História HIGH SCHOOL LOVE - Interativa " BTS" - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Pac-Chan

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BLANC7, CL (Chaelin Lee), Cross Gene, EXO, G-Friend, Girl's Day, Got7, Miss A, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet, TWICE, UNIQ
Personagens Baekhyun, BamBam, Casper, Chaeyoung, Chanyeol, Chen, Chenle, Cho Seung Yeon, D.L, D.O, Dahyun, Doyoung, Eunha, Fei, Haechan, Hansol, Hyeri, Irene, Jackson, Jaehyun, Jaemin, JB, Jean Paul, Jennie, Jeno, J-hope, Jia, Jihyo, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jisung, Johnny, Joy, Jungkook, Jungyeon, Kai, Kim Sun Joo, K-Kid, Kris Wu, Kun, Lay, Lee Chaelin "CL", Lee Seyoung, Li Wen Han, Lisa, Lu Han, Mark, Mark, Min, Mina, Minah, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, RenJun, Rosé, Sana, Sangmin, Sehun, Seulgi, Shin Won-ho, Shinwoo, SinB, Sojin, Sowon, Spax, Suga, Suho, Suzy, Taeil, Taeyong, Taichi, Tao, Ten, Teno, Terada Takuya, Tzuyu, Umji, V, Wang Yibo, Wendy, Winwin, Xiumin, Yeri, Yerin, Yongseok, Youngjae, Yugyeom, Yuju, Yura, Yuta, Zhou Yi Xuan
Tags Escolar, Interativa, Kpop, Romance
Visualizações 191
Palavras 2.077
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui está o primeiro capitulo :)

Espero que gostem

BOA LEITURA 📖

Capítulo 3 - Vidas opostas...


Fanfic / Fanfiction HIGH SCHOOL LOVE - Interativa " BTS" - Capítulo 3 - Vidas opostas...


Mais um dia intenso, o sol se fundia perante as nuvens cinzentas. A luz dos raios solares, adentravam as janelas abertas daquela casa. Era o amanhecer mais bonito que ela estava vendo, mas mais uma vez ela não estava ali para admirar a luz do dia e sim para começar mais um dia de trabalho para com seus pais e seu irmão mais velho. Suas órbitas escuras se protegiam dos raios de sol que a rodeavam. O dia começava a nascer. Jeon Diana, se levantou com dificuldade de sua cama, mais um dia, mais uma um dia em que ajudaria seus pais a cuidar do negócio da sua família. Um bocejo alto saiu de sua boca antes de começar a arrumar a sua cama. Jeon Diana, calçou seus chinelos de quarto e em passos rápidos caminhou até ao único banheiro daquela casa, que ficava num cômodo separado de seu quarto. Quando Jeon DIana abriu a porta, sorriu ao ter a visão do ser que saiu do quarto da frente



- Vejo que acordas-te mais cedo que o costume - murmurou coçando os olhos com cara de sono e se espreguiçando



- Bom dia irmão - sorriu 



o mais velho, se aproximou de sua irmã e a abraçou dando um rápido beijo no centro da testa da mesma 



- Bom dia minha princesinha - retribuiu o sorriso - Acordaste a muito tempo?



Diana negou 



- Acabei de acordar



- Então faz assim. O oppa vai te deixar tomar banho primeiro, enquanto eu vou preparar o nosso pequeno almoço



Ela assentiu, antes dar o seus primeiros passos até ao banheiro. Quando chegou ao mesmo, seu primeiro ato foi tirar sua roupa e ligar o registro da água fria. Sim, vocês ouviram bem. Na Coreia do Sul existem famílias que são até familiares de realeza, com um costume formal e luxuoso. Em que, num estalar de dedos, os objetos que eles quiserem ter, vinham ter as suas mãos em menos de segundos. Existem várias pessoas que tiveram a sorte de ter nascido em uma família rica e de classe alta, mas Jeon Diana não pertencia a esse grupo de pessoas. Ela, seu irmão e seus pais, batalhavam pela vida, trabalhando duro para pagar seus estudos. Desde criança seus pais  a habituaram a vender frutas e mercadorias. Ela gostava de correr pela rua para chamar a atenção dos clientes. Se lembra até de ter conhecido um menino, que costumava brincar com ela quando vinha com uma senhora mais velha até a barraquinha de seus pais, mas ele parou de a visitar, quando falou que nao poderia falar com pobres. Jeon Diana, ficou bem triste nesse dia, mas respeitou a opinião do pequeno menino. Se ele não respeitava a sua classe social, o melhor era não ter a amizade dele ou de outra pessoa. Foi o que aconteceu. Quando Jeon Diana começou seus estudos no ensino médio, as pessoas se afastaram dela e a chamavam “ A filha dos nojentos comerciantes de rua”. Isso a magoava, pelo simples fato de julgarem o trabalho honesto e duro de seus pais. Por essa razão nunca se relacionou muito com as outras pessoas e muito menos fez amigos. Seu irmão Jeon Jungkook namorava uma garota, que parecia um anjo. Sempre carinhosa para ele e para Diana, mas nem tudo que parece é. A namorada de seu irmão chegou a ameaçar Diana por ela estar sempre a depender do irmão na escola e não os deixar a sós para namorarem. Jungkook quando descobriu o que a sua namorada tinha feito a sua irmãzinha, terminou o namoro de 2 meses com a garota. A sua irmãzinha tinha mais valor na sua vida que qualquer namorada sua. Pois ele sabia o quanto  aquela jovem adolescente  sofria com o preconceito de ela ser a única da sua tuma que não possuía um telemóvel ou qualquer aparelho eletrônico. Sua irmã com apenas aquela idade, para ele já era considerada uma grande mulher. Mesmo que ainda não tenha tido experiência com relacionamentos amorosos ou amizades. Era honesta, humilde e trabalhadora


- Jungkook. A Diana? - o homem mais velho perguntou entrando na cozinha e se sentando no pequeno banco de madeira envelhecida


- A Diana, foi tomar primeiro banho que eu


- Eu estou a precisar de ajuda, as caixas de fruta são muito pesadas e as minhas costas estão um caco - suspirou arrancando uma risada de seu filho


- Que é isso senhor Kwan. O senhor ainda tem muita energia - deu duas batidas no ombro do mais velho - ou pensa que eu não ouvi o som da sua cama e da mãe a ranger - sorriu de lado


- Já estou bem velho e tu ainda és novo demais para falarmos dessas coisas Jeon Jungkook


- Estou a brincar. O senhor quer ajuda com as caixas?


- A tua mãe é teimosa demais. Tenho certeza que já arrumou as caixas quase todas


- Ah não, a mãe sofre com problemas nas costas, não pode fazer muito esforço


- Eu vou acabar de aquecer o leite para a Diana - o mais velho se levantou e tomou controle do fogão


Uma garota com os cabelos recém molhados apareceu na cozinha com suas vestes confortáveis vestidas. Ela sorriu


- Diana. Anda tomar o pequeno almoço - seu pai a chamou


- Bom dia pai - a garota deu um curto sorriso e deu um beijo na bochecha dele


- Eu vou para o banheiro tomar banho. Não comam as minhas bolachas - Jungkook falou antes de sair


- A mãe ? - perguntou curiosa analisando o local em volta


- Onde pensas que a tua mãe está? - o homem suspirou apagando o fogão e pegando em quatro chávenas para tomarem leite quente - Ela estava a arrumar as caixas na carrinha


- Falaram em mim - a mulher loira de olhos azuis com os seus 43 anos apareceu


- Querida. Eu não falei que iria arrumar as caixa


- Eu falei que conseguia sozinha - Jeon Ana se sentou  


- O que é isso? - o homem apontou para o panfleto que estava nas mãos de sua esposa


- Ah. É só um panfleto - o jogou em cima da mesa e como Diana era um tanto curiosa, o pegou e começou a ler


“ Colégio privado Kim Gedeuk”


Na Corei do Sul, na cidade de Seul, Se situa um dos melhores colégios da ASIA.    " Collegy Kim Gedeuk". Conhecido pelo sobrenome do homem mais rico da Coreia. A empresa kim Gedeuk é conhecida mundialmente pela sua grande gestão financeira e pelas milhares de lojas existentes no mundo inteiro. Mas o que marca este poderoso sobrenome é o colégio e a sua pirâmide social. Um colégio privado que garante a boa instalação e educação dos alunos. O diretor Kim, acaba de informar que irá  abrir as portas para alguns bolsistas e dar a oportunidade de estudarem no seu colégio! Talvez seja você esse sortudo. As informações estarão explícitas abaixo


É sobre um colégio privado - deu de ombros - Não é importante


- Por falar em colégio. Tu e o teu irmão têm de acabar de fazer a matricula no colégio público


- Eu irei tentar entregar amanhã - sorriu forçado


Jeon Diana sorriu forçado. As aulas estavam quase começando, faltava menos de um mês e Jeon Diana, não estava nem um pouco feliz. Se sentia mais feliz a ajudar seus pais, do que ter de estudar naquele colégio




Los Angeles , 08:00 pm


O sol raiava e os raios atingem a pele branquinha da garota que estava estendida na sua cadeira de descanso a bronzear. Ela usava um óculos escuros que protegiam sua visão e um biquíni rosa que marcava seu corpo perfeitamente. Suas curvas eram de dar inveja. Num gesto, a garota tocou o sininho que estava na mesinha do lado. A mulher de idade apareceu correndo 


- O que vai desejar senhorita Alexa


- Queria profissionalismo. Algo que a senhora não têm


- Me desculpe - ela se curvou


- Sabe que eu posso falar com o meu pai para a despedir ? - a mulher assentiu fazendo um rir sair da boca de Kim Alexa - Eu sou a filha do Kim Aaron, por isso. Eu mando


- Me desculpe - se curvou mais uma vez


Kim Alexa revirou os olhos


- Quero um batido de frutas frescas - disse


- Mais alguma coisa?


- Não. Agora, chispa daqui sua velha e me entregue  o batido rápido


A mulher saiu correndo. Alexa sorriu de lado e esticou seus braços. A vista da enorme piscina azul a fez querer molhar seus delicados pés. Ela se aproximou da beirada da piscina e quando iria colocar um dos seus pés na água, seu corpo foi empurrado com força fazendo a mesma dar um grito


- SEU IDIOTA!


- Desculpa irmãzinha - o moreno falou irônico passando a mão pelos seus fios de cabelo recentemente pintados de ruivos - Foi sem querer


Kim Alexa revirou os olhos. Sabia que o seu suposto “ irmão” tinha feito de propósito. Ela grunhiu frustrada, começando a nadar até a beirada da piscina. Assim que saiu da piscina e encarou o moreno, cerrou os olhos em sua direção. Kim Alexa era filha do filho mais velho  dos Kim e ela usava isso a seu favor. Tinha a vida de luxo que todas as mulheres desejam. Suas roupas de marca, são feitas exclusivamente por sua mãe que é uma estilista famosa que pertence ao ramo da moda. Sua mãe criar peças exclusivas para muitas celebridades internacionais. Selena Gomez, Julia Roberts, Beyoncé, Christina Aguilera entre muitas outras. Kim Alexa sempre foi o género filhinha do papai. Na escola é considerada a garota mais popular. Tinha tudo o que queria num simples estalar de dedos. Quanto ao seu " irmão", na verdade eles nunca tiveram uma boa relação, muito pelo contrário. Eles quase se odiavam


- Pensas que eu não sei que fizeste de propósito seu idiota. Kim Alexa ser empurrada na piscina por um ser imundo como tu


- Tenho tanto valor como tu sua mimada


- Eu sou uma estrela. Kim Alexa, futura herdeira dos kim Gedeuk enquanto tu não passas de um bêbado que só gosta de fumar e se droga


O moreno fechou o punho sentindo a raiva o consumir. A sorte dela era que ele não batia em mulheres


- E o que vais fazer? Vais dizer ao teu pai


- Acho que deveria - colocou a mão no queixo pensativa - mas eu gosto de ter sempre um contexto para te ameaçar - sorriu sínica  


- E esse é o contexto - riu - Que tal eu falar ao teu papà, que a menina andou aos amassos com o cozinheiro da mansão ?


Kim Alexa ficou pálida. Como ele tinha descoberto aquilo? A garota lançou um sorriso malicioso ao ruivo e se aproximou dele


- Tu achas que o pai vai acreditar em ti - tocou o peitoral do moreno com suas unhas de gel compridas - ou na sua única filha?


O moreno não a respondeu. Ela estava certa, Kim Aaron nunca acreditaria nas suas palavras, ainda mais quando o assunto era sobre a filhinha mimada deles “ Kim Alexa”.


- Senhorita. Aqui está o seu batido - a mulher de idade falou aparecendo no local e fazendo com que Kim Alexa a encara-se com uma expressão nada boa


- Eu acho que tenho de comprar um cronómetro sua velha


- Me desculpe senhorita. A empregada de limpezas precisava de ajuda e..


- E preferiu ajudar a empregada de limpeza, do que trazer o batido para mim ,“ Kim Alexa?


- Senhorita ela..


Alexa interrompeu a mulher


- Se ajoelhe - pediu autoritária


- Senhorita eu


- JÁ - gritou a interrompendo mais uma vez


- Não o faça - falou o moreno para a mulher


- Quem és tu para dar ordens aos empregados?


- Ela é apenas tua empregada, não tua escrava


- Os nerds que tu humilhas sãos apenas nerds também


- A Rose é a empregada mais velha, chegou a cuidar dos nossos pais


- Por essa razão. Já deveria saber ser profissional - sorriu irônica e encarou a mulher - Se ajoelhe - pediu


A Mulher baixou a cabeça e com certa dificuldade por culpa de sua idade, o fez. A garota pegou o copo da mão dela


- Tu não vais fazer o eu estou a pensar - murmurou o rapaz incrédulo


Kim Alexa sorriu de lado e confirmou o que o moreno estava a pensar. A garota virou lentamente o copo e derramou todo o líquido de batido em cima da cabeça da mulher, fazendo o mesmo descer por seus curtos cabelos


- Isso é por colocar uma empregada de limpeza acima de ‘ Kim Alexa, a super estrela”










Notas Finais


Gostaram?
Comentem as vossas opiniões!
Me desculpem, como sabem não posso narrar as personagens todas de uma vez
Espero que tenham gostado da minha escrita :)
Até á proxima..

Mil beijos ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...