História Hiccstrid : O início de uma paixão. - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão
Personagens Astrid, Bafo e Arroto, Banguela, Batatão, Bocão, Cabeçadura Thorston, Cabeçaquente Thorston, Dente-de-Anzol, Fúria da Noite, Melequento, Perna-de-Peixe, Personagens Originais, Soluço, Stoico
Tags Hiccstrid
Exibições 176
Palavras 2.693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Ficção Científica, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente!
Como prometido capítulo hoje!
O capítulo pode conter alguns erros ortográficos pois eu fiz ele pelo celular e não pelo tablet como sempre ...
Bom , espero que gostem amores♥♥♥

Capítulo 38 - Sendo Aceito.


POV SOLUÇO 


Eu: VAMOS CORRER !!!- Eu corri igual a um louco!  E Dagur veio atrás de mim.


Dagur: Eu conheço um abrigo! Me segue !- estávamos correndo entre as árvores muito rápido. O Dragão era realmente magnífico e parecido com o Banguela . 


Eu : Aonde fica esse abrigo?! - eu gritei pois o Dragão voava rápido pelas árvores e estava quase nos pegando.


Dagur: Pela esquerda ! - entramos pela esquerda e tinha uma caverna pequena.- ALI ! - corremos até a entrada e não ouvimos o Dragão.


Eu : Acha que ele foi embora ? - Dagur me olha e assente.-Ufa! Ainda bem ! - ele foi adentrando a caverna.-Dagur é melhor você não ir tão fundo nessa caverna!


Dagur : Porque ? - ele se vira pra mim.


Eu : Porque não sabemos o que pode ter aí dentro !


Dagur : Está se preocupando comigo ? - ele sorri vitorioso.


Eu : Preciso de você pra achar o Fogo de Freya ! - eu digo rindo.


Dagur : Tá legal ! - ele cruza os braços.


Eu : Posso fazer uma pergunta? - ele assente - Porque quiz levar eu e o Banguela pra essa caverna , porque não nos deixou ? - ele vem até mim.


Dagur : Como eu disse ... Eu mudei irmão! Não queria que você morresse, além disso, a Heather precisa confiar em mim e matar você põe tudo pelos ares! 


Eu : Tá bom! Como conhecia esse lugar? - ele se sentando no chão e eu vou com ele.


Dagur: A um tempo, eu tinha procurado o meu Skrill! - eu lembro de quando prendi ele na fenda novamente. - E eu procurei por todos os cantos, até que cheguei aqui nessa ilha, eu procurei ele aqui até que achei o Espectro de Areia, nós demos bem! - eu franzi a testa.


Eu : Quer dizer qual já conhecia esse Dragão? - ele sorri e balança a cabeça.-BANGUELA! - Banguela prepara para atacar.


Dagur : O que foi ???? - ele encosta na parede assustado.


Eu : Você me usou pra chegar até aqui pra pegar seu Dragão de volta não é?  - ele levanta e olha pra mim.


Dagur : Eu queria sim achar o Dragão, e quando soube que precisava procurar o antídoto pra curar sua namoradinha eu me ofereci! Mais eu queria te ajudar mesmo, e nós dois sairíamos bem com isso, eu com o Espectro de Areia e você com a cura pra gripe da Astrid! - ele grita essas palavras.


Eu : Sério?  Em nenhum momento pensou em me jogar daquele barco e se livrar de mim pra sempre? 


Dagur : Sim ! E como! Más eu quero mudar, ao menos estou tentando isso, e ainda preciso da Heather.


Eu : Porque precisa tanto assim dela? - eu pergunto olhando nos fundo dos seus olhos.


Dagur: Porque ela é minha irmã e a única pessoa que sobrou da minha família! Eu não matei o nosso pai! - eu congelo ao ouvir isso.


Eu : Como assim não matou ? - eu franzi a testa.


Dagur: Ele ficou desaparecido e eu fiz todos pensarem que eu matei ele... - ele abaixa a cabeça.


Eu : Porque fez todos pensarem isso de você Dagur? Todo mundo temia você por isso e a Heather pensa que matou ele. - eu digo calmo.


Dagur: Era isso que eu queria.- ele fala passando a mão na cabeça.- Eu era como você com 15 anos! Não sabia lutar, todos me achavam inútil, e que eu não podia governar uma ilha. Até que meu pai desapareceu em uma missão de reconhecimento e eu fiz todos pensarem que eu mesmo, Dagur, matei ele, e que eu deveria ser o líder por tal coragem de matar o próprio pai chefe da vila. - eu ouço cada palavra. - Eu comecei a treinar, malhar, e me tornei o que sou hoje. 


Eu : Você... Você fez algo terrível Dagur! - ele assente.


Dagur: Eu sei! Mas eu quero concertar isso, e uma das formas será te ajudando a pegar o antídoto pra sua namorada! - eu fico vermelho.


Eu : A Astrid ... Não é minha namorada! - ele levanta uma sobrancelha.


Dagur: Sério? - ele cruza os braços.


Eu : Sim! Eu e ela somos grandes amigos, e... Temos uma amizade cultivada a anos! Por isso somos assim preocupados um com o outro.- Banguela ruge como se dissesse "Sei!!!".


Dagur : Se está falando... Bom, temos que encontrar o antídoto e o Dragão não é?! - eu assento e levantou junto a ele.


Eu: Vamos ? - ele concorda e saímos da caverna entrando novamente na floresta verde.


Dagur: Da última vez que estive aqui eu encontrei o Dragão em uma fenda no meio da ilha, então deve ser lá que o alimento dele cresce. Ou seja: Eu distraio o Dragão enquanto você entra lá e pega o Fogo de Freya! - eu olho pra ele incrédulo.


Eu : Acho que essa é a minha fala e não a sua! - ele ri com aquela risada estranha dele.


Dagur :  HAHAHAHAHAH!!!!- Ele me olha. - Parei! -Seguimos andando, de vez enquando aparecia um lago e bebíamos água e Banguela também. Até que achamos uma montanha e Dagur para.


Eu : Vamos continuar ? - eu aponto o caminho.


Dagur : É aqui ! - ele diz.


Eu : Como você sabe que é aqui? -eu pergunto pois não podemos nos arriscar sendo que há um Dragão como aquela na ilha. 


Dagur: Eu sei porque... Porque eu sei! - ele anda a montanha e eu sigo ele.


Eu : Eu devia ter feito você subir esse monte todo sozinho pra pagar por me fazer remar do domínio até aqui ! - ele ri.


Dagur : Você tá muito fora de forma! Vamos logo! - continuamos subindo e depois de uns 10 minutos de escalada nós conseguimos chegar.


Eu : Ahh! Até que enfim! -eu me jogo na grama todo suado.


Dagur: EU CONSEGUI !!! - Ele grita do monte.


Eu : Não! Se não fosse por mim você não estaria aqui então...EU CONSEGUI !!! - eu grito mais alto.


Dagur : Argh! - ele revira os olhos.- Vamos procurar a fenda! - andamos um pouco no monte e não encontramos nada.-NÃO é possível!  - ele diz irritado.


Eu : Eu sabia que você estava errado! - Ele me olha bravo.- Que é?  Quer que eu diga que valeu a pena subir até aqui ? 


Dagur : Bom, você poderia...- escutamos o rugido de Banguela.


Eu : Más como ...


Dagur: Eu disse que estava certo! - segui ele até onde Banguela estava. 


Eu : A entrada da fenda! - eu sorri.- Vamos! - eu entrei nela.


Dagur : Calma ! Se o Espectro estiver aí agente já era!


Eu : Você não disse que se deram bem ?


Dagur : Isso foi a quase um ano! - eu desmanchei o sorriso.


Eu : Temos que ir rápido pra ele...-Olho pra frente e lá estava ele. - MEU THOR !!! - eu olho para o Dagur que congelou.


Dagur: Não... Se... mexe! - ficamos um tempo parados até que Banguela atira plasma. E o Espectro se enfurece.


Eu : Banguela! Não! - eu monto em cima dele.- Acha que consegue distraí-lo? 


Dagur: Eu faço isso agora você procura o antídoto! - eu assento. -AQUI DRAGÃOZINHO!!! -ele joga um galho no Dragão que vai ao seu encontro. Eu vôo mais pra dentro da fenda junto com Banguela. 


Eu : Deve estar em algum lugar...-Desço dele e nós dois procuramos.-Não é possível que estamos na ilha errada! - na minha cabeça vem a imagem de Astrid doente.-NÃO! Nós vamos achar isso e não vamos sair daqui sem o antídoto! - eu digo olhando Banguela que esfrega sua cabeça em meu braço e eu faço carinho nele. Andamos mais pra dentro até ver algo brilhante. - Será que é...Eu ando mais e... Sim! - Não acredito! - Era a mesma planta do livro. Peguei três delas, por via das dúvidas não é?! - Vamos embora! - subi em Banguela com as plantas em uma sacola e fui para o lugar onde deixei Dagur. Nao ouço Barulho, Ando mais e vejo o Dragão deitado ... NÃO! O Dagur não pode estar...


Dagur:HAHAHAHAHAH ! Isso faz cócegas! - vou mais a frente e vejo o Dragão lambendo o rosto de Dagur. 


Eu : Como fez isso??? -eu chego mais perto.


Dagur : Soluço?  Que bom que voltou ! Parece que meu amigo se lembrou de mim não é ?! - o Dragão passa a cauda nele.


Eu: Incrível! - eu chego perto e coloco minha mão em seu focinho fazendo carinho nele.-Como ele é dócil depois de treinado! Parece até o Banguela! - Banguela ruge como se dissesse "Eu tô aqui!". - Você é único amigão! -ele vem até o Dragão e eles se cheiram.


Dagur: Acho que o Banguela e ele se deram bem! - Saímos da fenda junto com o Dragão e Banguela. Assamos alguns peixes em uma fogueira e comemos com os Dragões. Eles passaram a tarde inteira brincando. 


Eu: Estamos alimentados, hidratados, agora podemos ir não é?! - ele assente e fomos até a margem da ilha e o barco não estava lá.


Dagur: Você nao amarrou o barco direito! - ele me dá sermão.


Eu: Eu estava com muito calor e nem me lembrei! Desculpa ai, podemos ir no Banguela.- O Espectro de Areia aparece atrás de nós.-Ou podemos ir cada um em um Dragão! - ele vem até mim e estende a mão.


Dagur: Aliados ? - Eu aperto sua mão.


Eu : Aliados! 


POV HEATHER 


Astrid : O que ???? - ela se levanta da cama ainda de pijama. 


Eu : Calma Astrid! - ela olha pra nós todos com raiva.


Astrid : Eu durmo por dois dias e vocês me dizem que o Soluço foi procurar a droga do antídoto com o Dagur ???


Eu : Eu também fui totalmente contra, mais o Soluço ama você então nós não tivemos escolha!


Melequento: Você sabe que ninguém consegue segurar ele não é?! - ela abaixa a cabeça espirrando.


Astrid : ATCHINNN!!! - Ela se sentando na cama.-É que eu estou preocupada com ele! - eu forço ela a se cobrir.


Eu : Gente vamos deixar a Astrid descansar até o Soluço voltar com o remedio! -Saímos da cabana e fomos até a sede. Já era de noite, e se passaram dois dias desde que o Soluço partiu com o Dagur. Achei estranho o meu irmã...O Dagur querer ajudar ele. E tenho medo dele ferir o Soluço pois ele já fez tanta coisa por mim e se ele acabar sendo ferido eu vou me sentir culpada por isso!


Perna de Peixe: Ele vai ficar bem Heather, o Soluço já derrotou um Dragão do tamanho de Berk e só perdeu uma perna! Ele é mais forte do que aparenta ser! - ele diz e eu rio.


Eu: Tem razão! Eu devo estar delirando. - chego perto dele e lhe dou um selinho demorado, mais amoroso.


*****: Desculpa atrapalhar!!! - olhamos e demos de cara com o Soluço em meio a neve junto com o Dagur.


Eu : Soluço! - eu corro em sua direção e o abraço e Perna faz o mesmo.


Dagur: Bom... Acho que já fiz o que tinha que fazer! - ele vai ao encontro de um ... Dragão?


Eu : O que é isso Soluço? - ele me olha rindo.


Soluço: É o Dragão do Dagur! O Espectro de Areia! Ele sabia onde achar ele então me levou até lá e a planta está comigo! - eu olho incrédula. Dagur? Ajudando alguém?-Dagur você pode ficar para o Perna estudar o seu Dragão! Tem um quarto lá na minha cabana e você pode ficar nele, eu não vou ficar em casa essa noite!- ele diz e Dagur assente e vai para a cabana de Soluço.


Eu : Não sei se é uma boa idéia!  - ele me olha.


Soluço: Você não sabe o que o Dagur fez por mim! Foi por ele que eu consegui o antídoto, por falar nisso eu vou ver a Astrid e preparar o chá.


Perna De Peixe: Eu cuido do Espectro!  - Soluço concorda e vai. - Talvez ele tenha mesmo mudado!


Eu: Talvez...


Perna De Peixe: O que ??? - ele pergunta me olhando.


Eu: Nada! Eu disse pra estudarmos logo esse Dragão! - eu digo e ele ri comigo.


POV SOLUÇO


Até que enfim cheguei! Dagur foi muito importante para conseguirmos o antídoto. Sem ele acho que não teria chegado até aquela ilha e ainda por cima conseguir conhecer um Dragão da família do Banguela! Ainda teremos muito a estudar sobre ele e eu acho que vai ser incrível! Faz tempo que não vemos um Dragão tão interessante. Subo as escadas do quarto e vejo Astrid dormindo. Sua pele está pálida e os lábios ainda sem cor.


Eu : Ah! - eu suspiro olhando seu estado.- Você vai ficar bem! -Eu sussurro antes de acordá-la. -Astrid! Sou eu, eu trouxe o antídoto! - ela abre os olhos, seus diamantes azuis se destacavam em seu rosto pela palidez.


Astrid: VOCÊ ESTÁ VIVO !!! - ela me abraça com força.-Eu achei que nunca mais iria ver você! - ela me olha e eu a beijo.


Eu : Calma, você não pode fazer muito esforço amor! - Eu deito cubro ela denovo e ela fica der coluna ereta pra tomar o chá. - Fico feliz que esteja bem! 


Astrid : Muito...ATCHINNN! Obrigado! - ela bebe tudo.


Eu: Muito bem! Você merece mil beijos!- Eu subo em cima dela dando beijos em seu pescoço e rosto fazendo ela rir.


Astrid: As vezes me pergunto como você pode ser tão apaixonado por mim! - eu rio.


Eu: Você é muito convencida! - ela põe a mão no meu rosto.


Astrid: Pra atravessar meio mundo e arriscar sua vida nesse frio só pra me salvar...É! Você é louco por mim! -Ela diz convencida.


Eu: Você faria o mesmo por mim que eu sei.


Astrid: Você é muito convencido! - ela ri e ficamos a noite toda juntinhos, pois não há lugar melhor pra mim do que ficar com ela!


POV AUTORA


Soluço acordou no outro dia com alguns raios de sol e o barulho da neve sendo derretida caindo ao lado de fora da casa. Daqui 2 dias seria ano novo e eles estavam felizes com isso! Mais um ano, para mudarem suas vidas e começarem do zero de novo. Quem estava mais feliz com isso era o Dagur, ele queria começar de novo, queria que as pessoas vissem que ele mudou e ele se decidiu que a primeira coisa que iria fazer era assinar um tratado de paz com Berk e voltar a sua ilha fazendo tudo ser diferente, na nossa língua ele queria dizer...Normal! 


Perna de Peixe: Ele é incrível! - o garoto disse enquanto passava a mão no Espectro de Areia do Dagur, os dois estavam estudando o Dragão.


Dagur: Sabe o que mais ele pode fazer? -ele perguntou vendo perna de Peixe curioso.-Ele pode ficar sem respirar debaixo da água por 30 minutos!


Perna de Peixe: Demais!!! - Soluço e Astrid chegam na hora e vêem os dois estudando o Dragão que quando vê Banguela dá um pulo.


Soluço: Esqueceram que ele é extremamente muito apegado a família! - eles riem e os dois dragões saem para brincar com Tempestade.


Astrid: Dagur eu ... Queria te agradecer por ajudar ao Soluço! - Era difícil pra ela dizer aquilo, Soluço implorou para que ela baixasse o ego e dissesse um "Obrigado" ao homem.


Dagur: Por nada madame!-ele disse a ela que sorriu sem graça.


Astrid : É agradecer você também! - ela abraça Soluço e lhe dá um selinho, que o faz ficar extremamente vermelho. - Que foi Soluço? 


Dagur: Você disse que não eram namorados! - A Astrid havia esquecido de que manteriam em segredo de Dagur sua relação, más com esse ato de confiança dele não precisariam mais disso.


Soluço: Então... Não era o momento certo mais...Somos um casal! - eles ficam vermelhos.


Cabeça Quente : Oi gente e...Dagur! -ela diz batendo a cabeça no irmão.


Soluço: Vai ser estranho mais você fica muito mais normal com o Melequento Cabeça Quente!


Cabeça Dura: É eu muito mais esquisito com a Jasmine! Por isso eu gosto das esquisitices!


Dagur: O que eu perdi aqui? 


Soluço: Muita coisa! - eles contam para ele tudo o que aconteceu. Mesmo sem perceberem, neste dia os pilotos e Dagur ficaram ainda mais próximos, e assim podendo finalmente chamar Dagur e Soluço de irmãos.


Continua...



Notas Finais


E ae? Gostaram?

Acham que Heather vai perceber que o Dagur mudou mesmo?
O que mais o Espectro de Areia esconde? Será que tudo ainda vai continuar calmo?
Comentem o que acharam !!!


EU FIQUEI MALUCA QUANDO VI QUE A HISTÓRIA ATINGIU FINALMENTE 100 FAVORITOS !!!
EU NÃO ACREDITO AINDA ! EU NÃO SABIA QUE ESSA HISTÓRIA SERIA TÃO GRANDE ASSIM ♥♥♥

E PRA VOCÊS QUE SE PERGUNTAM SE A FC VAI DEMORAR PARA ACABAR... TENHO UMA NOTÍCIA MUITO BOA!
ELA AINDA VAI TER PELO MENOS UNS 10 CAPITULOS E EU AINDA VOU FAZER 2°TEMPORADA DEPOIS QUE A 4° TEMPORADA DE RTTE LANÇAR POIS EU TENHO CERTEZA QUE ELA VAI ME DAR MUITAS IDÉIAS NOVAS! E DEPOIS EU AINDA VOU FAZER OUTRAS COISINHAS...
RESUMINDO: ISSO NÃO VAI SER APENAS UMA FANFIC E SIM UMA SAGA PESSOAL! VAI TER OUTRAS CONTINUAÇÕES POIS TEREMOS 6 TEMPORADAS DE RTTE ENTÃO VOU TER MUITAS IDÉIAS PRA ELA!!!

Muito obrigado mais uma vez pelos 100 favoritos e saibam que vocês são incríveis demais pessoal♥♥♥♥♥

Até domingo ou segunda amores♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...