História Híbrido idiota. - Yoonseok híbrido - - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~yoongisay

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 55
Palavras 866
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello povo lindo <3
Tudo bom?
Olha quem veio com uma fanfic Yoonseok ?
Isso mesmo! Euzinha ksksk
Sobre a Social (fanfic), ela ainda vai sim voltar para as listas de leitura de vocês, é que eu estou reescrevendo totalmente ela.
Então fiquem ai com essa fic maravilhosa de híbrido yoonseok :3
Boa leitura *-*
Kiss da Rambo ^3^

Capítulo 1 - 01. My new kitten


Fanfic / Fanfiction Híbrido idiota. - Yoonseok híbrido - - Capítulo 1 - 01. My new kitten

Andava sozinho pelas ruas da enorme e luxuosa Seul, Hoseok via andar sozinho de madrugada como um passatempo para sua vida cansativa.
Estava meio que perdido, tinha andado pensando em um contrato importante que fecharia amanhã com uma empresa norte-americana, com sua cabeça nas nuvens acabou perdendo a noção de onde estava.
Tentando encontrar um caminho de volta para casa ou pelo ao menos uma área com sinal de celular ele acabou se surpreendendo com um garoto de roupas brancas e frouxas no chão chorando. 

Ei... você quer ajuda? -Perguntou Hoseok se aproximando do menino e assim percebeu que ele era um híbrido de gato .

Sai! -O híbrido azunhou a face de Hoseok  

Hibrido idiota...! -Levantou a mão para o pequeno híbrido, ele realmente iria bater no gato, mas mudou de ideia ao ver sua face.
Estava com um pouco de sangue no canto da boca, sua palpebra esquerda estava "mais relaxada" que o normal, dois arranhões em sua bochecha e sangue percorria por sua testa, seu pomo de Adão se destacava na garganta roxa e machucada do menino. O híbrido mesmo com machucados por todo os rosto esbanjava beleza, tinha uma feição forte, estava determinado a apanhar ou a bater em Hoseok.
Seok abaixou a mão para o gato e depois segurou seu pulso. -Por favor... -Hoseok soltou um breve suspiro -Venha comigo, eu irei cuidar de você e não vou te machucar. -O menino sorriu.

Ta bom e eu não vou roubar seu carro. -O baixinho riu travesso e correu até o carro de Seok, em seguida o ligando e indo em direção a estrada. -TOMA SEU RETARDA... -Aquilo seria um assalto, se o gato não tivesse batido numa árvore e desmaiado.
 
(...)

O híbrido abriu seus olhos lentamente, na sua testa, boca e bochecha tinha curativos e também tinha um pouco de pomada branca por todo seu pescoço. -Hibrido idiota. -Hoseok passou seus dedos pela bochecha pálida do híbrido. -Você podia ter morrido sabia?

Ele não pode falar. -O médico que estava acompanhado o gato entrou no quarto. -Ficará assim por algumas horas, você é o responsável dele ?

Sim, sou. -O híbrido olhou surpreso para Seok.
-Eu poderei o levar para casa quando ?

Durante a manhã, por favor fique com ele hoje a noite. -O medico falou abrindo a porta, Hoseok balançou a cabeça positivamente, o médico saiu da sala e em seguida Seok sentou na maca do hibrido.

Você irá para casa comigo. -Hoseok aproximou seu rosto do peito do híbrido e soltou uma risada soprada. -Seu coração está palpitando.

O gato continuava imóvel, gotas frias de suor percorriam por sua testa, ele não queria receber ajuda daquele estranho, nem muito menos ir para casa do mesmo.

O clima entre os dois foi cortado pelo som do celular de Seok tocando.

Alô. -Seok se levantou da cama. -Agora? Estou indo. -Ele desligou e depois pôs o celular no bolso. -Eu não poderei ficar aqui com você, desculpa. Mas chamarei alguma enfermeira.

Min soltou um suspiro aliviado, seria um pesadelo passar a noite com aquele estranho.

Tchau.-Ele saiu da sala deixando o gato sozinho.

(...)

O híbrido abriu seus pequenos olhos e observou a enfermeira retirando a agulha de seu pulso, logo em seguida desligando outras maquinas. -Min Yoongi você já pode ir para casa, seu namorado está lhe esperando no lado de fora do quarto.

Namorado ? -O híbrido perguntou.

A enfermeira assentiu com a cabeça e entregou-lhe roupas limpas -Vista por favor

(...)

Ao chegar no corredor Yoongi encontra seu suposto namorado sentado na cadeira de espera. -Vamos pra casa gatinho ? -Hoseok levanta e pega na mão gelada de 'seu híbrido', o puxando dali.

Onde você pensa que vai me levar!? -Perguntou alto tentando se soltar.

Para a minha casa, e não tem nada que você possa fazer. -Jung falou autoritário e Min Yoongi não gostou nada do modo que o mesmo falou, então o pequeno pensou 'Ele é louco. 'Ele é louco! Ele vai me torturar! Eu vou morrer nas mãos dele se eu não fizer nada!' E várias outras coisas, confesso que exageradas.
Então Min viu somente uma única saída, chorar, chorar muito, até Jung quisesse o abandonar na rua ou que pelo ao menos os enfermeiros estranharem o choro do gato e pensem que Jung abusava dele e façam algo que possa o salvar. 

Min se jogou de bunda no chão e ficou lá sentado, chorando igual uma criança mimada, coisa que realmente parecia. -Não, não, não chora gatinho! -Jung se desesperou e ficou abaixado a frente de Min. -Eu prometo que só irei cuidar de seus ferimentos por um tempo, e depois irei lhe soltar e você poderá ir para onde quiser. -Jung falou 'animado' e com seu melhor sorriso. -Vamos para casa gatinho... Por favor. -Seok falou manhoso.

Pode ser... -Min parou de chorar e falou derrotado, desviando seu olhar para o chão. -Mas afinal qual é seu nome ?

Jung, Jung Hoseok. -Sorriu e ajudou Min a levantar. -E você gatinho ?

Min Yoongi, esse é meu nome. -Falou sem olhar no rosto de Hoseok

'Eu ainda vou me arrepender de aceitar a ajuda deste estranho, eu sei que vou' Pensou Min.


Notas Finais


Gostaram ?
Espero que sim <3
Até o próximo capitulo >//<
Sorry pelo cap pequeno ksks :')


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...