História Hidden Truths - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ansatsu Kyoshitsu (Assassination Classroom)
Personagens Karma Akabane, Nagisa Shiota
Tags Assassinato, Karma X Nagisa, Karmagisa, Nagisa Vs Hiromi, Romance
Visualizações 55
Palavras 675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Yume? (Um sonho?)


Fanfic / Fanfiction Hidden Truths - Capítulo 9 - Yume? (Um sonho?)

Nagisa's POV

Acordo assustado. O suor escorria pelo meu rosto. Olho em volta e percebo que me encontrava em um quarto totalmente branco, obviamente o hospital.

Aquilo... Foi apenas um sonho? Um mero pesadelo?

Porém uma questão não saia de minha mente, esta é: "Se eu tivesse que escolher entre a vida e a morte, qual eu escolheria?" 

Confesso que minha vida é péssima, eu mesmo já pensei em desistir diversas vezes dela, porém, sempre que penso em cogitar esta idéia meu peito dói. Não suporto a idéia de deixar todos aqueles que se importam comigo, até mesmo minha mãe, afinal, sei bem o que ela faz comigo, mas querendo ou não, ela é minha mãe, e... Eu me importo com ela, eu, eu amo ela!

Então, talvez eu nunca fosse capaz de escolher...

Talvez eu ficasse preso para sempre pensando em qual seria a melhor decisão.

Talvez eu só-

-Nagisa! Você acordou! Ainda bem! -Um voz rouca e conhecida exclama.

-Karma?! O que faz aqui? -Pergunto surpreso pelo fato de o ruivo não estar mais me ignorando.

-Não é óbvio? Vim fazer as pazes! -O garoto cabelo cor de fogo diz, simplista. Como se aquilo fosse a coisa mais óbvia do mundo.

Tento levantar mas minhas pernas fraquejam, só lembro do acidente quando uma dor insuportável me atinge, me fazendo grunir e deixar um certo ruivo "preocupado".

-Você não pode se mexer! Eu vou chamar um médico okay? Não saia daí! Nagi-chan -Karma faz questão de enfatizar a última frase, o que me causa arrepios.

Logo após o garoto cabelo cor de fogo sair por aquela porta um silêncio constrangedor se apodera do momento. O que me leva a pensar novamente em qual alternativa eu tomaria, se tivesse de escolher entre viver e morrer.

Olho para o lado vendo que minha bolsa se encontrava encostada na parede ao lado de minha cama, de lá tiro uma faca que carrego em casos de emergência.

Eu não pretendia me matar nem me cortar ou algo do gênero, apenas que, eu consiguia me acalmar quando encarava algum objeto pontiagudo.

Talvez assim eu finalmente conseguiria organizar meus pensamentos e pensar em respostas. Bom, para a maioria deles.

Karma's POV

Saio do quarto do azulado as pressas, não queria perder nenhum pouquinho de meu tempo precioso com o Nagisa. Afinal, acabei de descobrir que amo o meu melhor amigo!

Sim! Eu descobri isso agora, só agora, mas por favor né? Compreendão, eu não sou bom com sentimentos.

Como eu descobri isso? Simples, foi no dia do acidente.

FlashBack on:

Nagisa estava imóvel no chão, em meio a uma possa de sangue, não importava o quanto eu o chamasse ele não se movia, não dava nenhum sinal de que poderia estar vivo, mas eu tinha que pensar positivo! Afinal, o Nagisa que eu conheço é forte! Ele nunca desisti!

Por sorte meu sofrimento durou pouco tempo. Um carro que passava no local aceitou dar-me carona com o azulado até o hospital.

Chegando lá a atendente me faz a seguinte pergunta: "Qual sua relação com o paciente?" 

Ao ouvir ela dizer isso eu fiquei pasmo, nós éramos amigos? Não sei se podemos nos considerar amigos após aquela "briga" só sei que, não conseguia pensar no Nagisa apenas como tal, havia algo a mais por trás desta amizade. No começo achei apenas querer portegê-lo, mas agora se tornou quase uma necessidade vê-lo a todo momento.

Será isso o que chamam de amor? Será que foi esse o motivo de eu me sentir atraído pelo mesmo? Esse é o motivo por trás daquele simples beijo?

É, este pode ser o motivo. Mas e ele? Será que ele sente o mesmo por mim? 

AAHH!!! Que confusão! Parece que uma tempestade se formou em minha mente! 

Mas de uma coisa eu sei, se ele sente o mesmo ou não, não importa, a única coisa que eu quero é poder ficar ao teu lado, somente de estar em sua presença já é o suficiente.

FlashBack off:

Fecho o punho com força, me lembrando da angústia que senti naquele momento, em que vi tudo acontecer, dominado pela raiva que tinha por mim mesmo, de ser incapaz de salvá-lo.




Eu irei protegê-lo, custe o que custar!


Notas Finais


-Nagisa você viu meu carrinho?

-Não Karma, eu não vi ;-;

-Eh? Você pegou né? Devolve!

-Não eu não peguei!

-Pegou sim!

-Karma, não seja infantil!

-Já assistiu Hatsukoi Monsters?

-Hm? Não, porque?

-Então você não pode dizer se sou infantil! -Mostra a língua.

- ,-,

Autora: Quem entendeu a referência? -Quem sabe, sabe!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...