História Hidden Loves - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 7
Palavras 853
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Agradecimentos especiais a algumas pessoinhas que inspiraram esta histórinea :3
Beijineos Jamanta, Asuka, Ciel, Baka e Mozin Sz

Capítulo 9 - A Escolha


 De repente, eles ouvem um carro se aproximando.

-Eles chegaram - disse Arthur, vestindo sua camisa.

-Ah, só porque ia começar a parte boa.

-Parte boa?

-Na verdade, estando com você todas as partes são boas.

Baka foi até ela, segurou-a em seu colo e a beijou, dizendo uma frase sussurrada em seu ouvido.

-Depois continuamos isso.

Os dois se soltaram antes de Ciel arrombar a porta da frente gritando estéricamente.

-Chegamooos!

-A desastrada caiu denovo? *risos* - disse Amy, olhando para Asuna.

-Muito engraçado Xurumela.

-Ela caiu do balanço - disse Arthur, tentando esconder a risada.

-A culpa não é minha que a gravidade não me ajuda.

-Balanço? Aqui tem balanço? - perguntou Ciel.

-Eu fiz um balanço no galho do carvalho.

-Aaah! Como eu te amo Baka! - exclamou Isaac.

-Eu sei, eu sei.

Ciel, Asuka e Asuna foram até o balanço e Lukas foi até o quarto.

-Potato?

-Eu.

-Se eu te contar algo, você promete que mantém segredo?

-Adoro segredos, vai falando. - disse enquanto guardava as compras.

-Eu... E Asuna...

-Você e Jamanta? NÃO ACREDITO!

-Deixa eu terminar, e não grita!

-Ah, meu coração. Fala logo.

-A gente... Nós...

-Namorando? - perguntou Amy, com uma cara entusiasmada.

-Não. Não chegou a isso.

-Vocês... Vocês... - fez uma pausa e encarou Arthur - SEUS SAFADOS!

-Fala baixo!

-Não acredito nisso.

-Olha Amy, eu preciso conversar com alguém e acho que você é a pessoa menos idiota por aqui.

-Fale.

-Eu... Eu amo Iasmin, eu sempre a amei e acho que quero algo a mais do que simplesmente...

-Pegação? Entendo.

-Eu não usaria essas palavras, mas como quiser.

-Se você a ama, leva isso mais longe ué.

-Aí está o problema...

-Lá vem merda.

-Tem o Ciel...

-Como assi... - parou para analisar aquela frase - Você não fez isso...

-F-fiz...

-Porra Baka!

-Eu não pude segurar, ele é uma tentação pra mim.

-Tudo é uma tentação pra você.

-Isso não vem ao caso. O que eu faço?

-Siga o seu coração. Escolha quem faz o seu coração bater mais forte, aquela pessoa que te dá arrepios, aquela pessoa que faz você querer ser alguém melhor. Mas tenha a consciência de que alguém vai sair machucado nessa história.

-É isso que me faz ter medo. Não quero magoar ninguém.

-Não queria estar na sua pele.

-Acho que lá no fundo, eu sei quem eu quero.

-Então vá em frente.

-Eu amo Ciel, mas Iasmin é meu amor de infância sabe? Aquele que você nunca esquece.

-Boa sorte pra dizer isso pra Isaac. Eu não conseguiria machucar o coraçãozinho dele, só de pensar em ver aquele rostinho lindo chorando já me dá um aperto no coração.

-Você não tá ajudando.

-Vai logo, quanto antes melhor.

-Isso vai dar merda - disse enquanto saía.

-Boa sorte.

Baka foi até o balanço, onde Isaac estava sentado sendo observado por Asuka e Asuna.

-Bakaaa! Esse balanço é demais!

-Ciel, posso falar com você a sós? - disse olhando indiretamente para Iasmin, ambos sabiam o que aquilo queria dizer.

-Pode, mas que seja rápido.

Arthur puxou Isaac pelo braço e se afastaram das duas.

-Ciel, eu preciso falar com voc...

Baka nem conseguiu terminar a frase. Os dois caíram em um profundo buraco que ficava despercebido no caminho em que andavam.

-Ahhhh! Ciel? Cieeel?! - berrou Arthur, ainda meio zonzo.

-Aaaaaaaaahh! - Isaac deu um grito - Tá doendo!

-Ciel?! - avistou-o e foi até ele - Você tá bem? O que aconteceu? A gente precisa te levar pro hospital. Vamos pedir socorro!

Isaac encarou-o e começou a rir.

-Por que você tá rindo?! A gente tem que te levar pra um hospital agora!

-Eu tô bem, Hyung.

-O quê?

-Só queria ver o que você ia fazer *risos*

-Isso é brincadeira de mal gosto - disse num tom emburrado.

Isaac sentou em seu colo e ergueu a cabeça do mais velho para si.

-Hey, eu tava brincando seu bobo - disse seguido de um sorriso quadrado, que fez seus olhos se fecharem.

Arthur olhou no fundo de seus olhos, observou aquele sorriso espontâneo que só ele tinha, as covinhas, as silhuetas levemente curvadas de suas pequenas marcas de olheiras, o jeito que sua testa ficava enrugada quando abria um sorriso estérico, as ondulações que sua franja fazia quando tentava colocá-la para trás e ela sempre voltava para o mesmo lugar, tudo nele era tão perfeito. Naquele momento, Arthur percebeu que se deixasse aquele menino escapar se arrependeria até o último dia de sua vida. Ele podia até amar Asuna, mas era algo psicológico, algo de infância que ele ainda achava ser real.

Baka tomou aquela decisão ali, quando percebeu que era aquele sorriso que ele queria ver todo dia ao seu lado, quando percebeu que era aquele garoto que ele queria fazer sorrir. Então o beijou inesperadamente, e sim, era naqueles lábios que queria se aconchegar pro resto de sua vida.

Cessou o beijo e enlaçou seus braços sobre Ciel, abraçando-o mais forte do que nunca.

-O quê é isso? - perguntou Ciel.

-Sabe o que eu queria te falar?

-O quê?

-Que eu te amo mais que tudo nesse mundo. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3
Beijineos de neon ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...