História Hey! - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, The Walking Dead
Personagens Chandler Riggs, Personagens Originais
Tags Chandler Riggs, Mingus Reedus, Norman Reedus
Exibições 247
Palavras 1.039
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HHHHHOOOOOOIII
DESCULPA A DEMORA PLEAAAASSE
é que quinta e sexta eu tive feira de ciencias, sexta, sabado e hoje eu estava acampando, então estava foda
OBRIGADO PELOS QUASE 20 FAVORITOS <33

Capítulo 5 - Saves lives of aquarium


Fanfic / Fanfiction Hey! - Capítulo 5 - Saves lives of aquarium

-Robert eu te amo com todas as minhas forças!

 -Ha! Eu também queria te avisar que amanhã a tarde será seu primeiro ensaio fotográfico! Pode vir aqui no estúdio as 15:00 amanhã, os figurinos vão estar aqui, não se atrase!
-ok!
[...]
Depois de passar no banco e depositar uma parte do dinheiro, vou ao mercado comprar algumas coisas, chego em casa, resmungando quando vejo o tanto de roupas para lavar
Enquanto eu as colocava na máquina de lavar, kat me liga
-oi kat
-ou Lau, só quero te lembrar de que a gente vai se reunir na casa do Chandler quarta que vem
-ah claro!
-o endereço é *******, eu vou ai e vamos juntas
-claro! É aqui perto, podemos ir a pé!
-sim! Te vejo amanhã
-te vejo amanhã também, tchau!
-tchau!
Desligo o celular e coloco Bad Things da Camila Cabello e Machine Gun Kelly, enquanto vou cantarolando a melodia. Enquanto termino vou pegando a roupa para o "encontro" com o Alexander. Me sento na cama e pego o livro que ele havia me emprestado
Perco a noção do tempo enquanto leio, quando olho no relógio já são oito da noite, tomo um banho e coloco meu pijama de joaninha favorito, faço uma sopa e tomo em frente a tevê
[...]
Quando chego na escola vejo a Rapunzel me olhar de canto, com a cara emburrada, só reviro os olhos e vou para a super interessantíssima aula de física quântica.
-para onde vai depois daqui? - a maravilha em pessoa vulgo Alexander pergunta de surpresa
-ahh... Vou fazer um ensaio fotográfico para a série- ele abre um sorriso de lado
-acho que você vai se sair bem- seus olhos desviam dos meus e percorrem a extensão do meu corpo, e seus dentes se afundam no seu lábio - afinal, você não deixa nada a desejar 

Ele simplesmente sai e dá uma piscadela, me deixando completamente sem ar e surpresa. Eu levei uma cantada de um cara que é provavelmente o cara mais gato e fofo da escola.... Obrigado vida!

Eu já estava a caminho do estúdio para o ensaio fotográfico, eu sinceramente estava um pouco nervosa, sempre que eu via alguém fazendo ensaios desse tipo eu ficava pensando se não era estranho fazer várias poses na frente de um monte de gente, já que eu sempre fui tímida para fotos

-Oi Robert!

-Oi Lau! Pode ir até a sala 2, as roupas e o maquiador já estão lá

-Ok

Vou até a sala que ele disse e vejo uma penteadeira ao lado de uma arara de roupas, entre elas estava roupas comuns e características de apocalipse zumbi

-Oi amore! Eu sou o Galen, pode se sentar que eu vou fazer sua maquiagem. Primeiro vamos fazer fotos suas mesmo, depois da Angelina, ok?

-Ok!

[...]

-Muito bem! Isso! Agora ande pelo corredor com a faca raspando na parede, com cara de psicopata. Perfeito! Agora vai trocar de roupa rápido!

Estava sendo uma correria só, e eu achando que era fácil. Pego a roupa da arara e vou correndo me trocar, apesar de tropeçar algumas vezes na calça consegui sair viva. Por pouco.

-Ok Lau, agora você vai fazer as fotos com o Chandler, pode se posicionar ali e-

-Fotos com quem?!

-Chandler! C-h-a-n-d-l-e-r riggs

-Mas por que? - Pergunto parecendo uma criança birrenta

-Por que vocês são um par na série Dããr!

-Arg!

Vou contrariada até ele, que antes se encontrava a mexer no celular, agora me olhava como se quisesse arrancar minha alma pela boca

-Por que o Robert não me avisou que você ia estar no meu ensaio? – Pergunto

-Por que não te interessava   

-Se eu soubesse que a vaca dava coice eu jogava o capim mais de longe – sussurro alto o suficiente para ele ouvir e trincar os dentes

-Ok, cruzem os braços e encostem as costas. Isso! Façam cara de fodões! Perfeito! Agora Lauren, encosta a cabeça no ombro dele, um ar romântico

-Ew! Não!

-LAUREN UM PALHAÇO ASSASSINO!

-ONDE? TIRA – eu; por impulso; pulo no colo da Rapunzel e escondo meu rosto no seu pescoço, até ouvir os vários flashes seguidos

-PERFEITO!

-Vocês não fizeram isso

-Se não pelo amor, pela dor, você optou pela dor

-Ah, tanto faz, vamos terminar logo essas fotos – o Chandler fala mal-humorado

Terminamos as fotos uns 10 minutos depois, fomos para uma sala de aperitivos

-Por que me odeia?

-Eu não odeio você, eu odeio pessoas mal-humoradas. Principalmente as que brigam com você no meio do corredor da escola, por que a namoradinha terminou com essa tal pessoa na qual eu não vou citar a porra do nome

-Lá vem. Eu não vou me desculpar se é isso que você está esperando ok?

-Eu não pedi a porra das suas desculpas

-Fica na sua, que para ter moral comigo tem que ter pelo menos um metro de altura

-Desculpa aí poste ambulante

-Eu não vou discutir com alguém que tem medo de palhaços

-Desculpa ai destemido!

-Para de falar desculpa aí

-Desculpa aí irritadinho

-Vai tomar no cu

-Vai tomar no cu – imito fazendo uma vozinha fina

-Para de ser retardada!  Agora eu preciso falar da feira de ciências, depois a gente briga!

-Do que a gente vai falar peste?

-Totalitarismo ao extremo

-Ah, sério? A gente podia falar do militarismo

-Não!

 

-Por que não?

-Por que não ué

-“Por que não” não é resposta anta!

-É resposta sim!

-Está infeliz, a gente fala de totalitarismo, agora mudando de assunto... por que VOCÊ me odeia? –Pergunto

-Por que acha isso?

-Acho que já está bem claro por causa das brigas rotineiras, e do jeito que me trata

-Eu te trato normal, se você acha que eu te trato mal eu caguei para você

-Caguei para você –imito sua voz

-Para de ser infantil anã de jardim

-Isso é bullying! E eu não sou tão baixa assim!

Eu me levanto e ele faz o mesmo em seguida, e dou de cara com seu ombro

-Tamanho não é documento

-Tamanho não é documento – ele me imita- vê isso com o seu Alexander

-Eu não estou com ele!

-Que seja, agora, salva-vidas de aquário, se você quiser carona vem agora, por que eu já estou indo

-melhor que nada...


Notas Finais


EU INFELIZMENTE passo pelos mesmos problemas da lau
é triste ter 1,52 desde o ano passado
mas
a vida tem dessas né
look : http://www.polyvore.com/lauren_hey/set?id=209190882
obrigado pelos comentarios <333
comentem, deem opinioes, e tudo mais, aguardem que logo vira uma bomba!
BJOS DE PUDIM <333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...