História "Hey Noona" - Imagine B.M (K.A.R.D) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias K.A.R.D
Personagens B.M, J.Seph, Jiwoo, Personagens Originais, Somin
Tags Imagine, Kard
Visualizações 415
Palavras 2.045
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Crossover, Escolar, Famí­lia, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá
Boa
Leitura

Capítulo 20 - "Provador"


- E de quem é esse perfume?

- Na onde?- sai de dentro do closet.

- Na cama- fez um cara seria.

- Eh...da... Sohyun..

- Oque a Sohyun tem aver com perfume masculino?- me encarou.

- Você está desconfiando de mim?- perguntei seria.

- Não sei, tem motivos?

- Não! Ela usa perfume masculino, e ela estava aqui hoje.

TOC TOC TOC

- Entra!- ele voltou sua atenção para a porta.

- Desculpe atrapalhar, mais tem uma mulher querendo falar com a senhora.

- Fale que já gostou indo.

- Tá bom.

- Cláudia!- ele a chamou.

- Sim?

- Sohyun veio aqui?- perguntou me olhando.

- Sim, pela tarde....algo mais?

- Não, Obrigado.

Ela saiu e eu suspirei aliviada.

Ele me olhou e entrou no banheiro. Quando eu ouvi a água do chuveiro cair, peguei meu celular e mandei mensagem pra Sohyun.

Mensagem​ on - Sohyun.

- So

- Oi?

- Se o William entra em contato com você diz pra ele que você usa perfume masculino, só se ele perguntar.

- Oque você aprontou?

- B.M dormiu aqui.

- Você é louca?

- Ah cara..

- Ah cara eu ia morrer um pouco se meu marido descobrisse.

- Ele não vai.

- Pare de ir atrás desse garoto se você não quer nada, pare de brincar com os sentimentos dele, (S/n)!

- Não estou!

- Você gosta dele?

- Eu não sei.

- Viu. Se o William descobrir pode acontecer algo com ele.

- Olha isso eu já não sei...

- Oque quer dizer?

- O B.M não é santo, ele meio que participa de algumas coisas.

- Tipo ilícitas?

- Tipo ilícitas...

- Aigoo (S/n) tome cuidado.

- Com quem?

- Com os dois!

- Tá... Obrigada.

- De nada, estamos aqui pra isso, certo?

- Sim...

- Amanhã vai ter uma festa na casa da minha amiga, vamos?

- Que horas?

- Às 09:30 PM.

- Tá vou ver aqui.

- Não pode levar marido, namorado ou ficante.

- Só é de mulheres?

- Não, apenas os homens lá.

- Tá bom.

- Beijos vou pro trabalho.

- Beijos.

Mensagem off.

O Will saiu do banheiro e foi pró closet.

- Como foi seu dia?- perguntou deitando na cama.

- Normal, mais hoje eu saí com o Lorenzo.

- Pra onde?

- Sorveteria.

- Deveriam ter passado lá no escritório.

- Não, da última vez não deu muito certo, por conta da sua secretária.

- Aquilo faz tempo.

- Mesmo assim.

- Tá, boa noite- me deu um selinho e virou de costas pra mim.

- Boa noite-falei.

B.M P.O.V

- Onde você estava?- a vó perguntou assim que abri a porta- você passou o dia inteiro fora de casa, e não dormiu.

- Estava com a Noona, e agora a pouco estava na casa do J.

- Aish fale comigo antes de fazer isso.

- Me desculpe vó..- falei.

- Tá com fome?

- Sim..

- Fiz aquele arroz que você gosta...

- Eeeba- fui pra cozinha e ela bateu na minha mão quando eu fui pegar o prato.

- Vá tomar banho...

- Vó...- choraminguei.

- Vá!

Subi as escadas e fui pró banheiro, tirei a blusa e do de cara com uma super marca roxa na minha cintura.

- Aish...

Tirei a calça e a cueca e entrei no box, abri o chuveiro e entrei embaixo.

(...)

- Matthew Kim! Está frio e você está sem blusa?

- Vó eu não....

- Depois fica doente...

- Aigoo- subi e peguei uma blusa de frio- pronto.

- Tome, coma tudo...- falou saindo dá cozinha.

DIN DON DIN DON

- Aishhh! Quando vou poder comer em paz?- me levantei e fui abrir a porta- Que?

- Posso dormir aqui?- Jiwoo perguntou cabisbaixa. Levantei seu rosto e tinha uma marca roxa.

- Oque foi isso?

- Eu me machuquei- sorriu forçado.

- Como?

- Na...na porta..

- Entra- ela entrou e se abraçou- quer comer?

- Sim.

A levei para a cozinha e coloquei o prato dela.

- Aqui..

- Obrigada...

- Me conta oque foi isso?

- Nada B.M

- Como nada?! Olha isso- segurei seu queixo.

- Aí!- reclamou tirando minha mão.

- Oque foi isso Jiwoo?!

- B.M por favor não se meta...

- Somos amigos, te considero uma irmã, como não posso me meter na vida da minha irmã?

- ...

Ela comeu e fomos para sala. Sentei no sofá e ela no outro.

- Foi seu pai?

- Não...

- Quem te bateu Jiwoo?

DIN DON DIN DON DIN DON

- Oi ?!- abri a porta e dou de cara com a Somin e o J- Oque estão fazendo aqui?

- Viemos comer..- J falou entrando.

- Amiga também viu comer? Oh oque ouvi com seu rosto?- Somin perguntou sentando do lado da amiga.

- Nada...

- Alguém bateu nela.

- Quem te bateu Jiwoo?- J perguntou

- Ninguém, eu machuquei.

- Como conseguiu machucar seu olho assim?

- Bati na porta.

- PARA DE MENTIR JIWOO!- Somin abraçou á amiga como se já soubesse o porque da agressão.

- Eu... Foi o Yong...- falou e seus olhos logo se encheram de água.

- Oque?! - J falou.

- Porque?- perguntei.

- Foi por causa da Jisun?

- Sim...

- Jiwoo..- Somin abraçou ela.

(...)

Todo os três dormiram aqui. Na verdade colocamos um colchão na sala e dormimos lá.

(...)

- Bom dia!- Somin ​falou alto.

- Cala a boca!- J empurrou ela com o pé, fazendo ela cair em cima de mim, e bater o cotovelo nas minhas partes sensíveis.

- OH MY GOD!- gritei.

- Oh meu Deus! Me desculpa- falou.

- Nossa cara tá doendo?- J perguntou rindo da minha situação.

- NÃO...FOI MARAVILHOSO! SEU PUTO DESGRAÇADO!- gritei.

- Nossa ... Toma- Jiwoo me deu uma sacola com gelo.

- Aí....- choraminguei.

- Quer que eu chame a Noona ?- Somin perguntou rindo.

- Uhum..- fiz bico.

- Olha celular de última geração...- J falou.

Ligação on - Noona..

- Noona? Por favor não me sinto bem... vem aqui em casa.

- Oque aconteceu?

- To passando mal!

- Tá espera, já tô indo.

Ligação off.

- Tadinha B.M- Somin me bateu.

- Você fica quieta, por sua culpa não terei filhos mais...

- Dramático!

(...)

DIN DON DIN DON

Abri a porta e lá estava ela. Ela me olhou de cima a baixo e fez uma cara feia.

- Oi- falei sorrindo.

- Não estava passando mal?

- E que a Somin atingiu meu B.M ...- apontei pró meu pênis.

- Fala sério! Me tirou de casa pra isso...

- Eu disse pra ele que era maldade- Somin falou atrás de nós.

- Realmente- ela falou pra Somin.

- Entra- dei espaço e ela entrou.

- Oi pessoal- falou.

- Oi Noona!- J falou sorrindo.

- Oi- falou e me olhou com cara de " como assim ? Agora todos vão me chama de Noona?"

- Ela é minha Noona- a abracei por trás.

- Sou é?- perguntou.

- Sim...- sorri.

- Aish...não precisamos ver isso- Somin falou.

- Jiwoo oque aconteceu com seu olho?- perguntou.

- Pode examiná-la?- perguntei.

- Sim... licença Jiwoo...- ela sentou do lado da Jiwoo e olhou o olho dela- talvez fique vermelho, mais é normal por conta da pressão. Consegui ver ?

- Um pouco embaçado.

- Porque não disse antes?!- perguntei irritado.

- Não queria deixar vocês preocupados.

- Calma B.M- Noona falou calma.

- Olha pra mim..- falou pra Jiwoo

Ela olhou e a Noona não mexeu na Jiwoo.

- Você vai ficar com esse problema por alguns dias.

- Tudo bem...

- Acho que já está na hora de vocês irem embora pra faculdade..- a Noona falou.

(S/n) P.O.V

- Ah não...

- Hoje eu posso levar vocês...- falei.

- Pelo menos não vamos precisar pegar ônibus.

- Não posso ir com o rosto assim.

- A gente pode fazer uma maquiagem- Somin sugeriu.

- Tá.

Elas subiram o J.Seph foi atrás.

- Ei- chamou minha atenção.

- Que?

- Oque olha tanto nele?- perguntou.

- Ele chama atenção... é bonito.

- Hm..- falou indo pra cozinha.

- Ficou com ciúmes?- o abracei por trás.

- Não...- pegou um copo e encheu de água.

- Hm...mais ele é muito bonito- falei indo até ele.

- E sim, ele gostou de você..

- Sério?- perguntei animada.

- Uhum...

- Bom saber.

- Então acho que eu não vou para escola- J.Seph falou entrando na cozinha.

- Porque?- B.M perguntou

- Não tô afim...- me olhou- você é rica?

- Não...

- Só o marido dela- B.M falou.

- Hm.

- J e interesseiro.

- Não sou não.

- Então porque perguntou isso pra ela?

- Por causa do carro.

- Mais precisamos ir.

- Porque?

- Por causa do Yong.

- Tinha esquecido.

- Oque tem esse Yong?- perguntei.

- Foi ele quem bateu na Jiwoo- J falou.

- Porque?

- A menina que a Jiwoo gosta é namorada dele.

- Nossa...

(...)

Levei eles para a faculdade. Mais chegando lá, os alunas disseram que não tinha aula hoje.

- Então pra onde vamos?- J perguntou

- Não sei vocês , mais eu vou resolver um negócio- B.M falou saindo do carro.

Ele andou rápido e deu um soco em um cara que caiu no chão.

Sai do carro junto com o J e a Somin e fomos tira o B.M de cima do cara.

- Você é louco de bater nela?- B.M falou assim que o J tirou ele de cima.

- Aiai- riu nasalmente, cuspiu sangue e depois passou a mão na boca- tá protegendo essa lésbica!- falou.

- Cara cala a boca!- B.M falou.

- Aquele coisa deu em cima da minha namorada!- falou.

O J.Seph soltou o B.M.

- Olha como fala dela!- novamente o B.M foi pra cima do cara.

- B.M para!- falei.

- Chega cara- J falou.

- Vamos embora- entrei no carro e logo após os meninos entraram junto com a Somin.

- Cara aquilo foi demais!- J falou.

- Droga!- passou a mão na boca.

(...)

- Entra- falei abrindo a porta.

- Aish!- reclamou.

- Lorenzo está na escola, e as cozinheiras foram fazer comprar.

- Hm.

- Vem- o puxei pró quarto, fui na banheiro e peguei o kit.

- Ah não...- fez bico. Beijei e fui me afastar , mais ele segurou minha nuca e continuou o beijo, quando o ar faltou ele me soltou.

Sentei em seu colo e segredo seu queixo e comecei​ a passar o algodão na machucado. O Yong não tinha só apanhado, ele também bateu no B.M.

- Aí!- reclamou quase me derrubando no chão.

- Fica quieto- me mexi em seu colo.

- Aigoo!

- B.M!- dei uma rebolada sem querer. Ele ficou parado na mesma hora- B.M!- bati no braço dele ao sentir um volume se formando embaixo de mim.

- Aigoo Noona! Saia do meu colo...

- Deixe-me terminar isso....

- Aish...- apertou minha coxa.

(...)

- Vem aqui..- o chamei com o dedo.

- Que?- perguntou encima de mim.

- Quero um beijo- fiz bico e ele selou meu lábio.

- Mais um?- perguntou beijando meu pescoço.

TOC TOC TOC.

- Quem é?- perguntei colocando minhas mãos gélida por debaixo dá blusa dele, na mesmo ele se arrepiou com o contato das​ minhas mãos, com o corpo quente dele.

- Senhora...a sua amiga está aqui...

- Sohyun?

- Sim..

- Fale que já estou indo...- me levantei mais ele me puxou- B.M! Preciso ir ...

- Precisa não!- me beijou, segurou minha cintura e roçou seu pênis na minha perna. Bati no seu peitoral e ele me soltou.

Desci as escadas e vi a Sohyun na cozinha comendo algo.

- Oi gulosa.

- Oi... Vamos no shopping?

- Fazer?

- Compra oque mais seria?- B.M perguntou entrando na cozinha.

- B.M

- Oi Sohyun.

- Então vamos? Hoje é sexta e tem festa.

- Tinha esquecido.

- Vamos?

- Sim, vou me arrumar.

Subi e fui tomar um banho rápido. Vesti uma calça jeans e uma moletom.

- Vamos...

O B.M ia junto com a gente. Então ele foi dirigindo.

- Quando vai pedir o divórcio?- perguntou.

- Aish não quero falar sobre isso..

- Vocês estão tendo alguma relação?- perguntou.

- Não...- B.M falou.

- Sim...

- Então?

- Estamos mais ninguém que é amigo do William pode saber.

- Por isso você tinha que fazer isso logo.

- Você não o ama mais.

- Fiquem quietos- falei.

(...)

Chegamos no shopping e fomos na loja de roupas.

(...)

- Essa ?

- Não.

- Que tal essa?- Sohyun perguntou.

- Não.

- Essa?

- Não...Aish!

(...)

- Essa tá linda- me olhei no espelho e gostei da roupa.

- Quero ver.

- Não..

- Vou entrar.

- B.M

Tirei a roupa rápido antes que ele achasse vestiário que eu estava.

- Nossa...pra que essa langerie?- perguntou entrando no provador, fechou a porta atrás de si.

- Sai daqui - falei.

- Vou pagar o meu - Sohyun falou.

- Tá!.

- Quero te foder aqui!- falou abrindo a calça.

- Você é louco?

- Sou...- beijou meu pescoço.

- B.M...- mordi os lábios quando ele colocou sua mão por dentro da minha calcinha.

- Vamos Noona não me impeça , vamos terminar isso logo.

- B.M podem nos...aah.- seu dedo entrou em mim- nos ouvir.

- Não vai, você não fará barulho- abaixou a calça junto com a box. Tirou minha calcinha e me pegou no colo e segurou minha bunda, entrelacei minhas pernas em sua cintura. Ele apertou minha bunda e entrou facilmente em mim.

- Aah- gemi, o puxei e o beijei para abafar meus gemidos.

(...)

Foi uma rápida, mais foi gostoso.

Ele saiu e eu me vesti, sai do provador e fui pagar minha compra...


Notas Finais


Até mais e bom final de semana


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...