História Hidden - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Exibições 21
Palavras 1.111
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heyy boa leitura.... xx

Capítulo 7 - Capítulo Sete


                 

           ''Onde vc ta?'' -Dani 

           ''Na minha casa ué'' -Louise

           ''Ah...acabei de acordar no quarto do Mike espero q não tenha feito merda ontem'' - Dani

           ''Boa sorte com isso. Quando vi Mike pela ultima vez ontem ele estava muito bêbado'' - Louise

            '' Psé ele vai ficar com uma puta ressaca... alias vc foi embora como ontem?'' - Dani

            ''Fui de apé sozinha.. minha cabeça estava doendo muito e não ia lá chamar o otário do Alex pra me levar'' - Louise

            '' Humm... Ok, eu vou tomar banho e vou acordar o Mike dps. See u bitch xoxo'' - Dani

            ''Mais uma vez, boa sorte com isso. xoxo'' - Louise

Depois da conversa com Dani resolvi ir tomar um banho e descer pra comer alguma coisa, meu estômago estava vivo até agora graças a um salgadinho que comi na noite anterior. Vesti uma roupa mais arrumada porque pretendia visitar a minha tia logo depois que comesse. Ela era muito sozinha, costumava sempre nos visitar e trazer diferentes sobremesas aos domingos mas depois que ficou viúva se isolou de todos. Mas eu fazia questão de visita-la todas as semanas. Terminei de me arrumar (1) e desci encontrando apenas Freddy, meu gato, jogado no sofá da sala. Se minha mãe visse isso o mataria na hora com uma voadeira. Dei um oi pra ele, sim eu sou a louca que dá oi aos animais da casa, e fui na cozinha buscar alimento para o meu monstro vulgo estômago. Comi uma maça, uma banana, fiz um misto quente e tomei quase a garrafa toda de suco de uva. Mandei uma mensagem pro meu pai e minha mãe avisando que sairia pra casa da minha tia. 

No pequeno caminho que percorri eu tentava não pensar no que meus amigos estavam fazendo naquele momento. O que ele estava fazendo. Como disse tentei não pensar, mas Luke estava caminhando na minha direção naquele momento. E meu Deus como ele estava lindo com o cabelo desarrumado, sua camiseta xadrez vermelha com alguns botões aberto dando vista pra uma pequena parte de seu peitoral. 

- Hey - ele disse me dando um abraço - Como foi embora ontem? Fiquei te procurando mas Mike tinha dito que você tinha ido embora porque estava com dor. - meu coração parou quando ele disse ''Mike tinha dito que você...'' Ahhh! 

- Ah... minha cabeça tava doendo muito e meus pés estavam me matando então resolvi ir embora.- disse

-Mas como você foi embora?- ele me olhou desconfiado

-Eu fui de apé. - disse simplesmente. Enquanto conversávamos Luke me seguia em direção á casa da minha tia.

- Ta de brincadeira Louise? - ele perguntou me olhando perplexo 

- Ué o que que tem? Não era tão longe da minha casa e eu não queria ir lá e acabar com a festa de vocês. 

- 'Não era tão longe?' São quase dois quilômetros. - ele ainda falava me olhando feito louco

- Sem drama Hemmings. Eu não fui estuprada nem morta. - disse me lembrando do quase estupro e morte da noite passada. - To vivinha da silva aqui. - disse apontando pra mim mesma 

- Tá tá... mas promete que da próxima vez que decidir ir embora sozinha vai e chamar pra te levar ou ao menos te acompanhar. - disse se desfazendo de uma cara raivosa para uma mais apreensiva.

- Ok, prometo - disse e revirei os olhos.

- Você fica tão fofa quando faz isso, sabia? - Luke disse se referindo ao meu revirar de olhos e riu um pouco olhando pra baixo

- Meu querido, eu sou sempre  fofa! - disse rindo da cara dele e jogando o cabelo logo em seguida. Luke ria da minha cara e me olhava com uma cara sapeca.

- Aé? Sempre? - dizia rindo e me segurando com um braço no meu ombro enquanto o outro me descabelava. - Ahhh você não fica fofa quando ta descabelada. - falava rindo de mim enquanto eu tentava sair do seu braço. Quando consegui fiquei rindo dele rindo de mim. 

-Invejoso -disse com a voz de brava mas na verdade estava achando graça de tudo aquilo. Se manteve um silêncio confortável depois de nossas brincadeiras e percebi que já estava na frente da casa da minha tia. Bati palma e ela apareceu vindo da área do fundo com um vaso de plantas nas mãos. Minha tia era muito parecida com a minha mãe, e apesar de ser mais nova que a mesma ela aparentava ser mais velha. Tinha os mesmos cabelos longos, seu corpo pequeno e sua estrutura baixa, mas suas expressões revelavam o cansaço e seu desânimo. 

- Oi tia! - eu exclamei bem animada e vi ela sorrir pra mim e pra Luke 

-Oii tia! - Luke também exclamou e saiu correndo pra dar um abraço bem apertado nela. Ele teve que se abaixar muito pra alcançar minha tia. 

- Solta minha tia seu poste. - eu disse pra Luke. E assim que ele soltou eu dei um abraço bem apertado nela.

- Ah Mad porque não disse que viria com Luke? Eu teria feito alguma coisa pra vocês comerem! - minha tia me advertiu.

- Mas nem pensar dona Adelaide! Nós viemos hoje para levar a senhora pra dar uma volta. Hoje o dia está mais que maravilhoso e a senhora vai ter que aturar seus dois adolescentes favoritos do mundo o dia inteiro!Então aproveita porque hoje é seu dia de folga! - eu dizia pra minha tia animada e levando ela pelos ombros pra dentro de casa e sendo seguida por Luke. A casa da minha tia era menor do que a minha, também era de dois andares mas era bem mais ''velha''. Tudo de madeira, o que fazia ela ser duas vezes mais confortável. Eu e Luke sentamos na sala e eu disse pra ela trocar de roupa. Nós iriamos com o carro do meu falecido tio. Ela protestou uma vez mas nós insistimos tanto que ela cedeu. 

Depois que ela desceu pronta e arrumada nós fomos pro carro e ela se sentou na frente, queria que ela absorvesse qualquer vestígio do mundo exterior. Nós conversávamos animados sobre cachorros e gatos, minha tia que não gostava de nenhum dizia que gostava de pegar gatos e atira-los pra longe, enquanto Luke dizia que ama cachorros e que também não gosta de gato, já eu, que amo os dois, defendia os gatos das atrocidades humanas. Quando se instalou um silêncio, minha tia ficou um pouco de lado pra poder ter uma visão melhor de mim e mandou uma pergunta que me deu um soco no estômago:

- Vocês estão mesmo namorando?

 


Notas Finais


(1) https://www.polyvore.com/sem_t%C3%ADtulo_120/set?id=112264787

UOWWWWWWWWW cap pequeno mas td bem.. espero que tenham gostado, desculpa qualquer erro xxxxx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...