História High School Musical : O COMEÇO DE TROYELLA - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias High School Musical
Personagens Personagens Originais
Tags Vanessa Hudgens, Zac Efron
Exibições 31
Palavras 2.573
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal voltei,gente o musical como eu tinha dito será dividido em 2 capítulos,esse é o primeiro, que vai mostrar a manhã dos nossos Waildcats. O musical mesmo será no próximo. Espero que esteja a agrado. 😘😘😘

Capítulo 27 - O musical - Parte 1


Fanfic / Fanfiction High School Musical : O COMEÇO DE TROYELLA - Capítulo 27 - O musical - Parte 1

         ******Troy ********
Na sexta feira mais esperada do ano...
Pro Incrível que pareça eu consegui dormir a noite,eu acho que as conversas que a Sra.Darbus teve com a gente, fizeram efeito,acordei com uma super disposição, meu pai não precisou me arrancar da cama,o que é bem raro.
Quando descia pra tomar café eu vi minha mãe  olhando uma revista de moda e falando com meu pai em comprar uma roupa nova pra hoje à noite. Mulheres,sempre deixando tudo pra última hora!affs.
  Preparo meu cereal preferido e começo a comer,não demorou muito pra minha mãe ir até mim.
— Oi filho -ela fala me dando um beijo na bochecha.
—Oi mãe!
— Hoje é o seu grande dia ,eu não estou acreditando que finalmente  chegou -ela fala super animada e eu até rio.
— Eu percebi que a senhora vai ter um dia muito ocupado né? rs rs rs
—  Não será só eu,você também-ela fala,eu até paro de comer pra entender onde ela quis chegar com isso - vamos ter que dar um jeitinho nesse seu cabelo,quem saber cortá-lo um pouco,hidratar...ela falava a sua lista e eu  levanto assustado.
— O que é isso mãe? eu gosto do meu cabelo!
— Mas querido,mudar um pouquinho faz bem,você fica lindo com qualquer corte mesmo!
— Hum... não sei não! -falo meio indeciso.
— Muda Troy!acho que o cabelo  do Justin Bieber,já ficou velho!-fala o meu pai que passava pela cozinha,ele só falou isso pra me deixar bravo,bem,ele conseguiu.
— Cabelo do Justin Bieber não,o cabelo é meu,o Justin que imitou-falo e meu pai ri -e eu gosto da minha franja.
— Também gosto da sua franja,mas se você quiser cortar um pouquinho o seu cabelo,sem mexer na franja,eu posso te levar no cabeleireiro.-minha mãe fala e me convence.
— Ok,mas nada de mudanças radicais- falo.
( Obs da autora: Gente é visível pra todo mundo a diferença do cabelo do Troy Bolton do HSM 1 pro 2,o cabelo dele da uma mudadinha é disso que se trata ok?)
—Você que manda-ela responde,depois dessa conversa eu termino de tomar meu café rapidamente e saio de casa.
No colégio...
Quando desço do ônibus,logo vejo que o colégio esta todo enfeitado.
— Meu Deus!- penso em voz alta e alguém põe a mão no meu ombro.
— Você não viu nada Troy -fala Chad,ele que tinha colocado a mão em meu ombro direito. – Como que você tá capitão?
— Nervoso.
— Há Há,isso eu sei ,tá na sua cara -ele fala.
— Bom,vamos entrar ,eu quero ver como que esta lá dentro.-falo mudando de assunto.
Ao entrar vejo que o colégio esta muito bem enfeitado,os visitantes vão amar,eu Aposto que tem dedo da Sharpay nisso rs rs rs.
Enquanto passava pelo corredor do colégio com Chad,as pessoas que estavam nos armário ou que estavam conversando perto deles paravam o que faziam pra me cumprimentar,afirmando pra qualquer um o quanto eu sou popular,e só pra deixar claro,eu não estou me achando,eu só estou falando o óbvio.
Bom estava tudo indo bem ,mas pra ficar melhor ainda estava faltando alguém...
—  Oi Waildcat !!-uma voz doce se pronuncia bem atrás de mim,eu deixo um sorriso bobo escapar e me viro já sabendo quem era.- como esta?
— Melhor agora! -falo deixando ela sem graça.
— Oi Gabriella !!- Chad a cumprimenta .
—Oi como vai?
— Muito bem,bom eu vou indo,até mais!-ele fala querendo se retirar,eu sei que ele detesta segurar vela .
— Até -falo junto com ela e ele sai. Eu passo o meu braço pelo seu pescoço e ombros e começamos a caminhar pelo corredor.
— Como esta o coração Troy?
— A Mil,eu não acredito que esse dia chegou,passou até rápido!-falo.
—  Nem me diga,eu tenho tanta coisa pra fazer hoje!-ela comenta.
— Eu também,e ainda teremos o último ensaio,tô até vendo Gabi.- falo imaginando o cansaço.
— Vai valer a pena,eu espero não ter uma crise de pânico até a hora da apresentação.- ela fala meio receiosa e acaba tirando um sorriso  meu.
—Claro que não,você vai arrasar hoje!
— Hum...-ela fala abaixando a cabeça,eu senti medo em sua voz,não gosto de vê-la assim,levantei seu rosto e a encarei.
— Vou estar la com você ,vai dar tudo certo -falo e ela da um sorriso.Depois disso o sinal bate e vamos direto pra sala da Sra. Darbus.
              ******* Sharpay ********
  Hoje é o dia do musical,o primeiro musical que eu não participarei em toda a minha história nesse colégio.
Acordei me sentindo péssima,estava sem vontade nenhuma de ir pro colégio,não queria ver a Cara de felicidade e ansiedade de todos aqueles ridículos,uma revolta surgiu em mim no momento que abri os olhos e percebi que era hoje o pior dia da minha vida ( obs: puro drama da Sharpay gente) e tudo por culpa de quem? Da Gabriella.
Essa garota veio para esta cidade só pra me atrapalhar,ninguém nunca tinha me vencido antes,e saber que ela esta com o Troy me enche de raiva. Ela roubou o meu lugar no musical e pra piorar roubou o garoto que deveria ser meu,onde já se viu uma novata fazer isso? Confesso que já tive sonhos com ela e neles eu a destruía de várias formas e em todos esses sonhos eu acabava ficando com o Troy.
Eu tinha que ir pro colégio,tinha que mostrar a todos que Sharpay Evans ainda era a Rainha do East High. Capricho mais ainda no visual,pego um vestido rosa maravilhoso,tinha comprado ontem mesmo,pego um salto também rosa que combinou super bem com o vestido ,coloco um acessórios,nada de jóias pois morro de medo de ser roubada.
Pra completar me maqueio e passo perfume,me olho no espelho e dou um sorriso de satisfação.
Vou descendo e encontro Ryan, ele tomava seu café e quando escuta meus passos se vira e vejo seu  deslumbramento.
— Mana você esta linda,caprichou hoje-ela fala me elogiando.
— Obrigada querido,a ocasião merece -falo.
— Que ocasião? -ele pergunta.
— Hoje é o dia do musical seu bobo -falo meio irritada com a pergunta tão besta.
— Mais não vamos participar não sei pra que...
— Não vamos participar mais temos que estar bem apresentaveis,onde já se viu os Evans mau vestidos? E alem do mais o colégio todo estará comentado sobre o musical,  não podemos ser motivos de piadinhas de mal gosto,isso nunca Ryan -falo.
— Você tem razão-ele concorda comigo - mas sente-se e tome seu café,vamos acabar nos atrasando.
Eu Tomo um suco e como uma fruta,saímos 5 minutos depois.
Chegando no colégio...
O colégio estava lindo,é claro,eu mesma escolhi as decorações.
Ao passar pelo corredor sinto todos os olhares se voltando a mim e me sinto feliz com isso,ainda era admirada e se depender de mim isso nunca mudará.
Vou direto pro meu armário me olho novamente no espelho e vejo que aparentemente estou bem e que não preciso de nenhum retoque,fecho o meu armário e ao mesmo virar dou de cara com Zike.
—Ai que susto Zike !- falo.
— Desculpa não era a minha intenção,eu só queria falar que você esta linda...-ela falava meio desajeitado até que o interrompi.
— Não falou novidade nenhuma,eu sempre estou linda,na verdade eu já nasci linda,agora se me dá licença eu tenho que resolver umaa coisinhas-falo e me retiro,pra falar a verdade eu não tinha nada pra resolver,eu só falei isso pra servir de desculpa. Esse cara não sai do meu pé.
Eu fui andando pelo corredor e me deparei com o Troy e a Gabriella juntas numa cena muito brega. Eu me escondi num canto e fiquei os observando,sempre vi a Gabriella Montez como uma mosca morta,uma menina sem sal,não sabia  o que as pessoas viam nela,mas hoje quando vi ela com o Troy,vi alguma coisa nela que não tinha visto,e que pra piorar eu não tenho,eu não sei o que é,mais senti que ela não era uma garota comum,talvez seja isso que me incomode tanto nela.
E talvez seja isso que o Troy viu nela também,esses pensamentos me deixaram pensativa por um instante,mais eles foram afastados quando o sinal bateu.
Fui pra sala da Sra.Drbus e me sentei em meu lugar.
              ********* Gabriella *********
Pela primeira vez do ano a Sra. Darbus não estava em sua sala. Um aluno avisou que ela estava resolvendo algumas coisas para a noite de hoje.
Imagino,se pra nós hoje é um dia cheio de ocupações pra ela é mais ainda.
Sem a Sra.Darbus,sem professor e já dá pra imaginar como que ficou a sala né? Todos fora do lugar e muita conversa.
Eu aproveitei pra conversar com Taylor.
— Tay hoje eu vou ter que me produzir toda, a minha mãe já comentou que não poderá me acompanhar em nada por causa do Trabalho, eu queria saber se você podia ir comigo?-falo a convidando.
— Claro Gabi,vai ser um prazer. -ela fala animada.
— Tenho que fazer a unha,ir no cabeleireiro, cuidar da pele, me maquiar toda,to me sentindo a Sharpay -falo e começamos a rir.
— A Sharpay não por que você não vai virar uma patricinha por ficar mais arrumada.
— Eu não tenho costume de andar toda maquiada,com a unha feita,você mesmo sabe a situação das minhas cutículas né?- pergunta mostrando as minhas unhas como no primeiro dia de aula e voltamos a rir.
— A minha nem se fala né?-ela fala ainda rindo.
— Vai ser divertido -comento.
Ficamos conversando sobre isso por alguns minutinhos,já que não tinha nada pra fazer.
Eu estou tão feliz, nunca pensei em participar de um musical,está sendo mágico,cada momento. Vir pra Albuquerque  foi a melhor coisa que aconteceu comigo,normalmente eu fico chateada por ter que mudar de cidade e largar meus amigos e meu colégio,mas eu entendia,minha mãe nos sustenta sozinha,eu não tenho direito de reclamar e nesse caso eu só tenho a agradecer,fui parar no melhor lugar do mundo,conheci o amor da minha vida,me apaixonei como nunca tinha me apaixonado antes e tenho amigos de verdade e pra melhorar não vou sair dessa cidade tão cedo,deve ser obra do destino.
Sinto-me tão bem no East High ,minha vida é tão diferente agora,não sou invisível como era nos meus antigos colégios,nem sou mais a Garota Gênio esquisita, e tudo isso porque um jogador de basquete do colégio me enxergou.
É uma história que os meus antigos colegas dos colégios em que estudei não acreditaram,ao contrário,iam rir de mim e falar que eu estava ficando louca ou me chamariam de mentirosa. Parando pra refletir,os meus colegas,que conviviam comigo mas que não ligavam pra minha existência   não devem sentir minha falta  e os meus poucos amigos não mantiveram contato comigo,por escolha minha,eu pensava que me afastando completamente deles,minha dor de ter que deixá-los seria menor,não sei porque faço isso não diminui mesmo.
Mas eu estou feliz aqui,o que deixei pra trás não é tão importante quanto o que tenho no presente.
Eu tenho meus pensamentos afastados por Taylor,que falava sozinha que nem uma louca,ainda bem que ela não percebeu que eu não prestei atenção em nada.
O sinal bate e vamos pras nossas aulas.
   ********Autora ********
Depois da aula da Sra.Darvus os Waildcats vão pro treino,que foi super leve,o treinador não queria pegar pesado por causa do musical do filho,ele não contou pros meninos o motivo do Treino mais leve,nem mesmo pro seu filho,já que ele mesmo falava que se o Troy quer participar do musical,teria que ter o mesmo desempenho nos jogos. Mas o coração do Treinador não deixou ele pegar pesado hoje,ele não queria ver seu filho desgastado .
— Treinador o senhor esta bem? -pergunta Zike parando de treinar e encarando o Sr. Bolton,os demais jogadores continuaram.
— Estou,por que a pergunta?
— O senhor tá meio estranho,não mandou a gente dar 20 voltas na quadra ou algo do tipo -fala Zike na maior inocência do mundo.
— Por que? você quer dar 20 voltas pela quadra?-ele pergunta é Zike fica com uma pontinha de medo.
— Não treinador é que ...
— É nada Zike,e você parou de treinar tá achando que você tá de férias,ANDA! - ele fala grosso e Zike somo da frente dele.
" É cada coisa " o Sr.Bolton fala isso em pensamento e volta a monitorar os treinamentos. 
As horas se passaram rápido nesta manhã,  logo a hora de ensaiar pela última vez chegou.
Troy e Gabriella foram juntos como de costume.
Ao chegar lá viram um monge de gente encima do palco montando tudo e alguns alunos,chequando o som.
O Brilho no olhar do nosso lindo casal,era visível,uma ansiedade expludia no peito de cada um.
Eles se olharam ,respiraram fundo e se aproximaram do palco.
— Troy,Gabi- gritou Kelsi ao vê-los.
—  Oi Kelsi -eles falam juntos. Logo depois a Sra.Darbus chega por trás de Kelsi.
— Gente me desculpem por não ter dado aula hoje,é que eu tenho muitas coisas pra resolver.- a Sra Darbus fala ofegante,pela sua expressão ela não parou pra descansar nem por um segundo.
— Tudo bem Sra.Dabus,nós entendemos-fala Gabriella docemente.
— Nós vamos ensaiar? -pergunta Troy.
— Não tem como,no dia da apresentação é assim mesmo,eu só peço que vocês façam exercícios vocais ,que aqueçam a voz antes de irem embora,mas só isso,eu sei que vocês vão fazer um lindo show,não precisam mais de um ensaio,o esforço e a determinação de vocês nesses dias já bastam -ela fala e se retira,mas antes arranca deles um sorriso sincero.  
Troyella segue a ordem da professora e aquecem a voz com a ajuda de Kelsi e seu piano. Como sempre a voz deles   estavam lindas. A junção das duas vozes davam prazer a qualquer ouvido,não se via duas vozes combinarem tão bem como a deles. Como se isso não bastaste,o amor juvenil deles é encantador,o jeito que se olham em meio das músicas ou em uma simples conversa é de uma magica inexplicável.Parece que seus olhos conversam entre si,eles se entendem melhor se olhando do que muita gente que conversam por horas.
Depois de aquecerem a voz,os dois saem ,como foi combinado.
Eles foram até o lado de fora do colégio juntos,e antes de se despedirem resolveram trocar umas palavras.
           ********* Troy ************
— Bom é a última vez que nós veremos antes do musical -comenta Gabriella.
— É mesmo,mas até que vai ser bom - também comento.
— Acha bom?por quê? Já esta enjoando de mim? - ela pergunta assustada e tristonha.
— QUÊ?- grito e começo a rir  –  Claro que não,  eu nuca me cansaria de você!, é que eu vou me afastar pra ficar mais bonito pra você -falo meigo e ela sorri.
— Bom se é assim,vai ser bom mesmo,vou ficar mais bonita...- ela falava mais eu a interrompo.
— Não,isso não é verdade não tem como você ficar ainda mais bonita - falo fingindo indignação e ela ri.
— Como você é Bobo Troy! -ela fala meio sem graça ,mais eu não disse nenhuma mentira,eu realmente penso assim.–Bom eu acho melhor ir de uma vez porque tenho muita coisa pra fazer.
— Eu também tenho que ir,mas antes você pode me dar um beijo? -peço docemente.
— Claro!
  Eu a puxo e  nos beijamos, é incrível como cada beijo tem a mesma emoção do primeiro e como a vontade de beijá-la é a mesma que quando nos conhecemos.
Ao nos separarmos seguimos os nossos caminhos.
Arrumar pro musical lá vou eu ...      


Notas Finais


Até a próxima 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...