História Hey Teacher! ÷ sa+mo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags Colegial, Samo, Twice, Yuri
Visualizações 23
Palavras 788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Colegial, Comédia, Escolar, FemmeSlash, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey!
Eu sou o Bling, e bom, este é a minha primeira fanfic yuri. Queria pedir desculpas por qualquer erro, e tal.
Espero que gostem! Um beijão e até já sz

Capítulo 1 - Cherry Blossoms


Fanfic / Fanfiction Hey Teacher! ÷ sa+mo - Capítulo 1 - Cherry Blossoms

Minatozaki Sana encontrava-se de maneira nervosa, enquanto a sua prima, Myoui Mina, segurava a sua mão, e a puxava para dentro do edifício.

— Mina-chan, vamos embora! É sábado, eu quero logo conhecer a cidade! — Sana falou com um bico nos lábios ainda sendo puxada pela mais nova.

— Mas, Sana, acabaste de chegar do Japão, e nem sabes dizer um simples "Olá, eu sou do Japão, pode me ajudar?" em coreano! Como é que queres te comunicar por aqui?

— Podemos tratar disso depois!

— Isso é que nem pensar!

A mais velha foi arrastada para dentro do edifício enorme. Durante algum tempo, a japonesa teria de ter aulas com outros professores, que entendiam japonês, que era o único idioma que Minatozaki dominava.

A sua prima subiu a escadaria, parando em frente a uma porta, que possuía caracteres coreanos, que eram desconhecidos pela morena.

— Esta sala, é onde ficam os alunos mais estudiosos, que nunca se importam em dar explicações, ou ensinar outras pessoas, o lugar ideal para nós neste momento!

Ao abrir a porta, foram recebidas por olhares em cima de ambas. Vários — senão todos — os adolescentes presentes, liam algum livro, estudavam ou faziam trabalhos nos computadores avançados do colégio.

— Myoui Mina decidiu estudar? — Uma voz extremamente irritante foi ouvida atrás da mais nova, que revirou os olhos, olhando com raiva para a trás.

— Hirai Momo. A pessoa mais irresponsável que vais ver nesta sala, e em todo o Colégio. — Apresentou em japonês, de forma calma, para não assustar a prima, que não entendeu o que a loira tinha falado anteriormente.

— Ya! Eu passei muito tempo aqui, mas ainda percebo japonês! — Hirai reclamou num tom irritado, olhando com mais atenção para a outra japonesa. — Quem é esta?

— Minatozaki Sana! — Sana respondeu sem hesitar, com um largo sorriso na face.

— És do Japão?

— Minatozaki Sana!

— Ela não entende patavina de Coreano. — Mina revirou os olhos, procurando algo, ou melhor, alguém na sala. — Onde está Terada Takuya?

— O teu namoradinho?

— Ele não é meu namorado! — A mais nova das três quase gritou, atraído olhares dos restantes na sala. — Ouve, eu só preciso de um japonês, para ensinar coreano à Sana. Os meus exames começam segunda, e eu não lhe consigo ensinar, e muito menos apresentar a escola.

— Bom, eu só estou aqui para não ser suspensa. O Yuta vem me buscar daqui a uns minutos, se não te importares, deixas aqui a Sana, e nós os dois apresentamos-lhe tanto a cidade, como o Colégio.

— Tu e o Yuta juntos, mais a minha prima inocente? Deus me livre dessa maldição. — Olhou para a prima, que permanecia com um sorriso na cara, e logo voltou a falar japonês. — Vamos procurar um amigo meu, ele é responsável e vai conseguir te ajudar.

— Mas eu achei esta menina engraçada e simpática, não posso ficar com ela? Sabes como é que eu sou perto de rapazes... — Minatozaki murmurou, olhando para os dedos, que brincavam com a barra da sua camisola.

— Então vem. — Momo falou em japonês, agarrando a mão pequenina da outra.— Mina, podes ir, ela fica bem nas minhas mãos.

A mais nova revirou os olhos e soltou a mão da prima. — Qualquer coisa, grita "nuga jom dowajuseyo!"*. — Acrescentou, saindo da sala.

— Bom, vamos só esperar que o meu namorado chegue. Ele conhece o Colégio melhor que ninguém, por isso, será uma grande ajuda. — Momo avisou, sentando-se numa cadeira, colocando os pés em cima da mesa, enquanto mexia no seu telemóvel.

Sana estava confusa e com medo ao mesmo tempo. Talvez deixar a sua prima ir embora e ficar com uma desconhecida, e o seu namorado, não fosse a melhor das hipóteses, se bem que, ficar com um rapaz, possivelmente o Terada Takuya, que Mina tanto falava, também não era assim tão bom.

— Ya! Momo, vamos. — Ouviu-se uma voz grave, o que resultou de um sorriso de Hirai.

A japonesa pegou na mão da loira, correndo até fora da sala, onde se encontrava um indivíduo alto, de cabelos castanhos, um pouco compridos, que caíam para a frente dos olhos claros — devido a lentes de contacto —.

— Ah Yuta, ainda falas japonês? — Hirai perguntou, recebendo um aceno positivo como resposta. — Ótimo! Bom, esta é a Minatozaki Sana. Pelos vistos, ela é a prima mais velha da Myoui Mina, deves saber quem é. Ela não entende nada de coreano, e, nós vamos lhe mostrar o Colégio e um pouco da cidade, huh?

— Ah, mas logo hoje, Momozin? — Nakamoto perguntou, segurando na cintura da mesma, apertando o local.

— Minatozaki Sana! — Sana falou um pouco alto, assim que viu que ninguém lhe dava atenção, assustando o casal à sua frente.


Notas Finais


Está pequeno? Está sim, nem a mil palavras chegou :(
Enfim, para quem não sabe, Terada Takuya é do CROSS GENE (vai dar view), e o Yuta, é do NCT. Como todos os personagens serão idols, eu no fim de cada capítulo, irei dizer, para não ficarem meio perdidos, e, quem sabe, irem procurar sobre.
Um beijo, e por favor, comentem e favoritem, se gostaram :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...