História Hey, Daddy! Punish me - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Thebabybieber

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Kai, Lu Han, Mark, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Chanbaek, Huhan, Jivkook, Kaisoo, Namjin, Sulay, Yoonseok
Exibições 336
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ^-^

Capítulo 4 - Desisto


Fanfic / Fanfiction Hey, Daddy! Punish me - Capítulo 4 - Desisto

              Yoongi pov

  Pode até ser um pouco cliche pra você mas, desde de que beijei Hoseok digamos que me apaixonei por ele.

              Flash back on

Um sexta feira eu fui na casa de Hoseok para brincar, já que naquela época eu tinha uns 11 anos. Estávamos sentados em um banco que ficava de frente para seu jardim enorme. E do nada:

-Yoongi.- Hoseok me chamou e eu olhei pra ele.- Você já beijou?

Senti meu rosto ferver. Estava vermelho.

-N-não, e você?- olhei para qualquer lugar que não seja seu rosto. Afinal eu era um menino de 11 anos que nunca beijou, era até que, vergonhoso.

-Não.- olhou para o jardim.- Estava pensando. Por que não nos beijamos. Sei lá... Só pra quando for a hora não paga mico.-fala e sorri ainda olhando pro jardim.

- T-ta mas... Você não vai falar pra ninguém? - pergunto o olhando.

Ele murmura um "não" e se aproxima. Arregalei os olhos quando senti seus lábios nos meus. Ele logo pedi passagem com a língua e eu cedo.

Ele beija bem pra caralho.

Então comecei a olhar melhor pra ele. Ele era lindo.

Desde então continuo apaixonado por esse cavalo risonho.

Pensei em milhões de formas para eu me confessar porém todas elas eu teria que falar cara a cara com ele.

...

...

E se ele ficasse assustado? Ou talvez se afastasse de mim? Não! Isso seria muito ruim.

  Então eu comecei a ler mangas românticos -sim eu me prestei a ler isso- e Achei um em que a menina falava com o menino por mensagem, mas sem revelar que ela era sua colega.

Mês passado, no meu aniversário que  Hoseok não pode ir por estar na EUA. Eu fiquei muito triste. Claro que ganhei presente, bolo e tals, mais não era à mesma coisa...

Sem ele...

Quando fui decer para comer o bolo -pois fiquei trancado no quarto na festa toda- eu meio que... sei lá eu buguei então eu cai da escada.

  Bati a cabeça e, só me lembro de  acordar no hospital.

  O médico disse que a batida não foi nada mas, quando estava fazendo exames suspeito de eu ter uma doença no cérebro.

Entrei em uma máquina que parecia um tubo -Desculpa eu não achei o raios do nome da maquina.

Ele estava certo.

Me deu alta e disse que logo mandaria uma carta dizendo quanto tempo iria viver.

Pois é eu vou morrer.

......

Como o  médico disse eu recebi um carta depois de uma samana. Fiquei com medo de ver a carta então decidi guarda-lá em minha gaveta.

É agora.

Cá estou eu mandando mensagem para o meu melhor amigo o qual estou apaixonado. E mais, estou mandando foto de minhas coxas e pior vestindo de menina  -adotei esse hobby. 

  Não tinha mais nada a perder e também,  não morreria como um covarde.

           Flash back off

  Depois de assistir irmão urso, "nós" dormimos -Hoseok durmiu. Não consegui dormir com ele ali.

Depois de um tempo  pensando ouvi tipos uns gemidos do quarto da Yumi. Dei de ombros mas, Hoseok se levantou e foi ver o que era.

Levantei e olhei para os cantos procurando o quê fazer. Então achei...

O celular dele.

Antes dele me dar a senha eu já sabia. Que tipo de pessoa põem a senha como "Hoseokao".

  Olhei sua galeria e vi  dotos deles e minhas fotos ali. Pera... MINHAS FOTOS!?

Abri o álbun "suga" e...

Tinha fotos de mim dormindo e algumas com ele - quando eu me achava bonitinho.

Ouvi a porta abrir e gritei:

-HOSEOK!

-Que.- Ele diz calmo.

-QUE MERDA É ESSA PRAGA!- mostro o celular e ele arregala os olhos.

Não demora muito e ele começa a correr escada a baixo. Pego o travesseiro e deixo o celular cair no chão. Ele é rico mesmo, compra outro.

Comecei a descer as escadas correndo e vejo ele com o celular da mãe dele -que tava tomando seu famoso café no sofá. Nem ligando.- em mãos. Ele digitou algo o pôs o celular na orelha.

- EU VOU TE MATAR!-gritei

Ele começa a correr pela enorme manção falando com alguém no celular o que me deixou mais irritado.  Atirei, mas Atirei gostoso na cara dele o travesseiro.

- YOONGI DESCULPA VOCÊ TAVA TÃO BONITINHO!- Diz ele em súplica.

-BONITINHA VAI SER MINHA MÃO NA SUA CARA!

Ele sai da mansão indo para o jardim, ali vejo que estava quase anoitecendo.

- Yoongi, calma.- diz ele caminhando de costa. Ele estava encurralado entre eu e a piscina. - OK.  Desculpa!

-Por que caralhos fez isso!?- Ele começa a ficar perto de cair na piscina.


- É que você é tão bonitinho e-

Empurro ele dentro da piscina e sorri.

Tiro meus chinelos e aproveito que está calor e coloco meus pés dentro da piscina vendo Hoseok  voltar para a superfície.

-Acha bonito né?

Como ele estava com um camisa branca -depois que ele tirou o terno. Acho que esqueci de falar- deu pra ver seu abdômen.

Meu santo GD.

- Querido, lindo sou e-

Só senti uma mãos molhada em minha cintura me puxando para dentro da piscina.

-HOSEOK! Me tira daqui!

- Ué, saia você mesmo!-Diz debochado ainda segurando minha cintura para que eu não afunde. Essa porra é funda tá!

-Hoseok, para de graça.  Eu não sei nadar e essa piscina é muito funda.

  Ele sorri e solta minha cintura.

Filho de uma.. pura e boa mãe que é viciada em café.

Comecei  a me debater. Caralho Hoseok!

Ele volta a segurar minha cintura.
.....

....

Perto de mais!

Podia sentir sua respiração. Ele se a próximo e me deu um selar. O beijo séria longo se não ligassem a luz nós fazendo nos separar rápido -mais ele continuo segurando minha cintura.

Não demora muito e vemos duas praga pulando pra dentro da piscina.

-E aí.-diz Jungkook agarrando a cintura do jimin. Há eu não sou o único  anão nessa porra! Desculpe me alterei.

- Cadê o Taehyung? - pergunto percebendo que só tava os dois ali.

- Você sabe como ele adora a omma do Hobi né? - diz Jimin deitando no ombro do namorado.- Hoseok! Por que caralhos não está morto. Que saco! Pensei que vindo poderia pegar seu carro.

-haha! Sei como acalmar a fera. -diz batendo de leve na minha cabeça e piscando pro Jimin. Juro que te MATO!

-HOSEOK! SE VOCÊ NÃO TÁ MORTO PERA QUE EU TE MATO!- Nunca desejei tanto que Taehyung brotasse. - Cê  sabe né? Tá me devendo uma transa.

-Ah, Taehyung! Isso é  o que não falta.-Digo e Tae entra na piscina.

-Verdade.-Jimin fala e puxa Tae pela cintura.

                  Fogosos









Notas Finais


Obrigadaaa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...