História Hetéra ou Lésbica ? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yes or No
Tags Atração, Desejo, Romance, Tina Jitaleela
Exibições 63
Palavras 1.106
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Quero Shippar Produção.

Capítulo 6 - Aquele Olhar.


Fanfic / Fanfiction Hetéra ou Lésbica ? - Capítulo 6 - Aquele Olhar.

A Escola tinha que Cair, Eu detesto Estudar.

Harumi - Saio da Sala de Aula Fechando a mochila, logo vejo o Raí no colo de uns meninos e olho irritada - Desce Daí agora - Digo bufando enquanro coloco a mão na testa.

Raí - Vejo sair da Sala e se aproximar, Ouço e abro um sorriso Largo, - Me deixa monamour, Sou Diva eu tenho que brilhar.

Harumi - Vejo sorrir e logo ouço o que diz, Seguro em seu braço e lhe puxo pra perto, ssr em seu Ouvido: Preciso conversar Raí.

Raí - Sinto segurar meu braço e me puxar - Aí que brutalidade - Digo repuxando meu braço, logo ouço o ssr e Olho curiosa- Primeiramente é Ravenna. Desvio o olhar para os meninos, - Vão para o Dormitório e leva a minha mochila viu. Seguro sua mão e caminho com você.

Harumi - Ouço pedir os meninos pra sair, logo Caminho com você enquanto seguro sua mão, - É a menina do Aeroporto Raí.

Raí - Ouço e paro na sua frente, - O que tem ela ? Ela ta aqui ?. Seguro sua mão e te puxo para o banco, me sento esperando a resposta.

Harumi - Vejo parar na minha frente, Ouço, - Sim ela tá aqui. Sinto me puxar para o banco e logo me sento e abaixo a cabeça. - Pior Raí ela é minha companheira de quarto agora e eu não posso nem mudar.

Raí - Ouço e arregalo os Olhos surpreso. - Mentira Bixa, Sério ?. Coloco a mão na boca e logo cruzo as pernas. - Por que não pode mudar ?

Harumi - Levanto a cabeça passando a mão no cabelo enquanto ouço o que diz. - Sério Raí , eu não posso mais mudar porque antes eu Tava no quarto da namorada dela e por uma coincidência infeliz eu to no quarto dela.

Raí - Ouço e logo acaricio seu rosto, me aproximo e envolvo meus braços em seu ombro te abraçando, - Você diz que odeia Sapatão mas Não consegue Tirar uma da cabeça maninha,  Tá na hora de rever seus conceitos.

Harumi - Sinto me abraçar e logo fecho os olhos sentindo o calor do seu abraço, Ouço o que diz e Logo retruco. - Ta doido Raí ? quem disse que tô com essa sapatão Maluca na cabeça ?. Me levanto e saio andando até meu dormitório.

Raí - Ouço Retrucar o que eu falo e logo vejo sair andando, cruzo os braços - Isso Tem coisa. Me levanto e vou desfilando Para o Pátio.

Harumi - Chuto algumas pedras enquanto ando até o Dormitório, paro na frente do mesmo e olho atentamente, logo entro indo para o quarto, abro a porta e vejo que não tem ninguém e logo coloco a mochila no chão, Vejo a planta em cima da minha cama e logo pego a mesma e leio o bilhete, Abro um sorriso e coloco de volta sobre a cama Enquanto vou olhando os objetos da menina, Me deparo com um porta retrato e logo pego o mesmo olhando a foto, Passo os dedos sobre o rosto da Menina do Aeroporto.

Kim - Abro a porta e logo tiro meu Surippa ( chinelo ).

Harumi - Vejo abrir a porta e ao te olhar deixo o porta retrato cair no chão em câmera lenta.

Kim - Te olho e vejo deixar o porta retrato cair sobre o chão, desvio o olhar para o seu pé e vejo que cortou o mesmo.

Harumi - Sinto o meu pé doer e logo sento na cama e vejo o mesmo sangrar.

Kim - Vejo se sentar na cama com o pé sangrando, me ajoelho na sua frente e pego um pano e coloco em seu pé para estancar o sangue. - Eu Sou a Kim.

Harumi - Vejo se ajoelhar e colocar um pano no meu pé, assopro o mesmo e logo ouço o que diz, Olho em seus Olhos. - Péssimo momento pra se Apresentar. 

Kim - Ouço e sorrio de canto, tiro o pano de seu pé - Menina sem nome não entrou nem um caco de vidro, só cortou um pouco. Me levanto e vou até o armário e pego esparadrapo e algodão, volto para perto e me ajoelho e coloco os mesmos no seu pé. 

Harumi - Ouço e levanto um pouco a sombracelha, - Harumi, Meu Nome é Harumi. Vejo ir até o armário  e pegar umas coisas, vejo voltar e se abaixar novamente logo te olho as feições de seu rosto, sinto colocar o esparadrapo e o algodão no meu pé logo me abaixo pra ajeitar.

Kim - Ouço seu nome enquanto sorrio, vejo se abaixar para ajeitar o curativo e logo vejo seu rosto próximo do meu, fico séria Te olhando.

Harumi - Ao me abaixar para ajeitar o curativo, desvio o olhar para você e troco olhares, sinto minha respiração ficar ofegante.

Kim - Troco olhares com você e logo aproximo nossos rostos enquanto olho fixamente seus olhos.

Harumi - Vejo aproximar seu rosto, Olho em seus Olhos enquanto sinto um desejo de te beijar, Ouço batidas na porta e logo me levanto da cama com dificuldade me afastando.

Kim - Ouço batidas na porta e logo vejo se levantar, abaixo a cabeça e respiro fundo, me levanto e vou até a porta e abro a mesma.

Pie - Vejo abrir a porta e logo faço carinho em seu rosto enquanto entro no seu quarto, vejo a minha companheira de quarto, - o que você Tá fazendo aqui ?. Cruzo os braços ao perguntar.

Harumi - Ouço a voz da namorada da Kim e fecho os olhos de nervoso, Ouço a mesma entrar e me fazer uma pergunta, me viro e a Olho - Esse é Meu quarto Agora. Digo me sentando na Cama.

Kim - Ouço enquanto fecho a porta e caminho até a Pie, Olho a Harumi e logo abaixo a cabeça.

Pie - Ouço e logo me viro pra Kim, sorrio e dou um beijo na bochecha da mesma, - Vamos amor. Seguro a mão da Kim e saio com ela do quarto.

Kim - Ouço, sinto o beijo e sorrio - Vamos amor, Olho a Harumi e logo saio com a Pie, fecho a porta.

Harumi - Olho e logo desvio o Olhar para varanda até saírem, Ouço a Porta fechar e me levanto da cama, vou até o armário e pego minha camisola logo troco de roupa e me deito na cama pensando na Kim.

Raí - Desfilando pelo Pátio vejo a menina do esbarrão com a namorada, me aproximo sorrateiramente, e cruzo os braços - Que namorada azeda, Precisa de Uma Cor. Vejo as duas indo para o Refeitório e logo volto a dar voltas no pátio.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...