História Hey Mom, I'm Gay!


Escrita por: ~


Sinopse:
Não espero que entenda, só que continue me amando, porque mãe, eu sou gay.

Jungkook!Centric | OF | Doubble | Jungkook!AU
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 494
Favoritos 159
Comentários 24
Listas de Leitura 30
Palavras 427
Terminada Sim
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Aceitacao, Bts, Droubble, Gay, Homossexualidade, Jungkook, Jungkook!centric

Fanfic / Fanfiction Hey Mom, I'm Gay!
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
.Ei Mãe!
12
323
231
 
2.
.Ei filho!
12
171
196

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~sadwxyz
Capítulo 1 - .Ei Mãe!
Usuário: ~sadwxyz
Usuário
O que dizer, não é? Bom, eu tenho um pai adotivo, já que meu pai biológico não me procura e eu quase nunca o vejo, mas quando nos vemos nós discutimos. Ontem eu falei pro meu pai sobre uma garota gostar de outra garota, mas foi um problema com minha amiga. Ele apenas disse "A mãe dela é louca. Se fosse minha filha, eu aceitaria na boa". Ele tem uma filha, que já gostou de mim, mas ei a considero irmã. Ela perguntou pra ele o que aconteceria caso ela gostasse de garotas, ele disse que aceitaria. Minha mãe já é outro caso. Ela é cristã, então segue os negócio da bíblia e não aceita de jeito nenhum os bissexuais, as lésbicas, os gays e os transexuais. Eu já pretendia falar com meu pai, mas depois disso eu quero ser quem eu sou, sem medo de ser feliz. Se gosto de garotas e garotos, apenas irei jogar tudo para o alto e viver a minha vida. Não é porque tenho apenas 10 anos que não posso ser quem sou. Sexualidade não se escolhe, vem de você. Essa fanfic foi simplesmente.. Maravilhosa. Você me ajudou tanto com tão poucas palavras que estou altamente surpreendida. Continue assim, huh? Seu futuro é brilhante como escritora e designer. A cada história sua que leio, fico cada vez mais tocada e apaixonada. Você consegue transmitir bastante coisa em suas palavras, e eu gosto disso.