História Hey Stalker! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Lu Han, Sehun, Xiumin
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Exo
Visualizações 18
Palavras 812
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - O N E


Para alguém que é um estudante no terceiro ano do ensino médio é bem comum stalkear as pessoas. Claro, isso se você é um popular com intenção de fazer amizade com todos. Mas se você é um dos garotos estranhos que sentam no fundão, não dão a mínima para ninguém que apareça em sua frente e principalmente: tem poucos amigos, conhecer uma pessoa nova não faz diferença alguma em sua vida.

Mas quando seu melhor amigo te pede pra stalkear o crush dele só porque você é quase um profissional nisso, as coisas aparentam não fazer muito sentido.



Prazer, park chanyeol. 16 anos, e stalker temporário de byun baekhyun. Um garoto estranho que ninguém sabe nada sobre.

Ooh sehun, meu melhor amigo, é apaixonado por esse baixinho estranho. Não que eu seja o mais normal pra chamar os outros de estranhos, mas esse garoto é realmente estranho.

Toda essa história começou quando eu surtei por simplesmente não aguentar mais ouvir sehun falando sobre esse tal baekhyun. Era byun pra lá, byun pra cá, byun isso, byun aquilo. Eu já não estava aguentando mais. Então ele me pediu um favor e fez uma proposta: o mesmo disse que se eu descobrisse tudo sobre byun baekhyun em duas semanas nunca mais iria ouvir o nome dele saindo da boca de sehun. E como eu já não aguentava mais aquilo, trato feito.

Agora eu tenho duas semanas pra stalkear e descobrir tudo sobre o projeto de anão de jardim.

Minseok achou essa ideia uma loucura, de acordo com ele, era impossível eu descobrir tudo sobre o byun em apenas duas semanas, foi aí que sehun resolveu me dar mais três dias. 

– chanyeol eu não acredito que você vai fazer isso.

– é minseok, eu vou. Eu já falei isso.

– se você tiver uma nota baixa na prova não diga que eu não te avisei. – o baixinho adora dar uma de mãe pra cima de mim.

– minseok relaxa, eu não vou reprovar.

– se você diz né chanyeol... – pronto, agora eu arrumei duas mães.



Eu comecei a stalkear o byun minutos depois que aquela conversa acabou. Saí de perto dos garotos estranhos, também conhecidos como meus amigos e fui procurar pelo anão de jardim, incrível como eu procurei nos quatro cantos do mundo e achei ele escondido no lugar onde o zelador guardava os materiais de limpeza. Ele estava lá, todo encolhido no meio das vassouras e os esfregões, com um caderno e um lápis nas mãos. Não demorou dois segundos pra ele me ver ali e logo em seguida sair correndo.

Eu sou estranho, mas esse garoto me supera. Não entendi por que ele saiu correndo mas eu fui atrás dele, até porque eu sou o stalker temporário dele e tenho que descobrir tudo antes que as provas comecem.

Digamos que eu não sou o melhor aluno do colégio, nem tenho notas tão boas quanto as do minseok e do sehun, mas eu me esforço.

Enquanto byun corria pra longe de mim, ele deixou seu caderno cair no chão, e por um mísero segundo eu consegui o ver virando o rosto e olhando para onde seu caderno estava, em seguida correndo ainda mais rápido. 

Eu o perdi de vista, mas como recompensa, peguei o caderno.

Sei que seria um grande desrespeito à privacidade dele mas eu precisava, aliás, estou fazendo isso pelo sehun e por mim mesmo.

Então eu o fiz, abri seu caderno e o folheei.

Estava cheio de desenhos, todos absolutamente perfeitos. 

Peguei uma pequena agenda onde eu fazia anotações e anotei: 


Byun baekhyun, terceiro ano do ensino médio. Passa o intervalo no armário do zelador, provavelmente desenhando.


Depois disso eu fui até a sala da diretora e deixei o caderno com ela, falei que era do aluno byun baekhyun, terceiro ano, turma B. Antes de sair pedi para que não o abrisse, já bastava eu ter invadido a privacidade dele.



Depois que saí, fui direto para minha classe. Chegando lá encontrei Kim jongdae, ele era um dos nerds da turma, com as melhores notas, melhor desempenho, melhor comportamento e todo esse blá blá blá. Dos coordenadores babões do colégio.

Mas apesar de tudo o que falavam do jongdae, ele era uma boa pessoa. Tendo toda essa inteligência, ele não se gabava por isso.

Conversamos um pouco até que os outros alunos foram chegando na classe. E consequentemente todo o barulho característico deles vinha também.



No final da aula todos os alunos saíram correndo, principalmente sehun. Na saída era o único lugar que ele conseguia ver byun. 

Eu e minseok somos sempre os últimos a sair, porque quando sehun vê baekhyun ele começa a falar, falar e falar. Não existe ninguém que consiga o parar quando o assunto é byun baekhyun.

As vezes que queria que o luhan ainda estivesse conosco. 

Luhan era o namorado de sehun, mas depois que eles terminaram e o luhan foi pra china, as coisas ficaram complicadas. Principalmente depois que sehun descobriu sobre a existência de baekhyun nesse colégio.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...