História Hey, soul sister - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Akaashi Keiji, Asahi Azumane, Bokuto Koutarou, Daichi Sawamura, Hajime Iwaizumi, Ittetsu Takeda, Keishin Ukai, Kenma Kozume, Koushi Sugawara, Ryuunosuke Tanaka, Shouyou Hinata, Tadashi Yamaguchi, Tetsurou Kuroo, Tobio Kageyama, Tooru Oikawa, Yaku Morisuke, Yuu Nishinoya
Tags Asanoya, Bokuaka, Daisuga, Haikyuu, Iwaoi, Kagehina, Kuroken, Romance, Tsukkiyama
Visualizações 44
Palavras 905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Dois capítulos no mesmo dia? Simmmmm. Aproveitem e espero que gostem. <3 ;)

Capítulo 2 - Despedida.


-Hinata, mande notícias- minha avó dizia com a voz embargada pelo choro da despedida- vê se coma bem. Beba leite certo? Tem cálcio, é bom pros ossos, se acontecer algo nos ligue, se quiser voltar nos ligue, lembre-se, você foi criado aqui e a Rússia é a sua primeira casa apesar de tudo. Não se esqueça de tomar o antialérgico quando sua rinite atacar. Ponha casacos, não ande com pouca roupa, causa gripe, você sabe né?

-Vó... - falei suspirando- vou sentir muito a sua falta!

-Eu também vou sentir a sua, querido, venha nos visitar, não se esqueça dos seus avós, ouviu?

-Oh, deixe o menino pegar o avião... - meu avô se meteu na conversa já com a feição irritada. Ele era muito ranzinza, sentiria falta dele- Escute Shoyo, nos ligue a hora que precisar, não gosto de despedidas, mas somos seus avós e sempre estaremos aqui para lhe receber, certo?

-Certo- mais uma vez o embarque do meu vôo foi anunciado- eu tenho que ir, eu amo vocês. - falei me dirigindo ao portão de embarque, andando de costas e acenando

-Mande lembranças a Natsu e seus pais, certo?- minha avó dizia enquanto acenava, concordei com a cabeça sorrindo e entrei no portão de embarque. Japão aí vamos nós.

 

 

Kageyama

 

As aulas do colegial começariam em poucas semanas. Após uma tentativa falha de entrar no Instituto Shiratorizawa decidi ir ao Karasuno. Apesar de estarem meio apagados do cenário do vôlei soube que teriam chances do treinador que um dia levou à escola aos nacionais voltar e isso era o bastante para me deixar agitado. Amo vôlei com todas as minhas forças e gosto de dar tudo de mim quando estou jogando. Apesar disso, minha experiência com isso na minha antiga escola foi um tanto quanto dramática. Eu sempre tive a personalidade arrogante e individualista o que fez com que eu não me desse bem com os meus antigos colegas de time do kitagawa daiichi. O rei da quadra. Era como todos me chamavam, apesar de soar bem como um elogio, não era exatamente o que significava pra mim, me trazia lembranças ruins, sentimentos ruins. Soco a parede ao lado da minha cama remoendo o passado.

-Isso vai mudar... - murmurei pra mim mesmo- vai mudar. É um passo novo, em uma nova direção.

 

Hinata

 

-Senhor?- ouço uma voz me chamar, abro os olhos lentamente- Venho lhe informar que já pousamos. Estamos em território japonês e já estaremos efetuando desembarque.

-Obrigado- falo sorrindo e esfregando meus olhos que ainda não estavam totalmente abertos devido ao sono. Japão então? Aos poucos as pessoas foram saindo do avião, isso inclui a mim, obviamente, me dirigi até o portão de desembarque procurando por um rosto conhecido, olhei em volta e nada. Será possível que não teria ao menos uma alma viva ali pra me guiar no país do qual eu não conhecia absolutamente nada? Sinto algo puxar minha camisa, olho pra baixo e meus olhos se encontram com uma pessoa de estatura baixa, tinha os cabelos ruivos e desarrumados, seus olhos brilhavam em um tom castanho claro, assim como os meus.

-Onii-chan?- ela fala me olhando confusa

-O que?- falo cerrando os olhos em direção à garota- Ah, claro. Você deve ser a Natsu, certo?- me abaixo até ficar em sua estatura e afago os cabelos dela

-Oh, sim- ela fala eufórica enquanto sorri e dava pequenos pulos demonstrando entusiasmo

-Natsu... - ouço alguém chamar- Shoyo... - era minha mãe, essa já demonstrava a emoção estampada na sua cara

-An, oi- falo tímido enquanto passo a mão na nuca- tudo bem?- era minha família, certo? Por que eu estava agindo assim?

-Filho, parece fazer anos- ela diz me abraçando, para logo depois me soltar e segurar em meus braços- você está tão grande! Eu senti tanto a sua falta, não consigo nem acreditar que está aqui, vamos, eu levo suas malas- ela disse enquanto já pegava minhas malas com uma mão, enquanto na outra Natsu permanecia agarrada, caminhamos em direção ao carro, Natsu foi colocada no banco traseiro enquanto eu me sentei no carona, à frente, ao lado de minha mãe

-Querido, seu pai não veio, mas disse que sente muito- ela disse enquanto dava partida- Ele está atolado com os papéis da empresa, você entende não? Estávamos com saudades suas, temos tantas coisas a conversar. Antes de tudo já vou lhe dizer que já preparei tudo sobre sua nova escola- ela disse enquanto mexia no porta-luvas, eu apenas ouvia- Realizei sua matrícula no colégio Karasuno, é um ótimo colégio, tem ótimas referências e creio que vá gostar- ela me entregou um panfleto sobre o colégio, haviam informações sobre clubes, história, horários e outras coisas que julgaram ser importante para complemento.

-Legal... - falei enquanto lia- Obrigado- sorri

-Oh, já preparamos um quarto só pra você, acho que irá adorar, usamos tons quentes, mas poderá mudar se assim desejar certo?- ela era tão animada, lembrava a mim em vários aspectos

-Adoro cores quentes, não será necessário- sorria tentando demonstrar o quão feliz estava de ouvir que a Hinata mais velha ainda lembrava-se do tipo de cores que eu gostava, olhei o retrovisor para ver uma Natsu olhando pela janela- Natsu?- chamei fazendo com que ela voltasse a atenção pra mim- Você vai brincar muito com o seu onii-chan, certo?

-Sim- ela concordou com a cabeça demonstrando animação, sorri. É, as coisas por aqui realmente serão diferentes.


Notas Finais


AAAA, como eu disse nos comentários a partir de segunda teremos capítulos mais longos e focados na vida escolar, no clube e obviamente nos nossos tão amados ships. Vejo vocês na segunda e muito, muito obrigada por lerem até aqui. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...