História Híbridos - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Maito Gai, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Sasusaku
Exibições 127
Palavras 1.122
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Festa, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hellooooooooow
Como vcs estão, espero que bem, tambem espero que gostem do capitulo
Obrigado pelos comentários e favorito.
Desculpa os erros e ate o próximos capitulo
Boa leitura bjs

Capítulo 11 - Capitulo 11


Ao chegar na sala da diretora também se encontrava uns guardas falando que era urgente que gostaria de falar com a Tsunade.
    A mesma falou pra nos esperamos lá fora,  me sentei ao lado da porta numa tentativa de ouvir alguma coisa.
    -sabia que falta de educação , ouvir as conversas dos outros atrás  da porta - falou Karin
     - cala a boca - a respondi
     - você te certeza que ele esta atras da Sakura,  Sasuke sabe disso?  - perguntou a diretora gritando
      - o irmão dela , vai vim vela,  nós  temos que tira-la daqui - falou um dos guardas
      Não me importei com o resto da conversa  ou da bronca que levaria da diretora , só sai correndo a procura do Sasuke,  ouvi Karin grita meu nome,  uma ou duas vezes.
      Eu nao tinha nem ideia de onde ele estava mas tinha que acha-lo
      O almoço ainda faltava mais alguns minutos para acabar,  se eu fosse para onde seria nosso treino,  a diretora provavelmente iria para lá me procura.
        Irei arriscar em ir até seu quarto,  ao entrar ele estava lendo um dos seus livros que nem fazia ideia do que se tratava
      - vocês estavam pretendendo mentir para mim ate quando?  - falei fechando a porta com força , cheguei a me assusta com o barulho
      - oque você sabe - falou ele deixando o livro do lado - quem te contou   
      - isso nao vem ao caso,  eu pensei que estava segura aqui,  mas até você não me falava a verdade - falei começando a chorar
       Ele nao imagina a vontade que eu tinha de conhece o meu irmão,  ele é o único que sobrou da minha família e eles ainda querem me avastar do mesmo.
       - você sabe que isso não e verdade - falou ele chegando perto de mim - eu só quero de protege Sakura todos aqui queremos
        Ele tentou por a mão no meu rosto mas eu me afastei,  meu irmão nao poderia ser tão ruim, ele é meu irmão ele nao vai me fazer nenhum mau eu seu disso.
       - e você não sabe oque esta falando - sai do quarto do Sasuke aos prantos,  nao foi uma boa ideia ir ate o quarto dele.
        Agora estava perdida não sabia para onde iria,  mas se eu ficasse ali eles iriam me leva para algum outro lugar que eu nao gostaria de ir. 
       Talvez eu so teria que sair da escola e tudo aquilo terminaria. Se eu conseguia fazer agua cair do céu talvez eu conseguiria controlar uma mente. 
        Fui até o portão da escola, só tinha um guarda lá, meu Deus e eu achava que seria um pouco mais difícil,  o mesmo veio até mim em passos rápidos
       - em que posso ajudar - falou ele
       Olhei bem fundos em seus olhos,  pelo menos em vários filmes que eu assistia tinha que de contado visual
       - você vai abri o portão para mim e nao vai falar pra ninguém que eu sai - falei sem desviar o olhar e tentei por firmeza na voz mas pela sua cara isso nao deu certo
       - desculpa não posso fazer isso,  acho melhor você volta para dentro da escola aqui não é muito seguro
        Ta vamos para o plano B
        - meu Deus tem um cara sangrando ali,  ai meu Deus - falei tentando fazer minha melhor cara de assustada
         O mesmo olhou para onde eu tinha apontado,  com toda minha força dei um muro na sua nuca fazendo ele cai de cara do chão,  peguei seu corpo e levei para um tipo de salinha que tinha ali,  aonde chegava cartas essas coisas
         Procurei em seus bolsos algo para mim abri o portão,  mas a única coisa que encontrei foi uma arma, a peguei por precaução.  Me virei para uma mesinha aonde ficava alguns comandos que deveria ser do portão,  comecei a aberta sem me preocupa com os danos, até que o portão se abriu,  sai correndo la de dentro da salinha em fui para fora
        "Ate que não foi tão difícil assim escapar " pensei comigo mesmo
       -Sakura - ouvi a voz do Sasuke vindo correndo,  ele era rápido estava torcendo para que o mesmo não conseguisse passar que o portão se fechasse primeiro ,  mas foi em vão porque ele conseguiu
      - minha querida irmãzinha,  você quase conseguiu fugir , meus parabéns,  você está melhorando a cada dia,  nem eu consegui fugir assim fácil como conseguiu
       Procurei pela vós que acabara de falar, mas não tinha ninguém em volta, aquilo foi meu macabro e eu nao gostei nada, para falar a verdade
       Sasuke que agora se encontrava na minha frente numa tentativa de me protege de quem fosse
        - nunca mais sai do meu campo de visão visão para o seu próprio bem - falou ele - isso que você fez hoje nao quero que se repita nunca mais
        Sabia que agora nao tinha mais como fugir,  entao fui entrando de volta para a prisão e Sasuke veio logo atrás de mim
       - se você nao quer mais que eu fassa isso,  entao nao fassa as minhas escolhas - deixei ele para traz cuidando do cara que eu acabara de acerta na cabeça.
       Fui ate a diretoria por que ainda tinha que conversa com ela sobre a Karin
       Bati na porta umas duas vezes
       - quem é - gritou a diretora
       - Jesus Cristo - gritei entrando na sala
       - serio,  entao acho que vou ter que trocar a fotografia do refeitório - falou ela fazendo um sinal para me sentar
        - eu juro que eu não fiz nada,  e que as minhas ações foi por legítima defesa - falei quando me sentei
        Karin estava ao me lado,  com uma cara nada boa , ela deveria ter enchido a diretora cheia de bobagem que eu que começei e etc...
        - assim né, só por curiosidade o que a Karin esta fazendo aqui no colégio, por que eu acho que ela já esta bem velha para querer aprender alguma coisa, e se ela não aprendeu nada enquando estava no colégio,  também não presta para trabalhar aqui , só se ela estiver trabalhando como prostituta dos guardas,  pois se tiver minha querida você nao esta deixando nenhum fazer seu trabalho direto,  por que se não fosse pelo Sasuke eu teria fugido da escola sem ninguém percebe - a diretora me olhou com uma cara de "eu não acretido nisso " - Se não acretida olha nas câmeras de segurança
       Me levantei pronta para sair da sala
        - eu ainda não te liberei para sair da minha sala Sakura
        - então eu mesma estou me liberando,  querida diretora - falei saindo da sala em passo firmes


Notas Finais


Não esqueça de comenta, sobre o que acharam bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...