História He's My Brother - (Incesto) Imagine WonHo Hot - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu, Won Ho
Tags Imagine, Monsta X, Romance, Sexo, Wonho
Visualizações 238
Palavras 1.568
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Perdoem a demora. Eu estava com um celular muito ruim para escrever e faz pouco tempo que peguei meu tablet de volta.

Espero que gostem, e boa leitura!

Capítulo 9 - Capítulo Nove


Fanfic / Fanfiction He's My Brother - (Incesto) Imagine WonHo Hot - Capítulo 9 - Capítulo Nove

Acordei ao som do alarme, que já avisava o horário de levantar. Estava exausta. Meu corpo doía por causa da aula que recebi do WonHo, para o ajudar em sua coreografia. Mas não era só meu corpo que aparentava a exaustão, mas sim também a minha cabeça, que estava disparada depois da decisão que foi tomada por mim, para não prejudicar o futuro do meu irmão na indústria de música.

Por mais que eu gostasse de estar nos braços dele, da maneira menos incomum entre futuros irmãos, nossos pais se casariam e eu precisava aceitar aquele fato. Ter um caso com o Hoseok era a última coisa que eu gostaria naquele momento. Levantei da cama, sem qualquer ânimo, fazendo meu caminho para o banheiro. Como sempre, Amber já havia saído mais cedo, restando apenas eu e o silencioso quarto.

Tomei meu banho, e me arrumei para minha aula. Terminei de pegar minha bolsa, saindo do dormitório.

O hall estava cheio como de costume da manhã, os alunos se encontravam lá para conversar antes das aulas começarem e se separarem outra vez. Pelo menos, eram os alunos daquele prédio.

Eu não via WonHo nas manhãs, já que nosso prédio era de uma divisão diferente. Aquilo não me incomodava de forma alguma, mas por minha única amiga ser do mesmo prédio que ele, eu me sentia um pouco solitária.

Bom, tinha uma exceção.

- Bom dia, (S/N)! - MinHyuk correu até mim, alegre como de costume.

- Bom dia, MinHyuk!

- Dormiu bem?

- Não muito... Falta de sono.

- Aish... - Olhou-me preocupado. Tratei de logo sorrir para não o deixar preocupado comigo.

- Está tudo bem, MinHyuk. Sério.

MinHyuk abriu os lábios para falar algo, mas foi interrompido por um grito, necessariamente alguém gritando o nome dele. ChangKyun se aproximava com um olhar nada assustador, enquanto tentava fingir que não estava batendo pé. O loiro ficou em estado congelado, apenas com um sorriso que diria "Droga, fui pego". Suspirei, pondo as mãos na cintura.

- Você mesmo! - Apontou na cara dele.

- O quê houve dessa vez? - Perguntei.

ChangKyun tirou um bolo de dentro do bolso do casaco, mas um bolo que estava com a metade já devorada. Se era comida, o assunto era sério. MinHyuk começou a rir nervosamente, passando as mãos pelos cabelos, como se estivesse pensando em uma desculpa.

- Então...

- Então nada! Vocês se acham no direito de ficar me atazanando só por eu ser mais novo! Eu vou dar na cara de vocês um dia desses!

- ChangKyun...

- E passe esse recado pro seu irmão também!- Voltou-se para mim.

- Chang,ela não tem nada a ver...

- Sei.

- Im ChangKyun! Lee MinHyuk!

Ambos viraram-se rapidamente na direção da voz que os chamava. Seguraram a mão um do outro, como se rezassem por suas vidas.

O rapaz de ontem estava de braços cruzados encarando os dois, com um olhar sério.

Parecia uma cadeia alimentar a amizade entre aqueles garotos, uns baixavam as cabeças para outros. Era engraçado.

- Se vocês dois baixam a cabeça pra ele, quem baixa a cabeça pra vocês dois?

- Ninguém. Esses dois não colocam medo nem em uma barata.- O moreno respondeu.- Bom dia, (S/N)! Lembra de mim?

- Kihyun, certo?

- Que bom que lembra, pelos menos alguém aqui lembra das coisas.

- Há! Olha ele, já chega metendo autoridade.

- ChangKyun! - MinHyuk o deu um tapa na cabeça.

O sinal soou, avisando para todos irem para suas salas. Infelizmente, MinHyuk precisou se separar da gente para seguir à sua, que era o oposto da nossa. Eu nunca o perguntei que curso ele fazia, precisava perguntar na próxima vez que o visse.

Eu, KiHyun e ChangKyun fomos para a nossa. Senti já o olhar de Chaerin queimando no meu ombro.

Meus olhos quase não focavam na aula, pois estavam na janela, com a esperança de ver WonHo no mesmo lugar da vez passada. Mas não aconteceu. A turma dele não foi para o pátio, em vez da dele, a nossa foi.

Nosso professor pediu para que a gente tirasse fotos de flores das quais mais achamos bonitas, e não era difícil. O jardim da universidade tinham grande diversidade de flores, e foi uma tarefa bem fácil.

- (S/N). - KiHyun chamou.

- Sim?

- Você tem algo com o Hoseok?

- Por quê a pergunta?

- É que... Ontem ele te olhou de um jeito... Sei lá...

- E ele não tem esse olhar para tudo?

- Você sabe... Hoseok normalmente tenta esconder quaisquer coisas que sente. Cansaço, desapontamento, raiva, ciúmes... Ele só não esconde a fome. - Explicou.- Mas ontem ele te olhava de uma forma ciumenta.

- Deve ser por causa que sou a irmã dele.

Tentei desviar do assunto para que não tomasse uma forma onde não teria volta com explicações.

- É... Talvez. Mas vocês não são irmãos de sangue. Já deve ter notado, não é?

- Está se referindo ao fan clube "Wonho te amamos"? É, já notei.

- Elas são loucas, (S/N). Ano passado, elas bateram em uma garota que se declarou para ele. É por causa disso que ninguém se aproxima do WonHo.

Então certamente por causa disso que WonHo era solitário. As piriguetes mal amadas colocavam todo mundo para correr com aquelas caras rebocadas de bruxas, e por isso ele não tinha muitos amigos. Aquilo me enfureceu. A vontade de sair nos tapas com aquela loira foi quase maior que eu, mas eu não podia causar escândalos.

Terminamos com todas as fotos, mostrando-as para o professor e fomos liberados da aula antes mesmo do final de período. Me afastei dos garotos na primeira chance que tive, correndo para o prédio de dança. Algo dentro de mim implorava para eu vê-lo, mesmo que por uma janela. Subi as escadas para as salas, encontrando a mesma da madrugada onde eu e WonHo ficamos sozinhos.

Estava cheia, talvez umas quinze pessoas ali dentro. A janela não mostrava bem a sala inteira, mas mostrava o suficiente para mim. WonHo estava escorado na parece, com os braços cruzados, enquanto uma dupla dançava de frente aos grandes espelhos. Seu semblante era calmo, parecia que ali dentro era o melhor lugar do mundo para ele. Não demorou para que ele e mais dois se juntassem ao meio, tornando a dança mais intensa.

- Olha só, um ratinho!

Quase senti meu coração sair pela minha boca. A mulher ria da minha expressão assustada.

- Por quê está espiando? Tem curiosidade pelo curso de dança?- Perguntou, juntando-se à mim.

Senti uma sensação de dejavu por aquela situação.

- Tipo isso.- Menti.

- Você tem perfil para ser uma boa dançarina. É de qual curso?

- Fotografia.

- Ah! Então já sei porque está aqui! Deve estar procurando um modelo, certo? Os garotos daqui são muito bonitos e bem disputada pelas classes de fotografia. Principalmente aquele ali. - Apontou para um rapaz magro, e algo. Que dançava junto ao WonHo. - Aquele é o HyungWon.

As sugestões dela não chegavam nem perto do meu objetivo ali,mas graças à elas,uma ideia surgiu na minha cabeça, e tinha certeza que ele iria de bom grade ajudar.

- Você é professora aqui?

- Eu? Ah não, sou professora de canto. Estava aqui apenas para ver os meninos. Sou Hyolyn.

- Oh, entendi... Sou (S/N).

- Eu sei. É namorada do WonHo, não é?

- Meia irmã.- Corrigi.

- Então os rumores eram falsos? Que pena.

Mas não era pena que ela aparentava estar sentindo. Eu já havia a visto em algum lugar, mas não me recordava onde. Finalmente o sinal tocou. Eu precisava sair correndo dali,antes que eles percebessem, mas não seu certo. Hyolyn segurou minha mão, me puxando para o canto quando as portas da sala se abriram e todos saíram, com exceção de três. A loira me puxou consigo para dentro do local.

- Bom dia, rapazes! Bom dia, Soyou!

- Hyolyn Noona! - WonHo exclamou em surpresa.

- A própria!

- (S/N)!- Agora foi a vez de HyungWon e WonHo. Os dois se entreolharam.

- Visita mensal?- A outra mulher finalmente falou.

- Sabe que eles raramente me liberam. Enfim. Peguei essa menina procurando por modelo!

- Modelo?

- Errr... É! - Menti. - Eu ía pedir ao Hoseok mais tarde, mas a chance surgiu agora.

- Você a carregou para cá, Hyolyn Noona?!- O rapaz grande se pronunciou.

- É claro que não, ShowNu! Apenas estou a ajudando.

- E desde quando virou alma caridosa? - Soyou cruzou os braços.

- Mas como vocês são!

Me sentia envergonhada pela situação, mas era algo caloroso. Mal percebi a aproximação de Hoseok.

- Você quer que eu sirva de modelo para você? - Perguntou. Eu não queria que ninguém ouvisse minha voz, então eu apenas assenti para ele. -Certo.

- Acho que eu seria o mais recomendado para o serviço. - HyungWon comentou.

- Quem sabe na próxima! - WonHo respondeu por mim, e me puxou para fora da sala.

Na verdade,nada daquilo era verdade. Eu não precisava de um modelo, mas eu queria tirar fotos do WonHo. Então decidi que meu novo hobbie naquela universidade, eram registrar cada momento que WonHo estivesse ao meu lado. Sorrindo, triste, comendo, e até mesmo dormindo. Cada um dos momentos seria registrado como algo valioso.

Se a carreira dele impedisse de termos algo, por mais proibido, as fotos seriam minha companhia. Eu jamais me imaginei gostando de alguém de novo, e isso aconteceu justamente com meu futuro irmão.





Notas Finais


Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...