História He's My Cherry Pie - Destiel - Segunda temporada - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Adam Milligan, Balthazar, Bobby Singer, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Chuck Shurley, Crowley, Dean Winchester, Gabriel, Jo Harvelle, Lúcifer, Meg Masters, Miguel, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Adam, Bottom!cas, Bottom!dean, Dean Winchester, Destiel, Festa, Gabriel, Gay, Lemon, Midam, Miguel, Romance, Sabriel, Sam Winchester, Supernatural
Visualizações 10
Palavras 2.410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiiieeee!!!!!
Vou logo falando que pode estar grande mas eu não vi ainda kakakak
Mas e gosto assim!
E ta cheio de algumas coisas médicas que eu tive que procurar kakaka por isso demorou
então boua leitura anjos❤❤❤❤❤❤

Capítulo 15 - Because with me? This can only be bad luck!


Mais uma semana havia passado, e cada vez o dia do casamento ia chegando.

^-^

O despertador começou a tocar e Castiel levantou assustado, Dean por outro lado levantou mais calmamente

- Desliga essa poha Cas!

- Okay grosso - Castiel riu e desligou o alarme - Agora com silêncio, Bom dia amor! 

- Bom dia flor do dia! Dormiu bem? 

- Até que sim e você? 

- Bem até demais, ah... hoje você vai pra aula de manhã junti com o Sam né 

- Sim, e volto no mesmo horário dele

- Mas ele chega meio tarde... queria passar a tarde com você...

- A aula acaba 15:30, e a do Sam 17:30, sim, esta sendo bem mais puxado. Então se você quiser aparecer la, umas 15:20, eu agradeço. - E Castiel sorriu

- Pode ser então Cas... Mas depois vamos curtir - Dean riu maliciosamente 

- Besta 

- Eu sou, besta por você

- É fofo ele, não quero devolver

- Acho bom, não tem devolução bebê - Dean abraçou Castiel e beijou seu pescoço - Estou louco pra hoje - Dean riu e foi para o banheiro.

Fez suas higienes e saiu para trocar de roupa e colocar o pijama para lavar, Castiel fez a mesma coisa, mas colocou sua jeans e uma camiseta preta muito bonita, o que deixava Dean meio desconfortável la na sua boxer

- Cas... - Dean sussurrou o nome de Castiel, fazendo o mesmo ouvir

- Vamos tomar café? - Castiel passou por Dean e beijou sua bochecha 

- Mas é claro - Dean balançou a cabeça se livrando dos pensamentos eróticos com Castiel, o moreno olhou para a calça do loiro e viu o relevo presente nela

- Espero ver isso hoje de noite - Castiel se aproximou e apertou o membro sobre a calça

- Oh Cas... quando ficou tarado assim?

- Desde que te conheci amor

- Eu gosto disso

- Que bom - Castiel pressionou Dean contra o armário e o beijou ferozmente e abruptamente, mas se afastou perante a falta de oxigênio em seu pulmão.

- Vamos ir tomar café, senão isso vai para outro nível... - Dean disse recuperando seu fôlego

- Isso mesmo, meu amor - Castiel encontrou a mão do loiro, entrelaçou seus dedos e o levou para a cozinha

Chegando la Sam e Gabe estavam terminando o Café, e olharam para os dois desconfiados. Castiel pegou um bow e misturou cinco ovos, acrescentou sal, orégano e um pouco de pimenta do reino e levou para a frigideira.

Dean pegou o suco de laranja da geladeira se serviu em dois copos e entregou um para Castiel. Os ovos mexidos ficaram prontos e Castiel colocou metade em um prato e a outra em outro prato, levaram para a mesa e comeram

- Sam, hoje vou com você para a faculdade

- Ah, verdade! Já está pronto? Daqui a pouco vamos! 

- Sim, só vou escovar meus dentes primeiro - Castiel se levantou e foi até o banheiro. Quando voltou encontrou Dean na porta do banheiro

- 15:40 esteja la - E Dean se aproximou e beijou Castiel - Te amo

- Também, agora eu vou, e você também esteja la este horário senhor Wincheste! -Os dois se despediram e Dean ficou em casa sozinho, Gabe já tinha saído para a empresa. Então decidiu limpar a casa, já que fazia tempo que não era limpa.

/Faculdade 

Castiel e Sam se separaram e foram para as suas devidas salas, no instante em que Castiel chegou na sala, se deparou com um aluno novo, ele estava todo atrapalhado, não sabia o que fazer

- Hey - Castiel estralou os dedos na cara do garoto

- Ah oi, desculpe, esta cadeira é sua?

- Sim, você pode ficar com a do lado, ela está vaga

- Ah, muito obrigado...

- Castiel, e o seu?

- Roderick! 

- Seja bem vindo Roderick! Primeiro dia?

- Sim, estou bem perdido! Mas já peguei meus horários!

- Opa que bom, então terei um amigo para conversar! Gostei!

- Eu não sou do tipo que conversa muito, até porque sou meio anti-social

- Para mim não parece!

O professor entrou na sala e mandou todos se sentarem, começou a explicar a matéria e passar conteúdo no quadro 

- Pelo visto hoje vai ser cansativo - Castiel estralou as mãos e começou a copiar tudo, olhou para o lado e Roderick estava procurando seu caderno - Ei... embaixo da cadeira

- Ah, obrigado Castiel!

/Empresa

Gabe estava se dando bem com o trabalho agora, não tinha mais o escroto do Oliver para o incomodar, mas ele esqueceu do pequeno detalhe... Ash, o melhor amigo de Oliver

- E ai madame, feliz em ter mandando meu amigo embora?

- Mais um pra me incomodar... me poupe Ash

- Vai à merda então

- Quem deveria falar isso sou eu, você não foi assediado Ash

- Ninguém liga!

- Então vaza

Ash saiu e Clarie entrou, ela veio com o papo de que tinha uma pessoa esperando na recepção e que era muito importante. Na mente de Gabriel, ele já sabia quem era. Oliver!

- Então...

- Olá Gabriel - Oliver se levantou e segurou a gola da camiseta de Gabe

- Me larga, ser demitido não foi o suficiente?

- Não, eu só fiquei com mais raiva monamu!

- Então é só ir se fuder, ou melhor, dá trinta minutos de cu pro cavalo que passa

- O que você disse?

- Você escutou bem - Gabe segurou o pulso de Oliver e apertou

- Vagabundo - Oliver levou sua outra mão até o rosto de Gabe, e acertou em cheio, fazendo assim, um pequeno rasgo na lateral da cara - Tchau babaca - Oliver o soltou e o loiro caiu no chão

- O babaca aqui é você! - Gabe ainda no chão, Oliver se aproximou e chutou a parte do estômago do loiro, que acabou tossindo um pouco de sangue - Muito mal vai acontecer com você 

- Vou até esperar - Enquando Oliver saía pela porta, Gabe olhava com ódio e desprezo. Quando Oliver foi atravessar a rua, um ônibus pegou-o em cheio, fazendo ele voar a uns 19 metros.

- Clarie, chama a ambulância! Rápido - Gabriel disse tentando se levantar

Clarie então ligou para a ambulância e Gabriel foi até o corpo do homem e checou o pulso, estava batendo mas bem devagar. Gabe estava rezando para que a ambulância chegasse logo, mesmo com tanto mal que aquele homem fez a ele, não esperava que isso fosse acontecer. Gabriel sentiu uma pontada no estômago, doía muito, ele se deitou e esperou a ambulância chegar e acudi-los.

Demorou mas chegou, os médicos foram para Oliver, que se encontrava em um estado pior, ele foi levado as pressas para a ambulância e o atendimento foi rápido, usaram o desfibrilador para tentar melhorar os batimentos.

O socorrista veio logo em Gabe para verificar como ele estava, como Gabriel estava consciente, foram feitas perguntas para ele até a chegada no hospital. O loiro teve que explicar tudo o que viu e o que aconteceu com ele. Gabe passou dois números, o de Sam e o de Ash, que era amigo de Oliver.

Chegando no hospital, Oliver foi direto para a cirurgia, provavelmente ia ter uma recuperação bem mais lenta. Gabe foi levado para a internação e foram feitos exames para saber se tudo estava bem.

Sam chegou e foi direto para o quarto onde Gabe estava, o médico parou Sam e explicou toda a situação 

- Então Sam né?

- Sim

- Gabriel tem uma pequena hemorragia no estômago, mas nada que não seja controlável. Então estamos preparando ele para a cirurgia, que tudo irá ocorrer bem, então venha comigo e assine os papéis. - O médico explicou tudo e o conduziu para a sala de tesouraria, onde iria assinar os papéis do convênio.

/Faculdade

O sinal que deixava todos saírem para o almoço soou e Castiel apresentou a cantina para Roderick. Eles se serviram e se sentaram juntos.

Castiel sentiu uma mão passar pelo seu ombro e olhou para cima, era Dean

- Oi Dean! Que saudades

- Vim para o almoço, fiquei sabendo que conheceu um cara novo...

- Esse é Roderick, ele estuda uma aula comigo, mas ele faz engenharia

- Como assim?

- Nossas aulas coincidem, e só um dia fazemos as mesmas aulas!

- Nossa, e Roderick, prazer, sou Dean

- Oi Dean,prazer em te conhecer, você é o que do Castiel? 

- Ah o Dean? Ele é meu noivo!

- Opa, que legal! - Roderick sentiu uma decepção, pois um cara super legal já tinha um alguém, Dean percebeu o desânimo do garoto, e sentiu uma pontada de ciúmes

- Cas, preciso conversar!

- Vamos ali perto - Castiel puxou Dean e o loiro começou a falar

- Cas... o Roderick tem alguma quedinha por você... eu não gostei disso...

- Deeeaaan! Eu te amo! Não tenho olhos para outros!

- Cas, eu confio em você, sei que você não ia fazer isso! Mas eu sei la, tenho medo que aconteça algo igual ao Gabe...

- Gabe? O que aconteceu

- Ah é você não sabe, foi o Sam que me contou, o Gabe foi assediado no trabalho, e isso se repetiu várias vezes, eu não gostaria que isso acontecesse com você!

- Dean... Eu sou e sempre serei fiel a você! Porque te amo! Não tem o por que ter ciúmes! 

- Ta bom, desculpe!

- Tudo bem - Castiel beijou o loiro e puxou-o de volta para a mesa

- Roderick, você tem alguém que você ame? - Castiel perguntou

- É... - Roderick ficou corado - Tinha... minha ex namorada, mas eka me traiu e eu me separei... Então desde la não curto mais namorar.

- Ah, então ta bom - Castiel sorriu, o que fez Dean sorrir também

Dean recebeu uma ligação de Sam, que falou sobre Gabe e como ele estava. Falou também que não precisava vir, mas se Cas quisesse podia

- Então Cas... Seu irmão ta no hospital, ele teve uma coisa no estômago, quer ir vê-lo? 

- Pode ser, tenho que pegar minhas coisas

- Hey Cas, será que você poderia me levar junto? Meu pai trabalha la...

- Dean?

- Pode ser!

Os três subiram até a sala e pegaram suas coisa e foram até o impala

- Dean, carro bonito!

- Valeu! - Dean sorriu e entrou. Foram até o hospital e se separam de Roderick, que foi em busca do seu pai.

Gabe ainda estava anestesiado, iria acordar em uma hora, a cirurgia ocorreu bem e sem nenhuma complicação, porém iria ficar duas semanas no hospital para se recuperar.

Dean e Castiel abraçaram Sam e o confortaram, tudo estava bem, pelo menos para Gabriel.

Na sala de cirurgia, o cirurgião, Mark estava lidando com uma situação muito grave, praticamente todas as costelas de Oliver estavam quebradas e isso impedia que o pulmão funcionasse normal. Ele chamou a cirurgiã especializada em traumatologia para ajudar.

Tudo estava indo relativamente bem, até que o monitor disparou e o coração começou a parar, a reanimação começou e o desfibrilador foi usado direto no coração, que voltou a bater.

A Dra Morgan ajeitou as costelas e colocou pequenos apoios para não pressionar o pulmão novamente. Eles fecharam e o levaram para o quarto de observação.

A cirurgia durou em torno de 5 horas desde a chegada, Ash já estava la e recebeu todas as informações do médico. Se tranquilizou mas ainda estava muito chocado com o ocorrido.

- Dean... Vamos pra casa?

- Vamos. Sammy eu e o Cas vamos pra casa, amanhã nós passamos aqui e trazemos umas roupas para você.

- Tudo bem Dean - Sam abraçou Dean e Castiel e foi até a porta - Tudo vai ficar bem

Dean e Castiel foram, quando chegaram em casa, não estavam mais naquele pique de quererem sexo, estavam em uma vibe de hospital, o que era bem broxante.

- Então, quer dormir ou...

- Assistir série com pizza?

- Leu a minha mente!

Dean pediu a pizza e eles foram para o quarto e comeram toda a pizza assitindo Stranger Things, e logo depois de 3 episódios foram começar a se pegar, Dean passou sua mão por baixo da Camiseta de Castiel, e deslizou ela por tudo, Castiel sentiu o volume na calça do loiro e o apertou

- Estilo hoje de manhã! - Castiel disse e colocou sua mão por baixo da calça, fazendo Dean gemer

- Você quer me enlouquecer né Castiel! - Os beijos fora ficando mais e mais intensos, até que os dois se livraram do tecido que seprava seus corpos.

O atrito da pele dos dois era cada vez mais envolvente, os beijos esquentavam a noite fria e gelada, e tudo parecia maravilhoso como sempre.

Dean começou a descer os beijos, até chegar na cintura do moreno, aonde destribuiu beijos por toda a mesma. Chegou no membro ereto de Castiel e mergulhou a sua boca nele, fazendo os movimentos de vai e vem com a boca e sempre chegando até a base, algumas vezes se engasgou, mas nada que atrapalhasse. Castiel se derramou na boca do loiro, que engoliu até a ultima gota.

Dean umideceu seus dedos com o seu pre-gozo e os levou até a entrada do moreno, inserindo o primeiro dedo, e logo depois o segundo, que foi quando começou a fazer os movimentos de tesoura.

Dean colocou o terceiro dedo, e não demorou muito para retira-lo. Levou seu membro até a entrada de Castiel e o penetrou

- Ahh De...Ean... - Castiel gemia e fazia Dean de excitar mais, os ritmos aumentaram e Dean conseguiu alcançar a próstata do moreno, o que fazia o mesmo delirar.

Dean se apoiou nas costas de Castiel e levou sua mão até a mão do moreno e entrelaçou as duas. Com a sua outra mão ase apoiou no colchão.

Castiel segurava com força o lençol, até que ambos chegaram ao apse juntos.

Dean se jogou ao lado de Castiel e colocou sua boxer e o moreno fez o mesmo, desligaram a televisão e jogaram fora a caixa de pizza. Foram escovar os dentes e se deitar.

- Cas, falta umas quatro semanas para o casamento...

- Pois é... Está nervoso?

- Um pouco, amanhã vamos ver a lista de convidados?

- Pode ser!

- Castiel, eu te amo! 

- Dean... eu te amo! - Os dois se beijaram e adormeceram juntos.

/Hospital

Sam estava apagado na poltrona, se levantou rápido quando escutou uns barulhos no monitor cardíaco. Olhou e viu que estava um pouco alterado, chamou a enfermeira, que chamou o médico

Ele falou que era normal, já que estava respirando sem os aparelhos, mas para garantir deu 10mg de Amiodarona na veia

- Se perceber alguma mudança nos avise! - E eles se foram

Sam adormeceu novamente e acordou com os médicos falando

- O que aconteceu?

- O paciente teve uma parada cardíaca, mas agora controlamos, a enfermeira irá ficar aqui e cuidará dele, o senhor pode ficar.

- Obrigado senhor

O médico se foi e Sam dormiu novamente, só que desta vez só acordou pela manhã. 


CONTINUA...


Notas Finais


Gostaram?
Demorei 2 horas e um pouco mais, fiquei pesquisando remédios kakakaka

Mas enfim, me falei se gostaram anjos!

Amanhã seja muito um talvez eu postar, é menos da metade.

Ami vcs até amanhã ou até o próximo capítulo 😊❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...