História Hey, Guys! - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Bianca di Angelo, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Cronos, Dionísio, Frank Zhang, Frederick Chase, Gleeson Hedge, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Jason Grace, Katie Gardner, Leo Valdez, Luke Castellan, Malcolm, Miranda Gardiner, Nico di Angelo, Octavian, Paul Blofis, Percy Jackson, Perséfone, Piper Mclean, Poseidon, Prometeu, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Sally Jackson, Silena Beauregard, Thalia Grace, Travis Stoll, Tyson, Will Solace, Zeus, Zoë Nightshade
Tags Franzel, Jasiper, Percabeth, Thalico, Tratie
Visualizações 51
Palavras 608
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Annabeth


Eu estava lendo meu antigo diário, da época em que eu ainda me dava bem com Percy. Realmente eu escrevia muita besteira.

"Querido diário

Simplesmente não consigo acreditar no que aconteceu hoje. Eu estava andando com as meninas e paramos no Central Park. Vimos os meninos chegando e cada um chamou uma pra conversar. Percy me levou pra perto da fonte, e pude ver que sua cara não tava nada boa. Perguntei o que tinha acontecido com ele e ele respondeu dizendo que..."

E bem nessa parte a folha estava rasgada. Lembro que, à uns dois anos eu estava lendo o diário de novo e me irritei ao lembrar do dia e arranquei parte da folha. De verdade, não me arrependo de ter feito isso. A campainha tocou e eu fechei o caderninho cinza. Provavelmente era a Thalia, então eu estava tipo: foda-se eu tô em casa mesmo. Cabelo todo armado e pijama. Mas, como eu já disse e repito, foda-se eu tô em casa. Abri a porta e lá estava a Thalia com mala e tudo.

— Oi - eu disse e ela sorriu.

— Consegui - ela disse e eu a abracei.

— Vem. Vou ligar pra Katie que aí a gente faz uma festa do pijama - eu disse e ela assentiu com a cabeça, subindo as escadas em direção ao meu quarto.

Segui até meu celular que estava em cima da estante. Liguei pra Katie e ela disse que vinha daqui a uns vinte minutos. Subi para meu quarto onde Thalia já separava as coisas para tomar banho.

— E então? - Perguntou.

— Ela vem daqui a uns vinte minutos - respondi e ela balançou a cabeça.

— Annie, será que lá é realmente melhor que a Half-Blood? - Perguntou.

— Eu tenho certeza. Diferente dos nossos pais, Deméter é uma mulher preocupada com as filhas. Não iria colocar Katie em uma escola igual ou pior a Half-Blood. Katie só estava lá porque ainda não tinha conseguido vaga em outra escola - respondi e ela pareceu conseiderar minha resposta.

— É, você tem razão. Eu acho que a gente pode ser daqueles alunos que ficam o ano inteiro na escola. Ia ser bem melhor não ter que encarar Hera nas férias - ela disse.

— É. Se minha mãe não deixar, foda-se. Ela nem se preocupa comigo mesmo, faço o que quiser da minha vida - falei dando de ombros e Thalia sorriu orgulhosa.

— Essa é a minha garota - ela disse.

***

— Meninas, preciso contar uma coisa - Katie disse meio tensa.

— Pode falar - eu e Thalia falamos juntas.

— É que eu acho que tô ficando doida. Eu tava indo tomar café e eu achei que vi o Travis saindo da janela do quarto da Miranda - ela disse e eu fiquei confusa. Thalia ficou aliviada.

— Eu pensei que fosse só eu. Quando estava no táxi pra vir pra cá pensei ter visto o di Ângelo na calçada - ela disse.

— Eu não vi nada. Ainda bem, não sei o que iria fazer se visse o Percy. Mas como vocês sabem que são eles? Já passaram tantos anos, devem estar muito diferentes - falei.

— Eu sei. Mas eu já sabia que era o Travis. Não me pergunte como, eu só sabia - Katie disse e Thalia concordou.

— Comigo foi a mesma coisa - Lia disse.

— Fiquem quietas. Tem alguma coisa na varanda - sussurrei e elas viraram a cabeça para a cortina onde estavam três sombras altas e masculinas.

Cheguei perto e, ao puxar a cortina, não encontrei nada, só minha cadeira balançando. O que era estranho era que não estava fazendo vento nenhum. Alguma coisa estava muito estranha, e nós iríamos descobrir o que era.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...