História Hi Cat - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs
Personagens Chandler Riggs
Tags Chandler Riggs, Norman Reedus
Exibições 221
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


PESSOAS
A PARTE QUE ESTÃO EM DESTAQUE
VOCÊS TEM QUE GRAVAR ELAS POIS, DIGAMOS QUE ELAS SERÃO MUITO IMPORTANTE PARA O FUTURO

Capítulo 14 - Cap.14


Fanfic / Fanfiction Hi Cat - Capítulo 14 - Cap.14

   Ele tinha me levado para casa novamente e me deu dicas para controlar o estresse, eu perguntei se funciona e ele falou que sim pois usa elas todos os dias comigo. Idiota.

   Acordo e como hoje era feriado não sei de que, mais isso não importa, o que importa é que é feriado, vesti um short e uma blusa regata e  desci para tomar café. Sentei na mesa ao lado do Norman que me lançou um sorriso e retribui, já a dona Jessy estava com a cara de que se eu falasse um “oi” ela esfregaria meu oi debaixo do carro e depois passava com ele em cima das minhas costelas. Ai.

- Norman, hoje vai ter uma sessão de fotos da Kate eu posso ir?

- Sessão de fotos?

- É

- Quem vai?

- Ninguém que eu conheça, só o Ash que vai fazer o par com ela nas fotos.

   Nessa hora o Mingus se levanta e sai de casa pisando forte

- Opa

- Você é mesmo uma burra ou se faz Kare? (Jessy perguntou)

- Calma Jessy, ta tudo bem, não precisa falar assim com sua filha

- Ela não é minha filha

- Falou tudo madastra da cinderela

- Cinderela?

- É já viu o desenho? Ela é muito feia... parece você

   Sai antes que ela respondesse, só escutei ela gritar. Segui rumo a sessão e no meio do caminho fui abordada

- Me espera

- Chandler?

- Não, um holograma que veio aqui para tentar dar um tapa nessa sua bunda

- Sai daqui seu perverdito (então recebi o tapa e o olhei incrédula)

- Não preciso de holograma para isso gata... bom estou indo na sessão de fotos de um amigo, vai querer ir?

- Tenho que ver a da Katelyn

- Meu amigo vai fazer par com ela então provavelmente é a mesma vem

   Ele não deixou eu termina só pegou minha mão e me arrastou para dentro do carro encontrando a Ginna e o Graysson

- bom dia Sr.Riggs

- Bom dia querida

- Bom dia Gray

- Bom dia amor (Gray recebeu dois tapas da cabeça, um da mãe dele e outro do Chan)

- Respeita ela moleque, não foi assim que te eduquei

- Desculpa

   Ele se encolheu no banco da frente todo emburrado e eu ri me levantando e dando um beijo em sua bochecha que logo ficou vermelha violentamente

- Que precisa ficar com raiva Gray

- Se toda vez que eu ficar com raiva eu vou receber um beijo então pode ter certeza, eu vou ficar com raiva sempre que você estiver por perto

   Quase todos rimos menos o Chan que fechou a cara e passou o braço em volta da minha cintura me puxando a ele, nessa hora meu coração chegou a mil quando sua mão me tocou e quando ele me puxou para perto. O que está acontecendo? Não por favor?!

   Chegamos nas fotos e descemos com ele ainda agarrado em minha cintura, fomos até lá já que Gina e Gray foram embora.

- Ash parceiro (eles deram um toquinho  e se abraçaram)

- Fala cara, nova ficante?

- Nova fiel como você diz (eles riram)

   Achei o Ash bem bonito mesmo, vi Kate acenando para mim e fui até ela.

- Ele é lindo Kate

- Eu sei

- Não sabia que o bigggs era amigo dele)

- Biggs?

- Apelido do cretino

- Olha se eu não soubesse que esse “namoro” de vocês era mentira eu jurava que estava mesmo com ele

- Deixa de falar besteira

- Eu to falando serio

   Fiquei conversando com a Kate e logo eles foram tirar as fotos. Casal fofinho. Tudo acabou e fiquei no meu canto até o Ash vim

- Então você é a que fez Brindler acabar?

- Não, a Brianna não recebeu muito bem a noticia que ele tinha um filho

- E você?

- Eu recebi bem ué

- Não isso, e você? Gosta dele?

   Ele me perguntou aquilo e simplesmente não conseguia falar, só estava com a respiração pesada e me estremeci

- pelo visto, isso vai ficar mais que gostar (ele ia sair mais eu o segurei)

- E você?

- Eu o que? O Chandler é só meu mano cai fora

- Não seu tapado, você gosta da Kate? (agora ele que se calou e se estremeceu, dava para escutar os seus batimentos) pelo vis, isso vai mais que gostar (ele riu)

- Pois é... a Kate é especial para mim, da mesma forma que ele é para você

- O Chandler?

- Sim, fica tranquila que eu já sei sobre o namoro de mentirinha

- Então não... ele não é importante para mim

- Ele é... só que você já sofreu demais e não quer aceitar baby

   Ele se levantou e saiu, fechei os olhos e fiquei pensando no que ele disse. Chandler vem até mim e me chama para ir embora, passei o caminho todo quieto no meu canto até chegar em um cemitério?

- O que estamos fazendo aqui?

- Quero te mostrar uma coisa

   Saímos do carro que ele pegou emprestado com o Ash e entramos.

- Chandler eu não gosto de cemitérios

- Relaxa, nada vai acontecer com você aqui

    Entramos e fomos passando pelas lápides até chegar em um gramado onde tinha a visão do paraíso, a grama verde balançando, O céu alaranjado com o azul. Nos sentamos na grama e ficamos olhando para ele

- Gosto de vim aqui...

- No cemitério?

- Vale a pena, olha isso?!

- Eu morreria para ver uma paisagem dessa todo dia

- Não fala isso... já comeu hoje?

- Ah mamãe sim eu tomei café da manhã

- Você não almoçou? Eu mandei você comer aquele sanduiche

- Desculpa não estava afim...

   Ficamos quietos mais não um silencio constrangedor ou ensurdecedor, um silencio bom.

- Temos que ir... o programa começa de 20:00

- Vamos

s em uns balanços, ficamos calados só curtindo a paz que raramente tínhamos, ele segurou minha mão

- Eu to aqui para o que precisar Kare

- valeu Chan

  E estávamos assim, sentados de mãos dadas sobre a luz da lua

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...