e estou lhe enchendo de mensagens é por que gosto de você! – guardou o celular no bolso da calça as orelhas de Jin ficaram vermelhas.

- O QUÊ? - falei alto o assustando – Você gosta de mim? – tampei a boca com as mãos ainda sem acreditar em suas palavras.

- Na verdade eu tive uma conexão com você! – coçou a cabeça transparecendo seu nervosismo, meu coração acelerou estou tremendo por dentro, minhas pernas querem fraquejar.

- M-m-m-mas, eu não sou bonita como as garotas que vivem atrás de você, eu não sou forte e só sei estudar! – contei fazendo gesto com as mãos, Jin oppa deu um sorriso de lado e se aproximou ficando bem perto de meu corpo, sua mão foi ao encontro de minha bochecha a acariciando.

- Eu te acho tão linda Giovanna ssi, pra mim você é a garota mais linda do meu mundo cor de rosa! – ele sorriu, não me contive e ri junto – Eu sempre imaginei como seria poder tocar seu rosto – sorriu me deixando ainda mais nervosa.

- Jin oppa? – o chamei, meu deus isso parece mentira, Jin é um garoto perfeito de mais pra mim, mas eu gosto tanto dele que não consigo evitar de me apaixonar ainda mais.

- Hum?

- Eu tive uma conexão com você há um ano atrás! – revelei o fazendo fechar a boca e parar de acariciar meu rosto, sua expressão está diferente mais uma vez me puxou para um abraço e deu um longo suspiro me deixando curiosa.

- Desculpe-me... – pediu com a voz falha – Eu devia ter te visto antes, desculpe por te fazer esperar tanto assim! – acariciou minha cabeça, sorri em seus braços, ele é fofo falando isso.

 

2 anos atrás (Giovanna OFF)

 

- KAWAII! – Yuka falou alto com os olhos brilhando, sorri com seu estardalhaço – Meu deus vocês precisam se casar! – Yuka juntou as mãos.

- Quando entrarmos para a faculdade! – confirmou – Mais ainda me pergunto como ele ainda gosta de mim.

- Conexão? – soltei e ela suspirou.

- Aish essa punk – Jin apareceu atrás de nos fazendo Giovanna arregalar os olhos, foi até sua namorada se ajoelhando do lado dela – É porque eu te amo Jagiya! – deu um peteleco na testa da garota, eles realmente são fofos, as meninas deram gritinhos de emoção, senti alguém do meu lado olhei vendo Namjoon sorri sem mostra os dentes.

- Acha que ficaríamos legal agindo fofo? – o vampiro comentou perto do meu ouvido, ri anasalado com esse absurdo, é ridículo e engraçado só de imaginar.

- Não mesmo! – olhei para ele sorrindo, o mesmo concordou divertido e bateu de leve sua testa na minha.

- Ai meu deus eles também são fofos! – Yuka apontou para nos dois, as meninas sorriram debochado revirei os olhos e me levantei indo para dentro da casa.


Notas Finais


vocês estão gostando da historia?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...