História He's my Wish - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suga, V
Tags Bts, Chanbaek, Exo, Hunhan, Jikook, Taegi, Vhope, Yanchan
Exibições 39
Palavras 964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu fiz esse capítulo especialmente para o novo personagem.
^.^
Até que ficou aceitável

Capítulo 12 - ¤12¤


Como você deixou isso acontecer Yoongi?

-Yoongi...

Eu tentava consola-lo, eu não aguentava ver aquele ser humano chorando.

-não posso fazer nada...- ele continuava. Ver Yoongi chorando era como levar vários tiros. Saber que alguém conseguiu tirar sua armadura me enchia de ódio a cada momento- NÃO HÁ NADA QUE EU POSSO FAZER.

Ele gritou ainda chorando. Chorava muito, por ele.

-Não há nada que você possa fazer- concordei com sua afirmação recebendo mais lágrimas como resposta- Talvez, não fosse mesmo para acontecer...

O que eu havia falado?
Eu só queria consola - lo
Mas acho que aquela não era a resposta certa.

-Eu não sei....- ele parou de chorar por algum momento- Eu posso ficar aqui?

Claro, deve.

-O seu primo não vai ficar com raiva?

Não. Se ficar ele dorme com o namoradinho na rua.

-Por que ele ficaria?

Ele suspirou e voltou a me olhar. Seus lindos olhos se destacavam na pele branquinha.

-Você sabe que Chanyeol não gosta muito de mim...

Idiota. Chanyeol era simplesmente um idiota. Por que ele não podia aceitar que eu amava Yoongi, e parar com esse ódio gratuito?

-Eu não me importo- o abracei. Eu adorava abraçar Yoongi- Eu não me importo com o que aquele besta pensa.

Ele riu.

Aquele sorriso me derretia.

-Obrigado- ele apertou o abraço- Obrigado Sooyoung.

÷=÷

-Yoon?- era a terceira vez que o chamava e não recebia resposta. Eu estava ficando realmente preocupado- Yoon, vem comer.

Sai da cozinha indo em direção ao quarto de hóspedes, onde Yoongi estava.

Entrei e o vi comendo. Ele era lindo.

Não era à primeira vez que o via comendo pra caramba, na verdade, a maioria das vezes que eu o via, ele estava comendo.

E eu o conheci porque ele estava comendo.

~2 anos atrás~

Mas que porra, só porque eu sou o "monitor", não significa que eu deva passar o intervalo todo procurando o resto dos alunos.

Fome. Ai que fome.

Passei direto pela lanchonete indo em direção ao pátio central.

Eu sei que você está com fome Pâmela.

Pâmela foi o nome que eu dei a minha barriga. A única coisa legal que eu tinha tempo de fazer era dar nomes as coisas

-Ai, como ele é lindo

-Aqueles olhos verdes são totalmente raros.

-Ei, a mãe dele é americana não é?

-São só boatos, mas aposto que sim. Como um coreano nasce com olhos verdes e cabelos loiros?

Idiotas.

Idiotas.

Idiotas.

Idiotas.

São todas um bando de idiotas, piranhas e vadias.

-Sr. Park?- sinto alguém me puxando e me viro para ver quem é- O Sr. Min roubou meu dinheiro de novo.

Outro idiota.

Se você não sabe se defender o problema não é meu. Esconde esse dinheiro direito levzado. 

Mas como eu sou um monitor E um aluno exemplar....

-Eu vou cuidar disso.

Segui um caminho pouco frequentado por alunos. Estava atrás da escola quando escutei alguns gemidos.

Puta merda.

Sem medo segui os gemidos até encontrar o tal "garoto problematico" se deliciando com

-bolo?

Eu esperava falar isso para mim mesmo, mas acabei quase gritando a palavra "bolo"

-não cookies.

Aquele olhar como de quem não se importasse com nada.

Outro e mais outro idiota.

-o que você está fazendo aqui, Min Yoongi?

-O que você acha- ele se levantou e se aproximou de mim, lendo o minha identificação- Sr. Primeiro Monitor da Ala Sul, Park Sooyoung?

Aquela voz.

Ele estaria me ameaçando ou era só coisa da minha cabeça?

Ele se aproximou mais, ficando apenas uns centímetros de distância de mim.
Não sei por que mas, todo o meu corpo congelou.

Ele iria me.... bater?

Ele notou que eu não estava gostando daquela situação. Ele só podia ter notado.

-Sendo eu mesmo.

Segurei em seus pulsos até a porta da coordenação Sul. Esse maldito moleque estaria ferrado.
 
Estava me preparando para bater na porta quando aquela voz me invadiu novamente.

-Você sabe que já se passaram 15 minutos desde o início das aulas- CARALHO- Não sabe?

-Eles irão resolver isso.

-Ah- ele me virou e me prendeu contra a parede, ele estava me olhando enquanto eu tentava descobrir quais eram aqueles sentimentos presentes no meu corpo.

-Você será "demitido", enquanto eu- ele me soltou- Apenas serei suspenso alguns dias.

Demitido?

Eu não podia ser demitido.

Aquele era o único trabalho que me resultava do resto.

As notas também.

Mas o trabalho era mais importante.

-E...- ele se afastou- Eu sei que mentiu para a coordenação sobre seus hematomas.

Malditos hematomas.

-O quê?- tentei disfarçar, mas algo naquele rosto insistia a me deixar desnorteado- Do que está falando?

-Você sabe que um monitor, principalmente um do grupo dos Primeiros, não pode mentir, certo?- Concordei com a cabeça e ele continuou- Você sabe que aqui as vítimas são as peças podres, certo?

Não.

-Você sabe que irão te transferir....

Como assim?

-Você não estará nessa Ala para defender Chanyeol.

Não pode ser.

-Ele sofrerá mais que você, apenas porque ele assumiu que é gay.

Ele sabe.

Sempre houve esse tipo de preconceito com aqueles alunos. Alunos homofóbicos.  Chan apenas pediu Baek em namoro e os dois passaram um mês apanhando.

Inadmissível.

Eu não podia fazer nada a não ser me meter e apanhar junto.

Dar insignificantes advertências não adiantavam merda nenhuma.

Eles iriam me tirar e Chan ficaria, eu devia cuidar dele.

-Quanto você quer?

Ele riu.

-O que eu quero- me corrigiu- Eu não quero dinheiro.

-O QUE você quer?- queria a resposta logo. Um atestado? Uma advertência para alguma brincadeirinha? Seja o que for, eu farei.

-Uma companhia.

~Atualmente~

-Yoon- ele tirou a colher de sorvete da boca e encontrou meus olhos- Eu te prometi à dois anos que seria seu amigo- ele riu- então...- ele voltou a comer- pode confiar em mim.

-Eu sei.


Notas Finais


Eu sei que ficou meio merda, mas precisava ter essa base pro próximo capítulo.
Pra ser sincera eu já ouvi esse nome (Sooyoung) em algum lugar...

Se alguém souber me avisa.

~bye babies
♡¤♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...