História Hex (H.S) Tradução - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Styles
Personagens Harry Styles
Visualizações 2
Palavras 524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamos lá eu exclui a outra do Haury pq é mta e eu tava desanimada, e talvez eu tenha gostado mais dessa, pelo menos esse cap eu ainda não li tudo akshaisuja. Disgurpa pelas pessoas q estavam gostando da outra, outra hora eu ainda posto ela.

BOA LEITURA.

Capítulo 1 - Hex (Harry Styles AU)


Fanfic / Fanfiction Hex (H.S) Tradução - Capítulo 1 - Hex (Harry Styles AU)

Prólogo

3 de novembro, 1941.

23: 21 horas.

Ofegante, eu corro para outro quarto, esperando que eles não me encontrassem. Os cachorros estavam latindo, suas patas vazias barulho no chão de madeira. Eu limpo o suor de minha testa, decidindo que é melhor me esconder no sótão do que aqui.

Com uma arma na mão, eu me levanto de meu esconderijo e corro para a escada que leva até o sótão.

"Ele pode estar em qualquer lugar. Encontrem ele!"

Eu sorrio quando chego no sótão, fechando a porta a escuridão enche o lugar. Eu suspiro de alívio. Ninguém pode me pegar, ninguém. Logo depois que me viro, a luz se acende e sou recebido por armas apontadas para mim. Droga. Eu olho para cinco pessoas diante de mim, sorrio para eles.

"Olá, cavaleiros."

"Harry Edward Styles! Você está preso por assassinar mais de cinquenta pessoas, e por matar o prefeito! Largue a arma agora."

Eu inclino minha cabeça para o lado, olhando para minha arma. "Você quer que eu solte isso?"

"Solte, Styles!" O chefe dos policiais diz asperamente, me fazendo rir. Eu coloco minha arma no chão, antes de levantar e tentar relaxar.

"O famoso Harry Styles, finalmente encontrado, depois de cinco anos e depois de várias tentativas para o controlar e o encontrar. Parece que você não é tão esperto assim." Ele ri.

Sem nenhum segundo de desperdício, eu pego rapidamente minha arma no chão e atiro nos quatro policiais, um foi baleado na cabeça, sangue escorre da ferida.

"Ninguém me pega! Ninguém!" Eu grito, apontando a arma para o chefe dos policiais, que cai no chão gemendo de dor, ele foi baleado na perna.

"Você está bem, senhor?" Olho para cima para ver a porta aberta, mais alguns policiais entram. Eu gemo baixo, sangue mancha minha calça.

"Sim, estou." Eu sinto todos os olhos em mim e não gosto nenhum pouco.

"Senhor, devo dizer aos homens para preparar o transporte?"

"Não." A resposta do chefe me deixa confuso, se eu não estou indo para prisão para onde eu estou indo?

"Rapazes, eu acho que já temos demônios de mais para lidar, é melhor nós já acabaremos com esse." Ele sorri.

"Maldito!" Eu grito. "Dane-se tudo para o inferno! Eu vou te caçar, cada um de vocês! De uma forma ou de outra! E vou cortar suas cabeças, a cabeça de sua família e a de seus netos! Maldito!"

"Mas senhor, que eu me lembre, nós não estamos autorizados para matar nossos prisioneiros, a menos que a sentença seja morte." O policial mais baixo diz.

"Você acha que esse bastardo merece viver? Ele matou pessoas por prazer! Ele não é um ser humano, é um demônio." O chefe fala. "Entendeu?"

"Sim, senhor."

Eu gemo de dor, mais uma vez, quando de repente alguém me chuta repetidamente. Mas eu não peço para pararem. Olho para minhas mãos, essas mãos mataram mais de cinquenta pessoas, incluindo o prefeito da cidade. Estas mãos que trouxeram tristeza, dor e ódio.

Eu fui virado, me fazendo olhar diretamente nos olhos do idiota. O chefe sorri, seus olhos escurecendo ao apontar a arma para mim.

"Vamos esperar que o Satã seja misericordioso com você, seu filho da puta." Ele cospe antes de apertar o gatilho. 


Notas Finais


Oie bbs pra deixar claro *A FANFIC NÃO É MINHA*
Todos os créditos vão para TriciaJeanL e Claere_ferraz.

Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...