História Híbrida A Caçadora dos Winchester - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Dean Winchester, Mary Winchester, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Tags Castiel, Dean, Fanfic, Fantasia, Híbrida, Katherinemcnamara, Lobo, Romance, Rowena, Sam, Vampiro
Visualizações 76
Palavras 1.086
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Misticismo, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei! Demorei mas estou aqui ! Espero que gostem!

Capítulo 9 - Não é mais o mesmo.


Fanfic / Fanfiction Híbrida A Caçadora dos Winchester - Capítulo 9 - Não é mais o mesmo.

Fecho os meus olhos e volto a me concentrar so que dessa vez bem mais confiante e mais forte. Uma luz enorme surge muito forte e como um vento forte somos todos jogados para trás,  me levanto e vejo Noah da mesma forma so que.... dessa vez ele..... abre os olhos mas...agora seus olhos estão totalmente negros como de demônio.

Ele se levanta rapidamente e me pega pelo pescoço, e apertando e me levantando. Sam e Dean tentam ajudar mas e inútil . Rowena joga uma espécie de feitiço nele , ele me solta e vai pro lado dela ... eu fiz tudo errado! Ele pega minha mãe e joga contra a parede e os irmãos tentam segura-lo mas e em vão .  Ele vai pra sala vejo minha irmã no chão brincando, ao vê-lo ela vai pro lado dele... corro em sua direção e empurro o Noah que bate com força na parede começamos uma luta...que parecia não ter fim! Ele está bem mais forte ! Eu estendi minha mão e saiu um luz que bateu nele que caiu no chão espero não ter matado novamente! Paro na frete daquele corpo caído no chão.

_Vão ficar so olhando?!- digo olhando pra eles que estão boquiabertos. Eles pegam o Noah e o tiram dali e vou sentar no sofá, estou muito cansada limpo o sangue que sai da minha boca. Vou até a sala "secreta" onde eles amarraram o Noah._Precisamos fazer com que ele volte a forma humana.

_Quer parar de dar ordens! -disse Dean chegando mais perto de mim.

_ Ai! Quer saber?! Fassam o que quiser!- digo gritando e passando as mãos entre os cabelos .

_ Calma vamos com calma!- eu dou um suspiro e reviro os olhos e volto a olhar pro Sam que volta a falar.- So precisamos de sangue humano.

_Eu não tenho Sam!- digo cruzando os braços.

_ Eu posso ir buscar.- disse Dean revirando os olhos.

_ Agatha você pode ir com ele?- disse Sam me olhando quase suplicando.

_Por que eu iria?!

_ Dean vai precisar de alguém pra ajudar ele.

_ Não vou....- Sam o interrompe com um 'Vai sim!' Não entendo o motivo deu ir.

_ Está bem!.- reviro os olhos e sai daquela sala! Puta merda! Não acredito que vou ter que ficar com aquele idiota mais não deixa de ser gostoso.- No que está pensando Agatha?!- digo a mim mesma.

Fui ver minha irmã ela estava dormindo dei um beijo na testa dela , peguei minha mochila com minhas armas e outras coisas e desci fui comer algo na cozinha ... sinto a presença de Dean atrás de mim.

_ Pare de me olhar, não e legal olhar pra uma garota assim!- digo ainda des costas para ele.

_ Acho que você e mais do que uma simples filha de feiticeira. - ele da um sorriso.

_ Posso ser o que eu quiser ! - digo me virando pra ele e chegando bem perto dele, isso não foi uma boa idéia sinto sua respiração.

_ Ae?! Pois acho que seus "poderes" vão muito além! - chegou bem mais perto , acho que perto de mais.

_ E então vamos?!- digo me afastando dele e andando na frente. Ele solta uma risada , falei com Rowena e depois fomos pro carro e ele começou a dirigir as vezes sentia o olhar dele sobre mim . Eu evitava olhar pra ele confesso que as vezes sentia minhas bochechas queimarem. Depois de algumas horas de viagem chegamos em um frente a uma casa. Saímos do carro e entramos nessa casa , era bem simples , ele foi pra outro lugar me deixando na sala e depois voltou com duas garrafas de cerveja na mão.

_ Acho que você ja pode beber ne?!- fasso com que sim com a cabeça ele me entrega a bebida e ele se joga no sofá e eu sento em um sofá a sua frente e fico olhando ele.- O que foi dessa vez?!

_ Tenho o meu irmão pra salvar e você ai deitado.!-digo aumentando o tom da minha voz.

_ Ei ! Eu estou cansado! Espere um pouco ! Se quiser o sangue está na segunda porta a sua direita. - eu me levantei e peguei minha mochila e fui aonde ele tinha me falado e abri um tipo de geladeira e la estavam várias bolsas de sangue eu peguei bastante e depois fui pra sala . Ele estava la com os olhos fechados.

_ Acorda!- joguei uma bolsa de sangue nele ele me lança um olhar furioso e levanta e vem em minha direção, me jogando contra a parede.

_ Ja estou perdendo a paciência com você! - disse me colocando mais contra a parede e senti seus músculos.

_ Ai ! Que grosso !- digo irônica. - Sabe isso tudo me da um calor tão grande, daqui a pouco vou ter que tirar minha roupa de tanto calor!.- sua expressão facial muda , e agora esta confuso.

_ O que ta tentando fazer em garota?! - sua respiração começa a ficar ofegante, coloco minha mão em seu peito vou descendo até a borda da sua calça , ele fecha os olhos e eu troco nossas posições com mão ainda em seu cinto , chego mais perto do seu ouvindo , dou uma mordida de leve em sua orelha.

_ Parece que o jogo virou não é?!- chego meu corpo mais perto dele ele coloca as mãos na minha cintura, colocando o nariz no meu pescoço e chegando até a minha orelhinha.

_ Se você me provocar novamente, não respondo por mim.- dou um sorriso.

_ Não se preocupe ... mais ainda quero ver até onde Dean winchester vai.- beijo o seu pescoço. E vou até sua boca dou uma mordida no canto de sua boca e depois um beijo e me solto dele .- Seu irmão está esperando a gente.!- dou um sorriso e pego minha mochila e desço, e espero ele encostada em seu carro ,e depois de alguns minutos ele sai e me olha . Entramos no carro , não dissemos uma so palavra e depois de algumas horas estávamos na frente da minha casa. Ele trancou as portas impedindo minha saida.

_ Me deixe sair ! Ou eu não respondo por mim!- digo com um tom autoritário.

_Quero ver até onde Agatha vai.- me da um sorriso malicioso , e coloca a mão e minha coxa e me fazendo abrir as pernas e apertou minhas coxas e foi subindo lentamente sua mão, mordo o lábio inferior... quando ele chega...aonde queria .... ele...


Notas Finais


Espero que tenham gostado , não esqueçam de comentar 😙 Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...